Partilhar

Tecido adiposo branco: função, características e localização

 
Por Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 26 fevereiro 2019
Tecido adiposo branco: função, características e localização

O termo tecido adiposo normalmente está associado à obesidade e gera preocupação tanto nas mulheres quanto nos homens que cuidam e mantêm sua aparência corporal. Isto acontece pois eles sabem a função que este tecido tem no organismo e se é bom ou ruim tê-lo, além de conhecer em quais partes do corpo deve estar sem que afete a aparência física e estética.

O excesso de tecido adiposo está associado a transtornos metabólicos ou doenças de origem endócrina, que alteram o funcionamento normal do organismo nas pessoas que os têm. No entanto, é importante saber quais são as funções que eles cumprem no organismo e as vantagens que existem em tê-los. Existem dois tipos de tecido adiposo: o branco e o marrom, cada um com suas funções e em locais diferentes. Neste artigo do ONsalus explicaremos tudo sobre o tecido adiposo branco: função, características e localização.

O que é o tecido adiposo

O tecido adiposo é comumente conhecido como a gordura corporal, sendo composto por células redondas e fixas que contêm em seu interior gorduras chamadas de adipócitos, as quais servem para armazenar a energia na forma de gordura. O desenvolvimento do tecido adiposo é de forma contínua ao longo da vida.

Este tecido é um dos mais abundantes no corpo e é o que dá origem ao panículo adiposo da pele e do interior dos ossos. Deve-se levar em conta que tanto a falta quanto o excesso de tecido adiposo coloca em risco a saúde das pessoas e, em muitos casos, aumenta o risco de sofrer doenças graves.

Tecido adiposo marrom e branco: diferença

Exitem dois tipos de tecido adiposo:

  • Tecido adiposo branco: é caracterizado por conter adipócitos com uma única gota de lipídios em seu interior. Este tecido age na secreção de substâncias que trabalham em muitos processos metabólicos, regulando diferentes sistemas nos níveis endócrino e metabólico.
  • Tecido adiposo marrom: é um tecido multilocular, possui uma grande quantidade de citoplasma de pequenas células com núcleo arredondado e excêntrico com abundantes mitocôndrias. Tem pouquíssima distribuição nas pessoas adultas, mas pode ser visto em recém-nascidos nos níveis interescapular e cervical. Possui uma função térmica.

Ambos os tecidos são diferenciados através de suas cores, funções, morfologia e genética.

Localização do tecido adiposo branco

Normalmente, o tecido adiposo tem preferência em relação ao tecido subcutâneo. Sua distribuição depende de vários fatores, o sexo é um deles, nas mulheres a localização da gordura é na direção das áreas periféricas. Nos homens, é central, especificamente na região do abdômen.

O tecido adiposo branco, além da localização de acordo com o sexo, também está localizado em diferentes partes do corpo, como entre as vísceras (intestinos, rins, fígado, músculo, etc.) e especificamente sob a pele. A localização do tecido adiposo nas vísceras pode causar diversas doenças, entre as quais encontra-se a síndrome metabólica.

As pessoas se preocupam mais com o tecido adiposo que está na região subcutânea em relação ao que está nas vísceras, devido ao fato de que o primeiro afeta sua aparência e modifica seu corpo.

Tecido adiposo branco: funções e características

O tecido adiposo cumpre diferentes funções em benefício da saúde do organismo, dentro delas podemos mencionar:

  • Nos adipócitos, permite o armazenamento de energia na forma de triglicerídios. Quando necessário, esta gordura que fica armazenada no interior dos adipócitos é utilizada.
  • Age como tecido de sustentação, um suporte a nível estrutural.
  • Se comporta como um isolante tanto do frio quanto do calor, ajuda a manter a temperatura corporal.
  • Se comporta como um estoque de reservas nutritivas.
  • Segrega moléculas encarregadas de regular de funções como os hormônios que regulam o apetite.
  • Segrega hormônios que agem regulando a sensibilidade da insulina, como as citocinas inflamatórias e a adiponectina.
  • Nas áreas subcutâneas, age como tecido de enchimento.

É importante se ter em conta que a gordura branca é necessária, em muitos casos, é possível ver o excesso de gordura apenas observando, o qual pode afetar o organismo causando obesidade ou sobrepeso, e pondo em risco todo o organismo com o aparecimento de doenças metabólicas que alteram a saúde das pessoas que as sofrem.

Deve-se conhecer os fatores que ajudam a evitar a alteração da adequada distribuição do tecido adiposo branco, entre eles, bons hábitos alimentares, praticar algum esporte, o controle de doenças metabólicas, além do estresse.

Se você apresentar alterações metabólicas, sobrepeso ou se sofre de obesidade, não hesite em se consultar com seu médico de confiança. Ele te indicará os exames necessários para saber como está o seu metabolismo e fazer as correções necessárias para restabelecer seu estado de saúde.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tecido adiposo branco: função, características e localização, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema endocrino.

Bibliografia
  • Sociedade Espanhola de Bioquímica e Biologia Molecular. El tejido adiposo, protagonista en las alteraciones metabólicas de la obesidad. Disponível em: <https://www.sebbm.es/revista/articulo.php?id=323&url=el-tejido-adiposo-protagonista-en-las-alteraciones-metabolicas-de-la-obesidad>

Escrever comentário sobre Tecido adiposo branco: função, características e localização

O que lhe pareceu o artigo?

Tecido adiposo branco: função, características e localização
Tecido adiposo branco: função, características e localização

Voltar ao topo da página