Partilhar

Candidíase no homem: sintomas e tratamento

 
Por Leonardo Simon. 17 dezembro 2018
Candidíase no homem: sintomas e tratamento

A candidíase genital masculina é uma doença comum, embora se diga que é mais frequente em mulheres do que em homens, algo que é verdade, mas a realidade é que estes últimos também são afetados. Isto é algo que ocorre especialmente em homens que não são circuncidados.

Esta doença é provocada por um fungo que vive naturalmente no corpo, especificamente em áreas úmidas como a pele, boca e genitais. Na grande maioria dos casos, não causa problemas e cabe destacar que são muitos os homens que o possuem e não apresentam sintomas.

O corpo humano precisa reunir certas condições para que a doença comece e se manifestem os sintomas da candidíase. Neste artigo do ONsalus, você conhecerá o que é a candidíase no homem: sintomas e tratamento.

Também lhe pode interessar: Como se pega candidíase no homem?

O que é candidíase em homens

A candidíase masculina se trata de uma infecção por um fungo denominado Cândida albicans que afeta as genitais; no homem, em específico, a cabeça do pênis (glande) e o prepúcio.

Esta alteração no pênis é conhecida como balanite, consiste na inflamação do prepúcio e da glande. Além desta área, também podem existir lesões na boca, garganta, unhas, pele e couro cabeludo.

Como se pega candidíase no homem

As seguintes causas são um gatilho no aparecimento da candidíase genital masculina:

  • Homens que não são circuncidados.
  • Ingestão de antibióticos por um longo período de tempo, devido ao fato de que isto pode criar um desequilíbrio na flora vaginal ou, neste caso, na área das genitais masculinas.
  • Consumo de medicamentos como os corticosteroides ou antidepressivos.
  • Presença de diabetes.
  • Alteração do sistema imunológico devido à presença de doenças como HIV ou lúpus.
  • Ter relações sexuais com pessoas previamente infectadas sem nenhuma proteção.
  • Administração de quimioterapia.
  • Hábito alimentar marcado por um alto consumo de carboidratos, doces e cerveja (pela levedura), estes alimentos criam um meio propício para o desenvolvimento de microrganismos micóticos.
  • Fatores ambientais como a umidade ou o calor têm um papel importante na produção desta doença.
  • Sobrepeso.
  • Casos em que não existem as devidas medidas de higiene.

Sintomas de candidíase no homem

Os sintomas da candidíase masculina estão relacionados com a infecção do pênis, entre eles se destacam:

  • Pele úmida na região do pênis.
  • Presença de áreas brancas de aspecto brilhante ao redor do pênis.
  • Vermelhidão na pele.
  • Irritação e coceira ao redor da cabeça do pênis.
  • Aumento de volume debaixo do prepúcio.
  • Possível dor ao urinar ou durante as relações sexuais.
  • Presença de corrimento parecido com sêmen.

Nos casos em que os sintomas de candidíase em homens pioram, pode se apresentar alterações emocionais como:

  • Perda de autoestima.
  • Mudanças de humor.
  • Problemas de relacionamento.

Como tratar candidíase no homem

Uma vez conhecidos os sintomas, é preciso ir ao médico. Ele se encarregará de fazer o diagnóstico por meio de um histórico clínico, interrogatório e do conhecimento dos antecedentes pessoais. Estes elementos darão a pauta para o diagnóstico e tratamento da doença.

É importante explicar que sim, existe cura para a candidíase em homens, e o tratamento é feito a partir de casa com o uso de antimicóticos locais como o Fluconazol, que deve ser aplicado diariamente por um período de 7 a 10 dias, sempre com prescrição médica.

Quando não se atinge o efeito desejado com esta aplicação, será dado prosseguimento com a utilização de antimicóticos de uso oral por 14 dias, aproximadamente.

Também é importante manter as medidas higiênicas adequadas para evitar a reinfecção, sobretudo nas áreas genitais secas.

O prognóstico desta doença é muito bom, sempre e quando é feito um tratamento local ou sistêmico, de acordo com os sintomas que o paciente apresenta, e se ele tomar as medidas necessárias para evitar uma reinfecção.

Remédio para candidíase no homem

Existe um grupo de alimentos que agem de forma específica como antibióticos naturais, anti-inflamatórios e antipruriginosos que contribuem de forma eficaz com o tratamento da candidíase masculina, entre eles se encontram:

  • Alho: é um antibiótico natural muito utilizado na candidíase, deve ser consumido com outros alimentos ou ingerido diariamente pela manhã.
  • Probióticos: o iogurte faz parte destes alimentos naturais utilizados de forma eficaz na cura da candidíase. Recomenda-se ingeri-lo sem açúcar, em jejum ou aplicando-o na região genital afetada.
  • Vinagre de sidra de maçã: os benefícios obtidos com a aplicação deste produto são evidentes. Em um recipiente com água morna, coloque um copo de vinagre que é deixado em repouso por meia hora, com isto é possível equilibrar o pH da região genial e criar um ambiente inóspito para o fungo.
  • Chá de camomila: devido ao seu efeito anti-inflamatório, pode ser ingerido ou aplicado diretamente na área afetada duas ou três vezes ao dia.

Nos casos em que esta condição surge com frequência, a prevenção tem um papel importante no controle da doença. Um médico receitará o tratamento adequado em relação aos sintomas que surjam no paciente. Não hesite em consultar o seu médico de confiança pois, desta maneira, obterá melhores resultados durante a aplicação do tratamento.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Candidíase no homem: sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Referências

1. Mayo Clinic. Candidiasis masculina: ¿Cómo me doy cuenta?. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/es-es/male-yeast-infection/expert-answers/faq-20058464?p=1

Escrever comentário sobre Candidíase no homem: sintomas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

Candidíase no homem: sintomas e tratamento
Candidíase no homem: sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página