menu
Partilhar

Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 2 agosto 2021
Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las

Você notou bolinhas no seu sovaco? Elas estão doendo? Apareceram de repente? Teve febre? Existem muitas características para definir realmente quais são essas bolinhas no sovaco. Muitas vezes são gânglios inflamados e outras vezes abscessos extremamente dolorosos.

As causas pelas quais estas bolinhas podem aparecer nas axilas são variadas, mas sempre giram em torno de um processo infeccioso viral ou bacteriano que pode ser localizado, ou seja, na região da axila, ou generalizado. Neste artigo do ONsalus falaremos sobre as bolinhas no sovaco: causas e como curá-las. Boa leitura.

Bolinhas no sovaco: foliculite e furúnculo

Um dos primeiros motivos pelos quais podem aparecer bolinhas no sovaco é a inflamação dos folículos pilosos. Neste caso, se trata de uma inflamação de origem infecciosa que pode ser devida a processos virais, micóticos ou bacterianos. Nestes tipos de processos, podem ser formadas pequenas e dolorosas espinhas sendo, em alguns casos, amareladas, quando há presença de pus.

Por outro lado, o furúnculo é um processo infeccioso muito mais profundo do folículo piloso. Eles são conhecidos comumente como abscessos, sendo um processo extremamente doloroso e que causa medo em quem o sofre. As bolinhas no sovaco causadas pelo furúnculo gera um processo inflamatório muito mais avermelhado e com uma grande quantidade de secreção purulenta, ou seja, de pus. No seguinte artigo do ONsalus, te falamos sobre furúnculo no nariz.

Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las - Bolinhas no sovaco: foliculite e furúnculo

Bolinhas no sovaco: hidradenite supurativa

As glândulas sudoríparas, que são encarregadas por produzir suor na região das axilas, podem inflamar bloqueando a saída do suor. Este é o motivo pelo qual são formados nódulos ou bolinhas extremamente dolorosas.

Além de hidradenite supurativa, esta doença crônica também é conhecida como apocrinite, acne inversa ou doença de vernáculo. Caracteriza-se por apresentar nódulos ou bolinhas duras e dolorosas, com pus em seu interior.

Esta doença é muito mais comum entre as mulheres do que entre os homens, na verdade, para cada homem que a possui, 3 mulheres sofrem de hidradenite supurativa[1]. O sintoma característico da apocrinite é a dor intensa e, em alguns casos, pode aparecer febre, que melhora assim que o abscesso começa a ser drenado. Certamente, o diagnóstico deste processo é completamente médico, portanto, uma vez que apareçam os sintomas dessas bolinhas no sovaco, não hesite em consultar um médico.

Outras causas das bolinhas no sovaco

Existem outras causas associadas ao aparecimento de bolinhas na região das axilas, e uma delas é o cisto sebáceo, que nada mais é que uma espécie de bolsa que se forma logo abaixo da pele e que, no seu interior, tem uma substância gordurosa denominada sebo, se tornando dolorosa quando está inflamada ou infectada.

Por último, um processo infeccioso localizado ou generalizado pode desencadear um processo inflamatório, ou seja, bolinhas nos sovaco por meio do aumento de volume dos gânglios linfáticos. No caso dos gânglios que estão localizados na região das axilas, estes tendem a aumentar de tamanho para estimular o sistema imunológico e defender o corpo de qualquer agente infeccioso. Os gânglios linfáticos, além de estarem relacionados com processos infecciosos, também estão relacionados com doenças autoimunes e o câncer.

Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las - Outras causas das bolinhas no sovaco

Como curar as bolinhas no sovaco

Em primeiro lugar, o tratamento farmacológico vai depender da causa pela qual se originaram as bolinhas no sovaco e isto vai ser indicado estritamente por um médico. Na maioria das vezes serão indicados antibióticos para a pele, como a cefadroxila, cefalexina ou ciprofloxacina via oral, dependendo do processo infeccioso. Além disso, também podem ser prescritos anti-inflamatórios e analgésicos como ibuprofeno.

Contudo, em casa podem ser aplicadas diferentes medidas para melhorar os sintomas e, em alguns casos, até mesmo desaparecer com as bolinhas no sovaco, a não ser que sejam causados por um problema de saúde grave. Abaixo listamos alguns dos remédios caseiros para acabar com as bolinhas no sovaco:

  • A primeira forma de melhorar a presença das bolinha no sovaco é a cúrcuma, trata-se de um remédio natural caseiro que é utilizado para tratar os furúnculos. Uma colher de chá de cúrcuma em pó com mel é ideal para combater a inflamação, pois age como antibacteriano, anti-inflamatório e antibiótico, além disso, é capaz de acelerar o processo de cura. O ideal seria fazer uma pasta com esta mistura e aplicá-la diretamente na área afetada durante aproximadamente 15 minutos, em seguida, retire-a com água corrente e repita este processo a cada 12 horas.
  • Também é recomendável aplicar compressas de água quente, que permitem aumentar o fluxo sanguíneo na área e diminuir a dor. Recomenda-se aplicar estas compressas durante 10 minutos e a cada 8 horas por 7 dias.
  • O uso do vinagre de maçã permite que o processo inflamatório não aumente, ou seja, que o inchaço diminua. O ideal é aplicá-lo diluído em partes iguais com água e colocá-la durante 5 minutos no sovaco, em seguida, enxague a área com água corrente. É recomendado fazer isso a cada 12 horas.
  • Um antibiótico natural excelente é o alho, que permite eliminar as infecções bacterianas de forma rápida e eficaz, aliviando todos os sintomas da dor que existem e estimulando e fortalecendo o sistema imunológico[2]. Neste caso, é recomendado utilizar aproximadamente 10 dentes de alho previamente amassados e aplicá-los diretamente na área afetada durante 5 minutos e, então, retirá-los com água morna. Recomenda-se fazer isto a cada 12 horas durante 7 dias.
  • O suco de limão com alto conteúdo em vitamina C tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Recomenda-se espremer o suco de dois limões, embeber um cotonete com este suco e aplicá-lo diretamente na área afetada, deixando agir por 20 minutos. Depois lave a área com água corrente. É recomendado fazer isso a cada 8 horas.

O médico é o profissional especializado capaz de indicar o tratamento que o paciente precisa, de acordo com os sintomas que determinada doença apresenta. Antes de iniciar qualquer tratamento, você deve consultar seu médico para que faça um diagnóstico adequado ao seu caso de bolinhas no sovaco.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Referências
  1. A. Martorell, F.J. García-Martínez, D. Jiménez-Galloc, J.C. Pascual,
  2. J. Pereyra-Rodriguez, L. Salgadof. Vilarrasag. Disponível em: <https://www.adolescenciasema.org/ficheros/articulosparaprofesionales/documentos/DERMATOLOGIA/Hidradenitis%20supurativa%20%28i%29.pdf>. Acesso em 28 de julho de 2021.
  3. Cebrián, J., (2012), Diccionario de plantas medicinales, Barcelona, España, Integral RBA Libros.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las
1 de 3
Bolinhas no sovaco: causas e como curá-las

Voltar ao topo da página