Partilhar

Como se pega candidíase no homem?

Nicolas Garin
Redator ONsalus
Como se pega candidíase no homem?

A candidíase genital é uma infecção muito frequente em mulheres em idade fértil e, por isso, é uma das condições que suscita mais dúvidas nas consultas de ginecologia. Uma das perguntas frequentes sobre esta condição é se pode ser transmitida sexualmente aos homens, causando também uma infecção na sua zona genital. A resposta é sim, os homens que mantêm relações sexuais com uma mulher que padeça desta infecção são muito mais propensos a ter, mais tarde, o que se conhece como balanite candidiásica. Isto acontece porque o sistema imunológico masculino não consegue, muitas das vezes, combater os níveis tão elevados deste fungo. A candidíase genital masculina provoca o surgimento de uma erupção cutânea na glande que causa dor, coceira e vermelhidão. Para tratar a infecção por completo, é necessário dar início a um tratamento médico anti-micótico e tomar precauções extremas em relação à sua higiene íntima e no momento de ter relações sexuais.

Nesse artigo do ONsalus, respondemos com detalhe à pergunta: "Como se pega candidíase no homem?" e explicamos quais são os sintomas e as possíveis formas de tratamento da condição.

Também lhe pode interessar: Ejaculo pouco, isso é um problema?

Candidíase passa para o homem na relação?

A candidíase genital é uma infecção originada pela proliferação e crescimento desmesurado do fungo Candida albicans na zona íntima. Esta infecção micótica é muito mais frequente em mulheres que em homens porque a vagina é uma zona quente e úmida, criando um ambiente perfeito para que os fungos proliferem de maneira excessiva. Quando uma mulher tem uma infecção vaginal por fungos, existem algumas dúvidas frequentes, entre elas encontramos as que estão relacionadas com as relações sexuais e com o contágio da infecção através delas.

Tal como os médicos especialistas afirmam, apesar de não constituir uma doença sexualmente transmissível (DST) por poder ser contraída por outras vias, a candidíase vaginal pode ser transmitida ao homem durante as relações sexuais. Ao entrar em contato direto com a vagina infetada, embora as defesas que se encontram na pele do pênis atuem contra os fungos, eles aumentam atingindo níveis tão elevados que o sistema imunológico não consegue combatê-los.

Quando o homem é afetado pelo crescimento excessivo do fungo candida albincans na sua zona genital, ocorre o que se chama de balanite candidiásica, que é a inflamação da glande (parte final do pênis). Os seus sintomas passam pelo surgimento de erupções cutâneas, dor e coceira, entre outros que vamos detalhar em seguida.

Posso ter relação com candidíase?

Uma vez que a candidíase se transmite sexualmente aos homens, os ginecologistas recomendam que as mulheres que têm esta infecção vaginal suspendam, temporariamente, as suas relações sexuais para evitar contagiar o seu parceiro e para evitar que os sintomas se agravem. A fricção contínua que ocorre durante a relação sexual pode piorar a irritação e a inflamação dos tecidos vaginais, atrasando assim a cura completa desta condição.

Candidíase passa para o homem na relação?

Homem pega candidíase?

Apesar da candidíase se contagiar sexualmente ao homem e esta ser a causa mais comum da balanite candidiásica, o certo é que existem outros fatores que podem favorecer o crescimento desmesurado da candida albicans nos genitais masculinos e, por conseguinte, o desenvolvimento de uma infecção por fungos no pênis. Entre estes fatores de risco encontramos os seguintes:

