Partilhar

Fratura peniana: sintomas e tratamento

 
Por Nelson Ferreira, Editor e redator ONsalus. 15 novembro 2018
Fratura peniana: sintomas e tratamento

Apesar de se tratar de um problema muito pouco frequente, já que apenas afeta um em cada 100 mil homens, a fratura peniana existe e pode mesmo ser muito dolorosa. O aparelho reprodutor masculino não conta com nenhum osso, mas falamos em fratura porque as duas câmaras de tecido em forma de tubo que o pênis contém, que são o que permite a sua ereção, podem rasgar se forem dobradas ou flexionadas sem cuidado quando se encontram cheias de sangue.

Geralmente, esta lesão afeta o órgão sexual durante as relações íntimas, em muito casos é por tentar ou por estar praticando relações sexuais muito violentas. Se você não conhece esta patologia, no ONsalus mostramos toda a informação sobre a fratura peniana: sintomas e tratamento.

 

O que é a fratura peniana

A fratura peniana é uma alteração pouco comum que ocorre quando o membro masculino se encontra ereto. Neste momento, ao estar firme e rígido, se o pênis for dobrado de forma muito forte ou repentina, pode chegar a romper o tecido do aparelho reprodutor que cobre os corpos cavernosos que se encontram cheios de sangue devido à ereção.

Este tipo de lesão é uma emergência médica e pode mesmo ter consequências físicas e psicológicas devastadoras para os homens afetados se não for tratada corretamente. É por isso que é importante que você tenha cuidado durante os seus encontros sexuais, principalmente aqueles com grande intensidade, uma vez que é nesse tipo de encontros que é mais comum ocorrer a lesão.

A fratura do pênis costuma acontece quando a mulher se encontra por cima, isto porque, por vezes, o membro masculino sai da vagina durante a penetração e pode chegar a ser esmagado pela pélvis da mulher se a mesma não for cuidadosa. No entanto, este transtorno também pode ocorrer durante a masturbação com movimentos bruscos, normalmente em homens que têm problemas de ereção, por tentarem acelerar a ejaculação antes de perder a firmeza do pênis.

Fratura peniana: sintomas e tratamento - O que é a fratura peniana

Fratura peniana: sintomas

Quando ocorre uma rotura dos tecidos do pênis, primeiro ouve-se um estalido (um barulho seco) e, em seguida, uma dor que pode ser leve ou intensa, dependendo da gravidade da lesão. Em alguns casos, a ereção se perde instantaneamente e ocorre um inchaço na região lesionada.

Em seguida, o membro masculino começa a escurecer porque se começam a formar hematomas no mesmo, o que também pode ser explicado pela fuga de sangue dos corpos cavernosos. Em algumas ocasiões, é possível encontrar sangue na abertura uterina, o que significa que a uretra também foi lesionada. Além disso, o sangue pode mesmo vazar para o escroto, períneo ou até à parede anterior do abdômen.

Fratura peniana: tratamento

Quando o pênis se fratura, é indispensável que o paciente visite um médico imediatamente, uma vez que necessitará atenção médica com urgência para não comprometer uma vida sexual normal como a que tinha até então.

Recomendamos que você aplique gelo na região até chegar ao centro médico e o especialista possa realizar um exame físico dos sintomas e sinais que apresenta, se existe uma fratura e a gravidade da mesma. Apesar de o médico poder realizar uma drenagem do sangue, geralmente, realiza-se uma cirurgia imediatamente para reparar qualquer tipo de danos que o pênis tenha sofrido durante a rotura do tecido e evacuar o hematoma.

Se este transtorno não for corretamente tratado, pode deixar sequelas como:

  • Deformidade permanente no pênis
  • Curvatura no mesmo
  • Ereções ou coitos com muita dor

Além disso, poderia existir uma disfunção erétil e dificuldades no momento de urinar. É por isto que é indispensável que o tratamento cirúrgico seja realizado o quanto antes e que, posteriormente, se esperem algumas semanas para voltar a ter relações sexuais, deixando que a ferida cicatrize corretamente e recupere a função ótima do pênis.

Fratura peniana: sintomas e tratamento - Fratura peniana: tratamento

Como ocorre a fratura peniana

Aproximadamente 50% dos casos de fratura peniana acontecem durante as relações sexuais intensas. De fato, a fratura típica de pênis acontece quase sempre com a mesma posição: quando a mulher está situada por cima do homem. Neste casos, se o sexo for for praticado de forma intensa, é possível que o pênis saia da vagina e, devido ao movimento de penetração, choque contra o quadril ou glúteo da mulher, dobrando-se com muita força.

Se é o homem quem se coloca por cima ou por trás durante o ato sexual, os riscos de sofrer uma fratura peniana baixam consideravelmente. Contudo, não só durante o sexo pode acontecer esta lesão. As masturbações aceleradas, quer seja em homens com problemas de ereção ou em jovens que o fazem às escondidas, pode levar a um erro de coordenação que acabe por fraturar o pênis.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Fratura peniana: sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Bibliografia
  • "Lesões genitais" por Noel A. Armenakas, MD, Clinical Professor of Urology, Weill Cornell Medical School; Attending Surgeon, New York Presbyterian Hospital and Lenox Hill Hospital. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/les%C3%B5es-e-envenenamentos/les%C3%B5es-no-trato-urin%C3%A1rio-e-nos-genitais/les%C3%B5es-genitais

Escrever comentário sobre Fratura peniana: sintomas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

Fratura peniana: sintomas e tratamento
1 de 3
Fratura peniana: sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página