Partilhar

Bolinhas no pênis, o que pode ser?

 
Por Leonardo Simon. 4 dezembro 2018
Bolinhas no pênis, o que pode ser?

A pele do pênis, seja a do prepúcio quanto a da glande, são umas das mais sensíveis de todo o corpo. Esta sensibilidade faz com que sejam propícias ao aparecimento de lesões como bolinhas ou carocinhos no pênis. Trata-se de uma condição muito comum que pode ser provocada por diversos problemas diferentes e que, de forma geral, não representa nenhum problema para a saúde.

No entanto, é importante estar atento a outros sintomas que podem ajudar a distinguir a causa do seu aparecimento. No seguinte artigo do ONsalus, te explicaremos o que podem ser bolinhas no pênis e como eliminá-las, falando de todas as suas causas, outros sintomas parecidos e a forma com a qual você deve tratar cada uma delas.

Também lhe pode interessar: Bolinha no pênis: causas

Bolinhas no pênis: o que pode ser

Antes de explicarmos cada uma com detalhe e recomendarmos o melhor tratamento, confira as possíveis causas das bolinhas no pênis:

  • Glândulas de Tyson
  • Grânulos de Fordyce
  • Balanite candidiásica
  • Papiloma vírus humano
  • Herpes genital
  • Molusco
  • Psoríase
  • Fricção excessiva

Bolinhas na cabeça do pênis

Antes de mais nada, cabe falar que as bolinhas no pênis são algo bastante comum, por isso não é necessário se preocupar de imediato se elas aparecerem em você. Normalmente, costumam surgir durante a adolescência, não obstante, até os 40 anos é possível que continuem aparecendo. De qualquer forma, uma rápida consulta ao médico pode te ajudar a tirar suas dúvidas e dizer se você deve, ou não, seguir um tratamento para erradicá-las.

Uma das causas mais frequentes, e benignas, são as glândulas de Tyson na glande, que são bolinhas na cabeça do pênis que não representam nenhum problema de saúde.

Glândulas de Tyson

São pequenas bolinhas que estão localizadas na cabeça do pênis, têm uma cor esbranquiçada, brilhante ou de pele e são completamente normais. Não aparecem devido a nenhuma infecção, na verdade, fazem parte da anatomia do pênis. Em alguns casos estão presentes desde a infância, enquanto que em outros se desenvolvem com a idade, seja como for, não são nenhum problema médico, em todo o caso, podem representar um problema estético se atingem certo tamanho.

Tratamento

Dado que não são nenhuma doença, infecção nem condição maligna, não há necessidade de seguir qualquer tratamento para eliminá-las. Apesar disso, como alguns homens as veem como um problema estético e podem chegar a se sentirem inseguros por isso, podem eliminá-las cirurgicamente através de laser de CO2. Jamais deve-se tentar espremê-las ou eliminá-as por conta própria, já que pode causar lesões, feridas ou até mesmo graves infecções. Em seguida, você pode ver o aspetodas glândulas de Tyson em imagens.

Bolinhas no pênis, o que pode ser? - Bolinhas na cabeça do pênis

Grânulos de Fordyce no pênis

Os grânulos de Fordyce no pênis, também conhecidos como manchas de Fordyce, são pequenas protuberâncias de cor amarelada ou branca, que podem aparecer na base do pênis, no escroto e em outras partes do corpo, como os lábios, nariz ou boca. São totalmente benignas e não representam nenhum problema de saúde, em geral, estão presentes desde muito cedo, mas aumentam seu tamanho com o passar dos anos, sobretudo a partir da adolescência.

Os grânulos de Fordyce na glande são causados por glândulas sebáceas bloqueadas e não apresentam nenhum outro sintoma além do seu aparecimento, contudo, assim como as glândulas de Tyson, se sua presença te incomoda esteticamente, é possível eliminá-las através de técnicas laser ou pequenas cirurgias feitas por um especialista.

Bolinhas na glande que coçam: balanite candidiásica

Quando falamos de balanite nos referimos à inflamação da glande, não obstante, esta inflamação pode ter muitas causas diferentes. Quando a origem está em um crescimento excessivo da levadura cândida, a chamamos de balanite candidiásica, uma condição que pode fazer com que apareçam bolinhas

Outros dos sintomas de balanite candidiásica são:

  • Erupções cutâneas com pontos brancos e vermelhos.
  • Coceira.
  • Ardência.
  • Secreções.
  • Desconforto ao ter relações sexuais.

Em geral, a candidíase em homens aparece depois de ter relações sexuais com uma mulher com candidíase, não obstante, também pode aparecer devido à diabetes, consumir muito açúcar ou quando o homem tem a imunidade baixa.