  • Ter um sistema imunológico débil: o sistema imunológico está encarregue de manter os níveis de fungos no organismo controlados mas, quando este se encontra debilitado, a candida pode aumentar e dar lugar a uma infecção micótica. Por isso, a candidíase é mais frequente em bebês recém nascidos que ainda têm um sistema imunológico em fase de reforço, homens que estejam tomando antibióticos que podem provocar uma queda das defesas ou pacientes com AIDS;
  • Homens diabéticos: as infecções por fungos são mais frequentes em homens com diabetes tipo 2, pois os níveis elevados de glicose no sangue fazem com que os fungos obtenham a energia do açúcar. Se, a isso somarmos um ambiente úmido, estão criadas as condições perfeitas para que estes fungos cresçam;
  • Não ter o pênis circuncidado: o fungo candida encontra uma zona úmida, coberta e quente, condições perfeitas para o seu crescimento e desenvolvimento;
  • Ter uma dieta rica em açúcares e carboidratos;
  • Lavar a zona genital com sabões ou produtos de higiene agressivos ou irritantes, já que estes prejudicam a flora bacteriana da pele do pênis e dificultam a luta contra os fungos;
  • Obesidade.

Sintomas de candidíase no homem

Os sinais e sintomas provocados pela candidíase genital no homem são os seguintes:

  • Surgimento de uma erupção cutânea na glande, geralmente podem ser observados pontos vermelhos e brancos na parte final do pênis;
  • Surgimento de uma capa esbranquiçada na glande;
  • Glande e/ou prepúcio inflamado;
  • Irritação e vermelhidão genital;
  • Coceira e ardência;
  • Dores ao urinar;
  • Dores ao ter relações sexuais;
  • Pele do pênis ressecada ou com gretas.
Sintomas de candidíase no homem

Tratamento para candidíase no homem

Perante a manifestação dos sintomas anteriores, é essencial consultar o médico para que ele confirme o diagnóstico de balanitis candidiásica e indique qual é o tratamento adequado. Caso o homem tenha sido contagiado ao ter relações sexuais, a sua parceira também deve ser examinada por um especialista e começar igualmente o tratamento para curar a infecção e evitar que se torne recorrente entre os membros do casal.

O tratamento para a candidíase genital no homem pode abranger o seguinte:

  • Aplicação de cremes antimicóticos para eliminar os fungos na glande. São loções que se aplicam diretamente na zona genital para combater o crescimento desmesurado da candida albicans. Geralmente, é necessário aplicá-los durante um período que pode ir desde os 7 aos 21 dias;
  • Nos casos de balanite candidiásica com sintomas mais graves ou de infecção recorrente, pode ser receitado um tratamento antimicótico por via oral.

Seja qual for o tratamento receitado pelo médico, é muito importante respeitar ao máximo as doses indicadas e a duração do mesmo. Se for suspenso antecipadamente é muito provável que a infecção por fungos não chegue a curar completamente.

Como prevenir candidíase no homem

Existe uma série de medidas preventivas que ajudam a evitar o padecimento de uma infecção por fungos no pênis:

  • Lave os genitais diariamente com sabões suaves e específicos para esta zona. Evite o uso de sabões agressivos ou produtos de higiene perfumados ou com fragrâncias;
  • Procure manter a zona íntima sempre seca;
  • Use sempre camisinha durante as relações sexuais;
  • Use roupa interior de algodão e calças que não sejam demasiados apertadas para favorecer a transpiração da zona;
  • Tenha uma dieta saudável e equilibrada e evite consumir grandes quantidades de alimentos ricos em açúcares;
  • Se você sofre de diabetes, é muito importante controlar a doença e verificar se os níveis de glicose no sangue são os adequados com frequência.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como se pega candidíase no homem?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Como se pega candidíase no homem?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Luiz
Após ter relacoes ou me.masturbar meu penis fica com manchas vermelhas, e muitas vezes mesmo eu tendo uma boa higiene íntima utilizando sabão neutro , cria se as vezes um sebo em excesso com manchas vermelhas , no que pode ser?
Administrador Onsalus (Editor/a de ONsalus.com.br)
Oi Luiz! Você pode encontrar as possíveis causas nesse artigo:

Como se pega candidíase no homem?
1 de 3
Como se pega candidíase no homem?
Voltar ao topo da página