Partilhar

Balanite: sintomas, tratamento e causas

Por Martim Pereira, Redator ONsalus. Atualizado: 8 janeiro 2018
Balanite: sintomas, tratamento e causas

A balanite é uma inflamação da glande (parte final do pênis) relativamente comum entre os homens adultos. Quando esta infecção ocorre, a glande fica avermelhada, podendo também provocar erupções cutâneas e outros sintomas.

A inflamação pode ser provocada por múltiplas causas, geralmente infecciosas ou relacionadas com falta de higiene. A balaniteé uma condição, geralmente, transitória e de pequena gravidade mas, em determinados casos, pode levar a patologias piores, sendo essencial tratá-la a tempo. Continue lendo este artigo do ONsalus sobre as causas, tratamento e sintomas da balanite para saber mais.

Também lhe pode interessar: Parafimose: causas, sintomas e tratamento

Causas da balanite

A balanite ocorre por diferentes motivos que podemos classificar nos seguintes grupos:

  • Higiene íntima: a falta de higiene genital, especialmente em homens não circuncidados, é a causa mais comum. A sujeira, como restos de urina ou esperma, se acumula nessa zona com facilidade, o que produz a inflamação;
  • Infecções: a umidade favorece o surgimento e crescimento de fungos como candida albicans e diferentes tipos de bactérias como estreptococos, T. vaginalis ou G. vaginalis. Ocasionalmente, o vírus do papiloma humano ou herpes também origina a infecção.
  • Problemas dermatológicos: o líquen escleroso, a psoríase, a artrite reativa ou o pênfigo são algumas das doenças de pele que podem provocar balanite se afetarem a zona genital.
  • Irritações: certos sabões, cremes, perfumes ou camisinhas podem conter substâncias químicas que irritam a glande e provocam balanite em peles mais sensíveis ou atópicas.

Balanite: sintomas

Existem tantos tipos de balanopostite como causas que a provocam. A maioria dos casos apresenta os mesmos sintomas em diferentes intensidades mas, muitas vezes, existem certas particularidades em função da causa da infecção.

  • Em praticamente todos os pacientes afetados, existe um aparecimento de umidade e vermelhidão na glande que é acompanhada, frequentemente, de sensação de ardência, coceira e dor, bem como certas erupções cutâneas e manchas pequenas chamadas de máculas e pápulas;
  • Em casos mais graves, especialmente causados por fungos, bactérias ou vírus, as erupções podem inclusive resultar em fissuras, vesículas e úlceras ou provocar a produção de secreções fétidas;
  • Quando a inflamação é produzida por doenças dermatológicas, podem surgir - junto com todos os sintomas anteriores - manchas brancas na glande e no prepúcio, bolhas e lesões branco-acinzentado ou alaranjado, dependendo da causa.

Balanite: tratamento

O diagnóstico da doença apenas se pode confirmar com um exame físico mas, muitas das vezes, são necessário exames cutâneos para detectar fungos, vírus ou bactérias, ou uma biopsia à pele.

Assim como o aparecimento dos sintomas, o tratamento varia em função da causa que produz a balanite. No entanto, existe uma medida geral baseada em lavar da zona com água morna ou soro fisiológico algumas vezes ao dia. Evite o uso de sabões ou substâncias que possam ser irritantes. A higiene correta é imprescindível para tratar e evitar este tipo de infecções. Os tratamentos para balanite específicos são os seguintes:

  • No caso de fungos, bactérias e vírus,serão receitados antifúngicos, antibióticos ou anti-herpéticos na zona;
  • Quando a causa é uma doença dermatológica, são aplicados corticosteroides tópicos até que a lesão diminua;
  • Em função da gravidade de afetação da glande ou do prepúcio, pode ser necessário realizar a circuncisão ou outra intervenção cirúrgica;
  • Se for causada por substâncias irritantes, você deve parar de usar o produto em questão e manter a zona limpa e hidratada.

Em casos muito concretos, a doença pode derivar em câncer invasivo que requer cirurgia e acompanhamento. É muito importante tomar medidas preventivas que nos afastem da inflamação: uma adequada higiene do pênis e o uso de métodos anticoncepcionais podem evitar muitos casos de balanopostite.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Balanite: sintomas, tratamento e causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Balanite: sintomas, tratamento e causas

O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
Fernando
Pessoal, eu convivo com essa doença a três anos, entre idas e vindas da doença geralmente ela fica permanente por períodos de 4 a 6 meses, com a maioria dos sites relacionando a doença ao HIV fiquei desde a primeira vez que apareceu em mim muito sismado e preocupado, graças a Deus eu tomei a coragem de fazer o teste de HIV e deu NEGATIVO, estou escrevendo para apoiar quem estiver passando por isso e alem disso incentivar a procurar a(s) causa(s) do problema(s), ainda não estou livre mas atualmente menos preocupado.
Rag
Óleo de amêndoa, não deixa rachar a pele e previne o esmegma (sebo).
Gibanian
Minha glande se apertar ela doi, mas se pressionar ela não doi.
É normal ou???? PS: Eu sei que é uma pergunta bosta.
Nídia do Carmo (Editor/a de ONsalus.com.br)
Oi Gibanian! Qualquer parte do nosso corpo pode doer se você apertar, mais ainda em uma zona tão sensível como a glande. Você sente mais algum sintoma?
josé onofre dos santos
Qual estou exitado a pele do pênis apresenta fissuras "rachaduras", na pele próximo a bico e arde muito principalmente quando urino - qual seria o creme ou pomada indicado para minimizar esse efeito
Antonio
Bepantol é perfeito.
Hugo
A minha glande é perfeitamente normal , não apresenta fissuras nem manchas. Mas ao apertar ela, doi um pouco... é normal ou....?
leandro Jacinto
Sarei de balanite com 7 dias e retirei 50% da sensibilidade da glande pra nao ejacular precocimente...
Júlio santos
Boa noite como vc retirou os 50% e vc usou o que na balanite

Balanite: sintomas, tratamento e causas
Balanite: sintomas, tratamento e causas

Voltar ao topo da página