Partilhar

Falta de ar ao falar: o que pode ser

 
Por Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 13 fevereiro 2019
Falta de ar ao falar: o que pode ser

A dispneia ou falta de ar são os termos relacionados a esta incômoda e sufocante sensação, na qual existe dificuldade para respirar normalmente. São várias as causas que podem causar o aparecimento desta sensação ao falar, muitas delas relacionadas com o sistema respiratório e outras inerentes ao sistema cardíaco.

As causas relacionadas com a falta de ar ao falar são a asma, bronquite ou ansiedade, no entanto, quando isto acontece, é imprescindível ir ao médico para descartar a possibilidade de ser um problema grave ou difícil de tratar. Neste artigo do ONsalus, explicaremos tudo sobre a falta de ar ao falar: o que pode ser e o que fazer quando esta incômoda sensação acontece.

Também lhe pode interessar: Dor no peito e falta de ar, o que pode ser?

Falta de ar ao falar: o que pode ser

Estas são algumas das causas da falta de ar ao falar mais comuns:

  • Atividade física: é provável que sentir falta de ar ao falar porque depois de ter feito uma atividade física de alto impacto com a qual não está acostumado. Normalmente, isto acontece em pessoas sedentárias e com problemas de sobrepeso.
  • Problemas cardíacos: existem doenças relacionadas com o coração que se manifestam com a falta de ar ao falar muito, como a insuficiência cardíaca, pericardite, angina de peito ou arritmias cardíacas. Ambas se manifestam com a dificuldade para respirar ao fazer esforço ou até mesmo sem qualquer atividade, e são descritas como uma sensação de sufoco ou asfixia.
  • Problemas respiratórios: os problemas do sistema respiratório coincidem com catarro e tosse, mas existem outras condições associadas à respiração que podem gerar sensação de afogamento ao realizar atividades comuns como, por exemplo, ao falar. Isto ocorre com doenças como a asma, pneumonia, bronquite, edema pulmonar e pneumotórax. Esta sensação está relacionada com o catarro que se acumula nas vias respiratórias.
  • Obstrução: existe uma situação repentina na qual pode haver falta de ar ao falar, isto pode ocorrer quando há uma obstrução das vias aéreas e pode ocorrer ao comer ou ingerir algum corpo estranho.
  • Alergia: esta é outra causa comum em que pode-se manifestar falta de ar ao falar, ocorre mediante a presença de alguma reação alérgica que gera um mecanismo fisiológico normal denominado edema de glote. Também pode haver edema na língua. Isto pode ser o resultado da ingestão de algum medicamento ou algum alimento ao qual você seja sensível sem saber, ou após a picada de algum inseto, gerando o que se conhece como choque anafilático.

Falta de ar ao falar: outras causas

Além das que já mostramos, existem outras possíveis causas que provocam a falta de ar ao falar. Entre estas, duas das mais comuns são:

  • Ansiedade: é outro provável motivo pelo qual pode haver falta de ar quando fala, lembremos que isto é um problema emocional frequente e também está relacionado a transtornos do pânico. Você sente algo preso na garganta? Esta poderia ser a causa.
  • Obesidade: as pessoas que sofrem de sobrepeso podem sofrer repetidas vezes falta de ar ao falar devido ao fato de que o peso diminui a capacidade pulmonar de se expandir normalmente durante a entrada do ar.

Outras causas de falta de ar ao falar incluem:

  • Anemia.
  • Hiperventilação por motivo desconhecido.
  • Fumar.
  • Agente ambiental irritante.

Falta de ar ao falar: quando ir ao médico

Além da falta de ar ao falar, existem outros sintomas importantes que, quando presentes, exigem que o paciente consulte um médico imediatamente:

  • Rigidez no peito.
  • Assobio ao respirar.
  • Falta de ar.
  • Dor de cabeça.
  • Febre.
  • Calafrios.
  • Dor no peito ao respirar profundamente.
  • Dificuldade para fazer atividades normais.
  • Tosse prolongada.
  • Catarro esverdeado, amarelado ou avermelhado.
  • Dificuldade ao se deitar.
  • Dificuldade ao caminhar e/ou subir escadas.
  • Pernas inchadas.
  • Pele e unhas azuladas.
  • Batidas rápidas do coração.
  • Frieza na pele.

Falta de ar ao falar: o que fazer

Ao sentir falta de ar ao falar, é conveniente seguir os seguintes conselhos para aliviar este sintoma:

  • Manter a calma e não entrar em pânico.
  • Se a sensação de afogamento persistir, sente-se e eleve o tórax.
  • Se a sensação de afogamento acontecer depois de realizar atividade física, descanse e pratique-a regularmente para melhorar a condição de sedentarismo. Além disso, você reduzirá consideravelmente o sobrepeso em conjunto com uma modificação na sua dieta.
  • No caso de se tratar de problemas cardíacos e respiratórios siga as indicações do especialista, cumpra o tratamento assim como ele indicar, geralmente busca-se liberar as vias respiratórias para que o ar circule livremente, em casos graves é necessário fazer uma fisioterapia respiratória.
  • No caso de ser um corpo estranho nas vias respiratórias ou reação alérgica aguda, deve-se ir imediatamente para um serviço de emergência.
  • Se sofrer de ansiedade, tente utilizar remédios naturais para acalmar esta condição. No caso de não ser possível, o médico indicará o tratamento farmacológico necessário.

A falta de ar é subjetiva, infelizmente não pode ser medida, mas no campo da medicina existem escalas que podem avaliá-la, dependendo das condições das atividades, como por exemplo, ao falar. Em alguns casos o médico indicará uma espirometria para determinar a capacidade pulmonar no caso da falta de ar persistir por muito mais tempo.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Falta de ar ao falar: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Pulmão e vias respiratórias.

Escrever comentário sobre Falta de ar ao falar: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?

Falta de ar ao falar: o que pode ser
Falta de ar ao falar: o que pode ser

Voltar ao topo da página