Lesões e doenças do tórax

Rompimento muscular do peito: sintomas e tratamento

 
Dra. Ivonne Nieves Blanco
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 14 março 2023
Rompimento muscular do peito: sintomas e tratamento

O peito, como também é chamado o tórax, tem músculos como os intercostais e peitorais, que podem sofrer rupturas em suas fibras e causar dores agudas que podem ser muito localizadas e podem até limitar as atividades diárias da pessoa.

A ruptura de um músculo torácico pode causar esse desconforto que em alguns casos pode ser confundido com outras condições relacionadas ao coração e pode causar grande preocupação até que um diagnóstico definitivo seja feito.

No artigo seguinte do ONsalus, explicamos em detalhes quais são os sintomas de um rompimento muscular do peito e qual o tratamento a ser seguido para uma recuperação rápida e segura.

Índice
  1. O que é o rompimento muscular do peito?
  2. Causas para o rompimento muscular do peito
  3. Sintomas de um rompimento muscular do peito
  4. Tratamento para o rompimento muscular no peito
  5. Tempo de recuperação de um rompimento muscular no peito

O que é o rompimento muscular do peito?

Um rompimento muscular é a quebra das fibras musculares, que pode acontecer em qualquer parte do corpo, inclusive no peito. Neste caso, as fibras musculares que se rompem são as dos músculos peitorais ou dos músculos intercostais.

Causas para o rompimento muscular do peito

Um rompimento muscular do peito pode ocorrer devido a uma série de causas diferentes, inclusive:

  • Movimentos repetitivos ou fortes envolvendo os músculos do tórax.
  • Alongamento excessivo
  • Fadiga muscular.
  • Tosse severa.
  • Sopro no peito como resultado de um esporte ou acidente de carro.
  • Levantamento de peso.

Algumas pessoas correm um risco maior por esta condição, como os idosos que caem com mais frequência, ou pessoas mais velhas ativas no esporte.

Neste outro artigo falamos sobre as causas e tratamento para a sensação do peito queimando por dentro.

Sintomas de um rompimento muscular do peito

Um rompimento musculara do peito geralmente causa dores no peito que se agravam com o movimento. Os sintomas comuns incluem:

  • Dor torácica que pode ser aguda ou silenciosa.
  • Dificuldade para mover o tórax.
  • Dor no peito que piora ao tossir, espirrar ou respirar.
  • Contusões no tórax
  • Inchaço
  • Espasmos musculares
  • Sensação de sensibilidade dentro da parede torácica.
  • Dor na parte superior das costas.
Rompimento muscular do peito: sintomas e tratamento - Sintomas de um rompimento muscular do peito

Tratamento para o rompimento muscular no peito

O tratamento de um rompimento muscular no peito depende da gravidade da lesão e deve ser prescrito por um médico após um diagnóstico adequado ter sido feito. Geralmente, o tratamento inclui o seguinte:

  • Repouso e descanso do músculo afetado.
  • Aplicação do frio na área da lesão durante os primeiros dias. O frio deve ser aplicado no local da dor por 20 minutos, 2 ou 3 vezes durante o dia. Em alguns casos, uma bandagem de compressão pode ser aplicado ao redor do tronco para reduzir o inchaço e evitar maiores lesões.
  • Elevação da área lesionada. A elevação consiste em elevar a parte do corpo lesionada acima do nível do coração, o que pode ser feito ao dormir em uma poltrona reclinável ou usando travesseiros para deitar.
  • Para a dor, o médico prescreverá medicamentos anti-inflamatórios não esteroides, como o ibuprofeno. Se a dor persistir ou for grave, podem ser prescritos opioides ou relaxantes musculares.
  • Reabilitação com um fisioterapeuta usando alguns exercícios que podem restabelecer a força, a flexibilidade e ajudar a manter a função muscular.

Se todos os itens acima não melhorarem o quadro clínico, o médico indicará cirurgia. No caso de um rompimento de grau 3, será feita uma incisão no tórax para recolocar o tendão afetado no osso.

Se você sente dor no peito depois de comer, leia este outro artigo do ONsalus.

Tempo de recuperação de um rompimento muscular no peito

O tempo de recuperação de um rompimento muscular do peito depende da gravidade do grau de lesão, geralmente dentro de dias ou semanas:

  • Grau 1: o dano é leve no peito e afeta menos de 5% de suas fibras musculares individuais. Neste caso, a força e o movimento podem ser ligeiramente afetados e a recuperação geralmente leva de 2 a 3 semanas.
  • Grau 2: Este tipo de lesão envolve danos mais extensos no peito, ou seja, um número maior de fibras musculares é dilacerado, mas sem romper completamente o músculo. Isto pode causar problemas significativos de força e movimento. Neste caso, o tempo de recuperação pode ser de 2 a 3 meses.
  • Grau 3: Esta é uma ruptura completa do músculo peitoral. Em casos muito graves, a cirurgia pode ser necessária para reparar ou restaurar o músculo afetado. Isto exigirá mais tempo de recuperação, que pode ser mais do que 3 meses.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Rompimento muscular do peito: sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Ossos, articulações e músculos.

Bibliografia
  • leal Atalaya, D., & García, R. F. GRADO EN FISIOTERAPIA.
  • Tapia Pilalo, R. D. (2018). Técnicas de levantamiento de pesas y su relación con el desgarro muscular de pectorales en deportistas del gimnasio Eyb Cantón Vinces Los Ríos mayo-octubre 2018 (Bachelor's thesis, BABAHOYO, UTB 2018).
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 2
Rompimento muscular do peito: sintomas e tratamento