Tratamento

O tratamento da balanite candidiásica deve ser feito através da aplicação de antimicóticos, seja de forma oral ou de tópica, dependendo do caso e do que o médico recomendar. Além disso, você deve se abster de ter relações sexuais até que a infecção desapareça.

Por outro lado, deve manter uma restrita higiene genital, uma dieta equilibrada e utilizar preservativos quando tiver relações sexuais.

Bolinhas no pênis, o que pode ser? - Bolinhas na glande que coçam: balanite candidiásica

Bolinhas no pênis: DST

O pênis, de forma geral, e a glande, em particular, são as regiões onde a maioria das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) costumam atacar. Normalmente, são acompanhas de outros sintomas, por isso, te explicaremos quais são as principais DSTs que causam bolinhas no pênis:

Verrugas genitais

As verrugas genitais são a manifestação física do vírus do papiloma humano. Este vírus é contagiado através do contato com outra pessoa infectada durante as relações sexuais. Elas têm uma forma semelhante a couve-flor e seu tamanho pode ser variável, geralmente, no caso dos homens, aparecem na glande, escroto, virilha ou ânus.

No caso do HPV, é importante tratá-lo rapidamente, de forma que seja possível prevenir até mesmo o aparecimento das verrugas. Se tivermos em conta que não é possível eliminar completamente o vírus, é importante seguir o tratamento para evitar as lesões que ele provoca. No seguinte artigo do ONsalus te falamos do papiloma humano em homens: sintomas e tratamento.

Herpes genital

Na verdade não é um, mas sim 2 tipos de vírus; a herpes simples tipo 1 e a herpes simples tipo 2. É possível que esta infecção não apresente sintomas, apesar disso, quando eles ocorrem há o surgimento de bolhas dolorosas na glande, escroto, ânus ou glúteos. Por outro lado, seus sintomas também são:

  • Febre.
  • Dor muscular.
  • Inflamação dos gânglios.
  • Mal-estar.

Assim como o HPV, a herpes genital não tem cura, mas isso não significa que não haja um tratamento. É necessária a administração de retrovirais que controlam o aparecimento dos seus surtos e reduzem a intensidade dos seus sintomas.

Molusco

Esta infecção sexualmente transmissível também pode fazer com que apareçam bolinhas no pênis se este entra em contato com uma parte infectada. Esta infecção causa o aparecimento de pequenas bolhas da cor da glande e que, no centro, têm um ponto branco. É importante ir ao médico se você vir um destes moluscos para iniciar o tratamento e evitar que estes cresçam por todo o pênis.

Espinhas no pênis: Psoríase

A psoríase é outra condição dermatológica que pode provocar o aparecimento de bolinhas no pênis. Esta é uma doença crônica, que não tem cura e que pode aparecer em diferentes partes do corpo e, nos homens, também pode afetar a glande. Entre seus sintomas aparecem:

  • Manchas vermelhas na glande.
  • Aparecimento de rachaduras.
  • Coceira.
  • Problemas de ereção.

Embora não existam tratamentos para erradicar a psoríase, existem certos tratamentos que podem servir para controlar seus surtos e manter a pele hidratada. Além disso, deve-se usar preservativo para evitar a fricção e a posterior inflamação.

Bolinhas no pênis após relação

Se você notou o aparecimento de bolinhas no pênis após relação sexual, pode ser devido a duas causas diferentes. Por um lado, pode ser uma doença sexualmente transmissível, como explicamos anteriormente, embora raramente apareçam antes das 24 horas.

Por outro lado, em alguns casos, quando há muita fricção; seja por pouca lubrificação ou por ter havido um penetração muito brusca, pode acabar surgindo inflamação, irritação e até mesmo o aparecimento de bolinhas no pênis. Mas não apenas quando se tem relações sexuais, também é possível que estes sintomas apareçam quando o homem se masturba em excesso, seja em quantidade ou em força. Estes sintomas costumam desaparecer quando se fica em abstinência por alguns dias.

Bolinhas no pênis: outras causas

Além de tudo o que já mencionamos, existem outras condições que podem se manifestar através das bolinhas na glande, não obstante, o lógico é que apareçam junto de outros sintomas que terão uma maior prevalência. Dificilmente alguma das seguintes doenças se manifestará unicamente através de bolinhas no pênis:

  • Sarna.
  • Reação alérgica, principalmente pelo uso de sabonetes muito agressivos para a pele.
  • Líquen plano.
  • Má higiene íntima.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Bolinhas no pênis, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Bolinhas no pênis, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Bolinhas no pênis, o que pode ser?
1 de 3
Bolinhas no pênis, o que pode ser?

Voltar ao topo da página