Partilhar

Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. Atualizado: 3 junho 2020
Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser

A pele pode ser frequentemente afetada por diversas lesões, em especial por manchas vermelhas, que podem aparecer em diferentes partes do corpo. As mesmas podem ser vistas no pescoço e podem surgir a qualquer momento ao longo de toda a vida, sem distinção de idade ou sexo, e estão relacionadas com diferentes doenças ou condições.

Em alguns casos, as manchas no pescoço podem ser preocupantes, portanto, devem ser levadas como um aviso de que algo está ocorrendo no organismo. Por isso, é importante ir ao médico para estabelecer o diagnóstico preciso e iniciar o tratamento de acordo com os sintomas que se apresentar.

Neste artigo do ONsalus, te informamos com detalhes a respeito das manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser e como tratá-las.

Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser

As manchas vermelhas no pescoço podem aparecer por diversas causas, entre as quais, se podem mencionar:

Reações alérgicas

  • A urticária é uma das causas mais frequentes de manchas vermelhas no pescoço. Estas lesões podem ser produto de reações alérgicas a alimentos, como o peixe, mariscos, ovos, chocolate, produtos químicos ou medicamentos, como antibióticos, analgésicos ou anti-inflamatórios.
  • Angioedema: esta alteração tem a mesma origem que a urticária, mas é muito mais grave, pois compromete as camadas mais internas da pele e mucosas. Caracteriza-se pela presença de manchas vermelhas no pescoço sem coceira e o inchaço do pescoço e das vias respiratórias, o que pode causar dificuldade para respirar devido a um edema de glote ou asma grave. Se não são tomadas as medidas necessárias, pode levar a um choque anafilático.
  • Dermatite por contato: como seu nome indica, esta se apresenta quando a pele estabelece contato com substâncias irritantes ou por alergia a estas substâncias. O contato com metais (níquel, prata, ouro, cromo, cobalto), plantas venenosas, perfumes, látex, sabonetes cosméticos, etc., podem desencadear uma erupção extensa acompanhada de coceira, queimação, rachaduras e bolhas. Cada uma destas manifestação vai depender de cada paciente e do contato estabelecido com a substância ou elemento.

Dermatite seborreica

Esta alteração costuma se apresentar em adultos resultado do excesso de oleosidade causado pelas glândulas sebáceas em algumas áreas, como o couro cabeludo, rosto, pescoço e orelhas. Caracteriza-se pela presença de manchas vermelhas nestas áreas, além de outros sintomas.

Doenças infectocontagiosas

São várias as doenças deste tipo capazes de causar estas manchas vermelhas na pele do pescoço e em outras partes do corpo. Entre elas, estão:

  • Rubéola o sarampo: neste caso, as manchas são pequenas, discretamente elevadas, acompanhadas de coceira. Se espalham por todo o corpo e podem durar por volta de 3 dias.
  • Zika vírus: são lesões puntiformes extensas que causam coceira e que aparecem 3 dias depois da picada do mosquito. Estas manchas começam primeiro no rosto e pescoço e dali passam ao resto do corpo. Duram aproximadamente 5 dias.
  • Picada de insetos: as picadas de mosquitos podem causar manchas extensas na pele do corpo exposta, como no rosto, braços e pernas. O tamanho das manchas pode variar de acordo com a sensibilidade que o paciente tiver à picada dos insetos.
  • Micose na pele: estas manchas podem ser grandes, afetam áreas bem delimitadas da pele do pescoço, podem vir acompanhadas de descamação e a presença de bolhas, além de sua coloração avermelhada.

Doenças autoimunes

  • Lúpus eritematoso sistêmico: estas manchas se caracterizam por serem planas ou elevadas e avermelhadas, aparecem em qualquer parte do corpo, especialmente, no pescoço das mulheres.
  • Psoríase: estas manchas são vermelhas, secas e escamosas, o que as diferencia das demais.

Outras causas

  • Fatores ambientais: as temperaturas extremas como o calor podem causar o aparecimento destas manchas vermelhas no pescoço e no resto do corpo.
  • O estresse e a ingestão de bebidas alcoólicas: o nervosismo, o estresse e um consumo excessivo de álcool podem ser fatores desencadeantes no aparecimento das manchas no pescoço.
  • Queimaduras pelo sol: quando a pele é exposta por longos períodos de tempo ao sol, costumam aparecer queimaduras nas partes expostas do corpo, em especial, no rosto e pescoço.

Sintomas de manchas vermelhas no pescoço

Na grande maioria dos casos, a presença de manchas vermelhas no pescoço vem acompanhada de outros sintomas como, por exemplo:

  • Avermelhamento na área afetada.
  • Coceira.
  • Descamação das lesões.
  • Aumento de volume no local onde está a mancha.
  • Eczema acompanhado de líquido.
Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser - Sintomas de manchas vermelhas no pescoço

Manchas vermelhas no pescoço: tratamento médico

Uma vez seja notada a presença das manchas vermelhas no pescoço, deve-se ir ao dermatologista, que é o especialista encarregado por diagnosticar e indicar o tratamento de acordo com os sintomas que o paciente apresentar.

Tal tratamento, dependerá da causa que estiver originando o aparecimento das manchas vermelhas no pescoço:

  • Nos casos onde seja resultado de urticária ou reações alérgicas, deve-se tomar anti-histamínicos ou corticosteroides, que serão aplicados no local ou ingeridos.
  • Caso se trate de infecções infectocontagiosas, é importante ter as vacinas em dia. Com isto, se evitará contrair esta doença e ter a presença das manchas vermelhas.
  • Nos casos onde as manchas sejam resultado de uma infecção por fungos, deve-se prescrever um medicamento antifúngico por via oral ou por via local para ser aplicado nas manchas.

Conselhos para eliminar as manchas vermelhas no pescoço

Se você quer eliminar as manchas no pescoço e curar a pele mais rapidamente, deve levar em conta certas medidas:

  • Aplicar cremes que hidratem e acalmem a coceira, ardência ou dor que estas manchas possam gerar.
  • Manter-se distante de substâncias ou alérgenos que possam desencadear a presença das manchas vermelhas no pescoço.
  • Ingerir mais alimentos ricos em vitaminas, minerais e antioxidantes.
  • Manter as medidas higiênicas ao manipular as lesões da pele, lavar as mãos antes e depois de estar em contato com as lesões para reduzir o risco de complicações.
  • Proteger a pele do sol fazendo uso de protetor solar com um fator adequado para seu tipo de pele durante todo o ano.
  • Manter a pele hidratada e livre de substâncias químicas.

A presença de manchas vermelhas no pescoço é sinônimo de que algo está acontecendo no seu corpo, por isso que você deve ir ao dermatologista para que te indique o tratamento a ser seguido e dê as orientações necessárias para evitar o aparecimento destas manchas vermelhas no pescoço.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Escrever comentário sobre Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser

O que lhe pareceu o artigo?

Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser
1 de 2
Manchas vermelhas no pescoço: o que podem ser

Voltar ao topo da página