Partilhar

Por que estou sempre com sede?

 
Por Nicolas Garin, Redator ONsalus. Atualizado: 7 fevereiro 2018
Por que estou sempre com sede?

Os benefícios de beber água são múltiplos e resultam de um hábito saudável, no entanto, quando a sua ingestão se deve a uma sensação constante de sede temos de ter atenção porque pode ser um sintoma de algum problema no organismo. A sede se produz quando o nosso corpo necessita de repor o líquido que perdeu, quer seja por calor, por fazer algum esforço físico ou pelo consumo de alimentos muito salgados. A sede excessiva é clinicamente conhecida por polidipsia. Em ONsalus te damos a resposta a por que estou sempre com sede.

Desidratação

A desidratação pode ser causada por transpiração excessiva, devido ao esforço físico ou devido a efeitos climáticos. Outra razão pela qual a desidratação aparece é ter vômitos ou diarreia, que além de produzir sede excessiva, gera boca seca e falta de energia. A desidratação se torna grave no momento em que o ritmo cardíaco acelera, não tem vontade de urinar, a pele perde elasticidade e a pressão arterial baixa. Nestes casos, você deve consultar o médico imediatamente. Beba 2 litros de água por dia para evitar a desidratação do seu corpo.

Por que estou sempre com sede? - Desidratação

Diabetes mellitus

A diabetes mellitus se refere a elevados níveis de açúcar no sangue e um dos sintomas mais comuns é ter sede, além de querer urinar com frequência. O que acontece neste caso é que devido aos altos níveis de glicose, os rins devem trabalhar em excesso para o eliminar, tendo que produzir mais urina, o que eliminará mais líquido e com isso vai ter a necessidade de beber água para o substituir.

Por que estou sempre com sede? - Diabetes mellitus

Diabetes insipidus

Não tem nenhuma relação com a diabetes mellitus e está relacionada com um distúrbio no hormônio antidiurético, que controla a quantidade de água que é eliminada pela urina. Não é uma doença muito comum, mas é uma resposta a por que tenho sempre muita sede, o que acontece nesta condição é que os rins não podem concentrar a urina e grandes quantidades de urina diluída. Você deve consultar um endocrinologista para fazer um diagnóstico e lhe receitar um tratamento adequado, dependendo do tipo de diabetes insipidus que você possui. Geralmente, é controlada por injeções de vasopressina ou outras apresentações do mesmo medicamento. Caso a diabetes insipidus seja nefrogênica, o tratamento será realizado em conjunto com um nefrologista.

Por que estou sempre com sede? - Diabetes insipidus

Polidipsia psicogênica

É uma alteração que carateriza por ter sede constantemente, sem que exista um estímulo fisiológico e que leva o paciente a consumir grandes quantidades de água. É comum que apareça em pessoas que tenham algum distúrbio mental, sobretudo os que sofrem de esquizofrenia, mas também está relacionada com problemas emocionais com a ansiedade, distúrbios de personalidade, anorexia nervosa ou por alterações no hipotálamo, o qual se encarrega da sensação de sede. Em este caso, é necessário tratar o distúrbio mental e aplicar a medicação que o psicólogo considere necessário.

Por que estou sempre com sede? - Polidipsia psicogênica

Outras causas

Existem outras causas pelas quais a sede excessiva pode ocorrer e as detalhamos em seguida:

  • Tomar medicamentos diuréticos;
  • Infeções ou queimaduras;
  • Consumir alimentos como a cafeína ou comidas muito salgadas;
  • Se você tem algum tipo de alergia e geralmente respira pela boca;
  • Níveis elevados de cálcio no organismo;
  • Baixos níveis de potássio;
  • Peritonite ou inflamação da membrana que cobre a parte interna do abdômen;
  • Hiperparatireoidismo, quando a glândula que controla os níveis de vitamina D e fósforo é produzida em excesso;
  • Insuficiência cardíaca ou renal.
Por que estou sempre com sede? - Outras causas

Diagnóstico de sede excessiva

A sede excessiva não é uma doença, mas um sintoma que deve gerar um alarme no seu corpo. Para diagnosticar esta condição é realizado um teste de privação de fluidos, no qual a ingestão de líquidos do paciente é eliminada por algumas horas. Assim é possível ver a concentração de água encontrada na urina. Em um paciente normal, a quantidade de urina é menor e em maior estado de concentração. Além disso, são feitos exames à urina e ao sangue.

Embora a sede pareça irrelevante, é necessário prestar atenção porque pode ser um sinal de uma condição de saúde grave. Não a subestime e consulte seu médico de família sobre esses sintomas.

Por que estou sempre com sede? - Diagnóstico de sede excessiva

Quando entrar em contato com o médico?

É necessário que você consulte o seu médico sempre que tiver alguns dos seguintes sintomas:

  • A sede é contínua e inexplicável;
  • A sede está acompanhada de outros sintomas como fadiga e visão turva;
  • O volume de urina diário é elevado (mais de 5 litros por dia).

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por que estou sempre com sede?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema endocrino.

Escrever comentário sobre Por que estou sempre com sede?

O que lhe pareceu o artigo?

Por que estou sempre com sede?
1 de 7
Por que estou sempre com sede?

Voltar ao topo da página