Partilhar

Quais são as funções das plaquetas

Por Nelson Ferreira, Redator ONsalus. 22 novembro 2017
Quais são as funções das plaquetas

As plaquetas ou trombócitos são elementos sanguíneos que têm a sua origem na medula óssea, mas ao contrário dos outros componentes do sangue não são células, e sim o resultado da fragmentação de uma células chamadas megacariócitos. São constituídas na sua maioria por proteínas e em menor medida por lipídios, são muito pequenas e não duram mais de 7 a 10 dias na sua corrente sanguínea.

As plaquetas são os elementos mais abundantes no sangue depois dos eritrócitos, aproximadamente entre 150.000 a 400.000 por microlitro. As três principais funções das plaquetas são a sua intervenção na reparação de feridas, estimulação do processo de inflamação e ajudam a eliminar agentes patogênicos.

Certamente que já sabe da existência dos trombócitos, mas talvez, como muitas pessoas, não conheça a sua importância no seu organismo e se teve esta dúvida sobre quais são as funções das plaquetas, no ONsalus.com.br mostramos a você tudo o que precisa saber.

Também lhe pode interessar: Valores normais de plaquetas no sangue

Intervêm na reparação das feridas

Se você sofreu uma lesão que quebra o tecido e os vasos sanguíneos provocando um sangramento, o seu organismo, como resposta imediata, irá intervir para bloquear esta perda de sangue, a esta ação dá-se o nome de hemostase e os trombócitos têm um papel primordial, por isso esta é a principal reposta á sua dúvida sobre as funções das plaquetas.

Quando se produz um dano os seus trombócitos são ativados para viajar em grande proporção para a região afetada, aderindo-se a esta e vão formando, junto com outras proteínas que libertam, a crosta plaquetária para fechar o tecido danificado. Por outro lado, as plaquetas enviam um sinal para provocar a produção e presença de leucócitos na feria. Conforme se vão ativando as múltiplas proteínas estimuladas pelos trombócitos, forma-se o coágulo de fibrina impedindo a saída de sangue.

Quais são as funções das plaquetas - Intervêm na reparação das feridas

Estimulam o processo de inflamação

Os trombócitos sãos conhecidos pela sua ação durante o processo inflamatório, sendo esta uma das respostas à pregunta para que servem as plaquetas. A sua principal função neste processo é a produção de mediadores, ou seja, liberta os fatores que desencadeiam e dão início à inflamação, graças à conversão dos grânulos que armazena e outros componentes que as integram, como os eicosanoides.

É necessário que se leve a cabo esta libertação de fatores inflamatórios, principalmente quimiocinas e citocinas, por parte das plaquetas para que outros componentes do sistema imunológico se apresentem em quantidade de tempo necessário para intervir na cura da região afetada, combatendo possíveis agentes daninhos e controlando o processo de inflamação.

Quais são as funções das plaquetas - Estimulam o processo de inflamação

Ajudam a eliminar agentes patogênicos

Apesar de os leucócitos serem as principais células para combater qualquer microorganismo que possa ocasionar algum dano ao seu corpo, os trombócitos também têm esta propriedade em menor medida, uma vez que têm a capacidade de absorver e neutralizar diversos tipos de substâncias estranhas que podem entrar no seu organismo, como algumas partículas tóxicas e inclusivamente certos parasitas, sendo esta outra das funções das plaquetas.

Outra forma em que as plaquetas ajudam na eliminação de agentes patogênicos do seu corpo é através da libertação de vários tipos de peptídeos antimicrobianos através da degranulação, e embora não seja a sua função principal dão um grande apoio, sobretudo se a sua contagem de glóbulos brancos for baixa.

Quais são as funções das plaquetas - Ajudam a eliminar agentes patogênicos

Outras funções das plaquetas

Embora em pouca quantidade, as plaquetas tem a capacidade de favorecer a síntese de certas proteínas graças ao elementos que a constituem e a sua interação com outros componentes. Quando os trombócitos são ativados produz-se uma maior síntese de várias proteínas em comparação com o seu estado de repouse, muitas delas de importância em vários processos, como a trombostenina, fibrinogênio, albumina e glicoproteínas.

Além disso, as plaquetas têm a propriedade de libertar certas substâncias que armazenam conhecidas como fatores de crescimento, graças a estes é possível transmitir às células a indicação de que é necessária a formação de tecido novo, independentemente do motivo pelo qual exista um dano epitelial. Também podem intervir na reparação dos vasos sanguíneos através da divisão celular do tecido vascular saudável.

Quais são as funções das plaquetas - Outras funções das plaquetas

Fatores que alteram a quantidade de plaquetas

É importante que mantenha uma contagem apropriada de plaquetas no sangue, isto porque se tiver uma trombocitopenia, níveis baixos de trombócitos, poderia apresentam hemorragias excessivas numa lesão, enquanto que os níveis muito altos, trombocitose, podem favorecer a formação de coágulos que obstruam a corrente sanguínea originando complicações sérias, por isso deve recorrer ao médico para que lhe indique o tratamento adequado. Algumas causas que podem alterar a sua quantidade de plaquetas no sangue são:

  • Infecções ou reações alérgicas
  • Câncer ou tratamento para o combater
  • Alguns medicamentos
  • Consumo de drogas
  • Transtornos autoimunes
  • Anemia, principalmente hemolítica
  • Transtornos da medula óssea, como a policitemia primária
  • Remoção do baço

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são as funções das plaquetas, recomendamos que entre na nossa categoria de Sangue, coração e circulação.

Escrever comentário sobre Quais são as funções das plaquetas

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Edilaine Da Silva
Boa noite meu exame de plaquetas deu resultado. 250000/mm
Volume medio 7,9 fl
Att.
Edilaine
Adriana Marçal da rosa
Plaquetas 450,000 São baixas numa pessoa de 51 anos
Maria Correia Correia
Quero saber essa doença da direito auxílio doença

Quais são as funções das plaquetas
1 de 5
Quais são as funções das plaquetas

Voltar ao topo da página