Partilhar

Parafimose: causas, sintomas e tratamento

Por Martim Pereira, Redator ONsalus. 6 setembro 2018
Parafimose: causas, sintomas e tratamento

A parafimose é uma urgência médica que afeta os homens, onde a pele que cobre a glande do pênis (chamada prepúcio) fica presa atrás desta e não consegue voltar à sua posição normal, causando uma constrição logo abaixo da glande. Esta constrição pode causar inchaço e dor no pênis e, se continuar a progredir por muito tempo, pode inclusivamente produzir uma necrose, motivo pelo qual a pessoa afetada deve recorrer a um serviço médico para resolver a situação.

Nesse artigo do ONsalus, explicamos o que é a parafimose, assim como o seu tratamento e os seus sintomas, para que você saiba identificar esta situação de emergência caso lhe aconteça e possa assim encontrar uma solução apropriada.

Também lhe pode interessar: Balanite: sintomas, tratamento e causas

Causas da parafimose em adultos

A parafimose apenas acomete homens que não foram submetidos a uma circuncisão ou tenham uma circuncisão parcial, uma vez que se deve a uma posição retraída do prepúcio que depois não se devolve à sua posição correspondente. Existem várias possíveis causas para esta condição, estando todas elas relacionadas, regra geral, com a falta de cuidados do paciente:

  • Na maioria dos casos, é provocada por uma manipulação incorreta do pênis durante um exame ou procedimento clínico como, por exemplo, a colocação de uma sonda de Foley ou uma endoscopia.
  • O paciente também pode originar parafimose durante a higiene do pênis ou durante os atos sexuais caso não tenha devolvido o prepúcio à sua posição normal, causando assim um inchaço no pênis.
  • Outras condições do pênis podem aumentar as chances de sofrer de parafimose como, por exemplo, uma balanite ou uma infecção.
  • O paciente pode ter dificuldade ou não conseguir urinar devido a um fechamento do canal ou devido à dor e inchaço no prepúcio que provoca.
Parafimose: causas, sintomas e tratamento - Causas da parafimose em adultos

Sintomas da parafimose

A principal característica da parafimose é a inflamação e inchaço do pênis, em especial na glande e no prepúcio, o qual é originado pela constrição do prepúcio na base da glande. O inchaço do prepúcio, por sua vez, provoca ainda mais constrição, criando assim um círculo vicioso onde a inflamação provoca ainda mais inflamação.

Devido à pressão e à inflamação, o paciente costuma ter sintomas de dor que podem ser severos e a glande começa a perder cor devido à perda de fluxo sanguíneo nessa região.

Quando a urgência não é tratada atempadamente, o tecido da glande pode começar a necrosar devido à ausência de irrigação sanguínea e, por sua vez, a necrose potencia o aparecimento de infecções.

Parafimose: tratamento

O tratamento da parafimose implica a recolocação do prepúcio na sua posição normal, que normalmente se consegue através da manipulação dos tecidos por parte de um especialista que realizará movimentos progressivos do prepúcio e da glande até alcançar o objetivo. Para facilitar este procedimento, geralmente se começa por tratar a inflamação da glande, o que se consegue através de compressão, massagens com gazes úmidas e até drenagem do líquido dentro do tecido inflamado.

Devido à dor que a condição provoca, o médico pode aplicar anestesia local na região para tornar o procedimento mais tolerável. Da mesma forma, a aplicação de lubrificante no prepúcio e glande pode facilitar o procedimento.

Parafimose: operação

Em situações em que o prepúcio não pode ser recolocado de forma natural, a cirurgia na qual se fará um corte para aliviar o anel constritivo formado pelo prepúcio deve ser considerada.

Pode ser necessário circuncidar o paciente, no entanto este é normalmente o último recurso devido às dificuldades inerentes de realizar o procedimento sobre um prepúcio inchado. Regra geral, é preferível aliviar a parafimose de forma manual e sugerir uma circuncisão no futuro, quando o tecido regressar ao seu estado normal.

Parafimose: causas, sintomas e tratamento - Parafimose: tratamento

Como prevenir a parafimose

Por ser normalmente causada por um descuido do paciente ou de quem tenha realizado um procedimento clínico sobre o pênis, o principal método de prevenção da parafimose consiste em confirmar sempre que o prepúcio voltou à sua posição normal depois de se retrair ou após a limpeza do mesmo, de atos sexuais e depois do exame por parte de um especialista ou por qualquer outra situação.

A circuncisão é talvez a melhor forma de prevenir esta condição visto que, quando é realizada corretamente, é impossível sofrer de parafimose, já que neste procedimento se elimina o prepúcio, ou seja, a pele que cobre a glande.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Parafimose: causas, sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Parafimose: causas, sintomas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Gabriel Silva
Parafimose tem tratamento caseiro? Como posso resolver?

Parafimose: causas, sintomas e tratamento
1 de 3
Parafimose: causas, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página