Partilhar

Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento

 
Por Leonardo Simon. Atualizado: 22 março 2019
Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento

Os testículos podem ser afetados por várias condições que causam inflamação nos mesmos. Esta inflamação é chamada de orquite testicular e é mais frequente em homens jovens ou adultos, sendo pouco comum em crianças.

A orquite testicular pode aparecer em um ou em ambos os testículos. Em algumas situações, desaparece por conta própria, mas geralmente é necessário tratá-la, sendo que o tempo de recuperação costuma ser rápido. É importante que você consulte um médico para descartar qualquer outra doença diferente da orquite testicular, como a torção testicular. Embora a inflamação testicular muitas vezes não represente uma condição grave, costuma causar sintomas desagradáveis e é necessário aliviá-los. Por este motivo, no ONsalus queremos que você fique informado a respeito da orquite testicular: causas, sintomas e tratamento.

Também lhe pode interessar: Candidíase no homem: sintomas e tratamento

Causas de orquite testicular

A inflamação dos testículos pode surgir por diversas razões, principalmente relacionadas com o trato urinário, mas também pode ser devida a outros motivos. As principais causas da orquite testicular são:

  • Parotidite ou caxumba: é a inflamação das glândulas salivares por um vírus e, caso exista complicação, pode afetar os testículos e causar lesões permanentes como a esterilidade. Nem todos os homens que a contraem sofrem de orquite testicular ou têm algum dano nesta região.
  • Infecção urinária: é causada pela ação de uma bactéria, frequentemente bactérias causantes de doenças gastrointestinais e pneumonia, como Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Staphylococcus. Estas bactérias podem infectar o trato urinário ou algum de seus componentes, ou podem vir através da corrente sanguínea a partir do intestino ou garganta e viajar até os testículos.
  • Infecção por transmissão sexual: as bactérias que causam a gonorreia, clamídia ou sífilis podem ser contraídas através do sexo vaginal, oral ou anal e são doenças que causam inflamação e alterações no trato urinário, afetando os testículos.
  • Infecção por tratamento inadequado nas vias urinárias: é possível que a orquite testicular apareça após se tratar de forma inadequada um infecção urinária, seja utilizado material contaminado com bactérias ao fazer uma técnica invasiva ou na colocação e cicatrização de cateter ou sonda no pênis.
  • Anomalias do trato urinário: caso se apresentem malformações no aparelho urinário costuma-se ter uma maior predisposição para as infecções e à orquite testicular. Estas anomalias podem ser na forma, tamanho, posição ou número de alguma estrutura deste sistema, na maioria dos casos os ureteres estão envolvidos e há dificuldade da drenagem urinária.
  • Brucelose: é uma doença causada por bactérias do gênero Brucella e caracteriza-se por apresentar febres muito altas. A infecção geralmente pode levar à inflamação de um dos testículos.
  • Tuberculose: as bactérias desta doença atacam principalmente o pulmão, mas o trato urinário pode ser afetado. Estes microrganismos podem viajar até os testículos através do sangue chegando diretamente ao epidídimo e a próstata, ou se espalharem até os rins e depois serem distribuídos pelos canais destas estruturas.
  • Outras doenças virais: as infecções por vírus geram, em sua maioria, problemas de inflamação testicular devido à uma complicação, no entanto, isto não é frequente. Entre estas doenças estão a catapora e a mononucleose infecciosa.
  • Traumatismos: embora não seja uma causa muito comum é possível que, em alguns casos, a orquite se desenvolva se a lesão for grave.
  • Doenças autoimunes: o desenvolvimento da orquite devido a estes transtornos não acontece de forma imediata e, na verdade, dependerá do tempo no qual se esteja exposto aos ataques dos anticorpos até os próprios tecidos corporais. Geralmente afeta apenas um testículo e, como em outros casos, a inflamação testicular aparece como uma complicação da condição.

Saiba mais sobre as causas de testículo inflamado nesse artigo.

Sintomas de orquite testicular

Dependendo da origem da orquite testicular, alguns sintomas podem se apresentar em um ou nos dois testículos. Por outro lado, a manifestação dos sintomas pode variar, na maioria das vezes aparecem de repente sem uma causa aparente, outras vezes surgem junto com os sintomas da doença que a gera ou inclusive depois da doença se manifestar. Algumas das manifestações clínicas da orquite testicular são:

  • Inflamação ou inchaço do testículo, pode ser sentido duro ou mais grosso.
  • Dor no testículo ou no escroto, inicialmente ao ser tocado e depois pode ser notada sem mesmo sem qualquer contato.
  • Pele do escroto avermelhada.
  • Febre alta.
  • Desconforto ou dor ao urinar.
  • Sensibilidade na região da virilha, por vezes pode apresentar inchaço.
  • Dor durante o ato sexual, dificuldade de ereção ou desconforto ao ejacular.
  • Presença de sangue no sêmen ou na urina, costuma ser em pequena quantidade.
  • Secreção purulenta no orifício da uretra.

Orquite: tratamento médico

Para combater a inflamação testicular é necessário, que seja detectado o fator desencadeante. Para isso deve-se, visitar um urologista na presença de qualquer desconforto nos testículos ou no trato urinário, para que assim haja um correto diagnóstico e para que seja indicado o melhor tratamento, tanto para aliviar a orquite quanto para neutralizar alguma doença que esteja provocando a condição.

O tratamento a realizar será passado de acordo com a causa da inflamação dos testículos, mas geralmente o médico recomenda a administração de anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar os sintomas até que estes desapareçam, como ocorre com as infecções virais, já que geralmente não é necessário um tratamento específico. Também pode ser utilizado quando a causa é um traumatismo ou de forma complementar em outras condições, como nas doenças autoimunes.

Se a infecção é de origem bacteriana, o tratamento pode incluir antibióticos, acompanhados de anti-inflamatórios e analgésicos. Quando a transmissão ocorre é por via sexual, é necessário que a parceira siga o mesmo tratamento mesmo que não apresente sintomas.

Por outro lado, independentemente da causa da orquite, recomenda-se ficar em repouso, deitado o máximo de tempo possível para evitar que os sintomas piorem. Também ajuda aplicar compressas de gelo na região inflamada, seja somente nos testículos ou em toda a região da virilha. A duração da orquite é de várias semanas ou meses.

A orquite causa infertilidade?

Um dos medos que esta doença gera em homens que desejam ter filhos é se ela causa infertilidade. Sim, a orquite testicular pode causar esterilidade, já que devido à inflamação, a temperatura no testículo aumenta, afetando assim a espermatogênese. A orquite provocada por causas bacterianas costuma ter melhor prognóstico que as que são provocadas por vírus, como a caxumba.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento
Orquite testicular: causas, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página