Partilhar

Dor no peito depois de comer: causas

 
Por Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 7 março 2019
Dor no peito depois de comer: causas

Um sintoma como a dor no peito está frequentemente ligado ao padecimento de doenças cardiovasculares como, por exemplo, infarto agudo do miocárdio. A dor no peito é descrita como uma sensação que se gera em torno do mesmo, como se existisse um objeto pesado sobre ele.

É provável que a pressão no peito depois de comer esteja relacionada com a ingestão de alguns alimentos, a forma como são ingeridos ou alguma condição médica em específico que descreveremos em seguida nesse artigo do ONsalus. Continue lendo e descubra as causas mais comuns da pressão peito depois de comer.

Também lhe pode interessar: Dor embaixo da costela, o que pode ser?

Dor no peito após comer: angina de peito

A angina de peito é uma condição na qual se evidencia uma dor transitória ou uma sensação de asfixia ou dor no peito (como se fosse apertado fortemente).

Isto ocorre quando o coração não recebe suficiente sangue oxigenad, especialmente em situações que se relacionam com a prática de esforço como, por exemplo, realizar exercícios físicos em temperaturas extremas, sofrer emoções intensas ou depois de comer alimentos pesados. A anemia também é associada com a presença da angina de peito, devido aos baixos níveis de hemoglobina.

Especificamente, a angina é causada quando a artéria coronária não providencia sangue oxigenado suficiente ao músculo cardíaco. Além de manifestar-se com uma dor no peito característica, pode irradiar para o braço esquerdo, pescoço ou mandíbula, e pode existir mais diminuição da sensibilidade nos braços.

A prevalência da angina em diferentes estudos mostra um aumento com a idade em ambos os sexos desde um 0.1 - 1% em mulheres com idades entre 45 e 54 anos e um 10 - 15% em mulheres com idades compreendias entre 65 e 74 anos. Em homens, o aumento é de 2 - 5% entre os 45 e os 55 anos de idade e de um 10 - 20% entre os 65 e 74 anos de idade.

Dor no peito depois de comer: refluxo gastroesofágico

Outra causa frequente da dor no peito que não está relacionada com o coração e que pode surgir depois de comer é o refluxo gastroesofágico.

O refluxo gastroesofágico é frequente na população e a sua origem se deve ao desequilíbrio entre os fatores defensores e agressores da capa que cobre o esófago por dentro, provocando um aumento da acidez.

Este aumento da acidez gera uma sensação de queimação ou dor no peito que aumenta depois de ingerir refeições pesadas ou abundantes. Além disso, a dor no peito depois de comer pode ser acompanhada de outros sintomas como gosto acre na boca e dificuldade para engolir.

Os agentes desencadeantes comuns da pressão no peito em relação aos problemas digestivos são o consumo de alimentos ácidos como molho de tomate, suco de laranja, café e álcool, assim como o consumo de menta, chocolate, bebidas gaseificadas, batatas fritas, carnes gordurosas e produtos lácteos.

No seguinte artigo, você pode saber mais sobre este tema - refluxo gastroesofágico: tratamento, sintomas e causas.

Dor no peito depois de comer: causas - Dor no peito depois de comer: refluxo gastroesofágico

Dor no peito ao comer: gases

Uma das causas da dor no peito é o excesso de gases, na verdade, esta é uma causa comum da dor no tórax quando não existe relação direta com problemas cardíacos. A presença desse desconforto é comum em pessoas que sofrem de intestino preso ou constipação.

O sintoma ocorre graças ao excesso de gases nos intestinos que empurram os órgãos abdominais, provocando dor que irradia até ao peito. Esta dor é de caráter acutilante e aparece e desaparece em ocasiões repetidas, sobretudo ao realizar movimentos. Em casos favoráveis, não se estende no tempo.

Costuma ser acompanhada de desconforto e dor de estômago ou intestinal como, por exemplo, náuseas e vômitos. Pode, além disso, piorar depois do consumo de legumes ou alimentos que provocam gases.

Pressão no peito por outras doenças cardíacas

Existem outras causas cardíacas com as quais pode surgir pressão no peito, como:

  • Arritmia cardíaca.
  • Insuficiência cardíaca.
  • Inflamação do músculo cardíaco.
  • Doença coronária após a prática de exercício intenso.

Todas costumam ser acompanhadas de taquicardia, cansaço e respiração acelerada.

Por último, o infarto agudo do miocárdio costuma ser a primeira preocupação da pessoa que sente dor no peito, sendo mais frequente em pessoas que sofrem de hipertensão arterial, hipercolesterolemia, maiores de 45 de idade e fumadores.

Na presença de qualquer um destes sintomas, consulte as urgências de imediato.

 

Dor no peito depois de comer: outras causas

Úlcera estomacal

Existem muitas outras causas que podem provocar pressão ou dor no peito depois de comer. Uma delas é a presença da úlcera estomacal que, por proximidade de ambos os órgãos, pode ser facilmente confundida. A presença da úlcera no estômago gera uma dor localizada no centro do peito que pode irradiar até ao lado direito, dependendo da localização da lesão no estômago. A confusão ocorre porque a dor no peito surge depois das refeições mas pode ser acompanhada de náuseas, vômito e sensação de enfartamento.

Problemas na vesícula

Do mesmo jeito, os problemas na vesícula podem gerar dor no peito que piora depois de comer, geralmente, depois de ingerir alimentos com grande conteúdo de gordura e embutidos. Recordemos que a vesícula é um órgão que se encontra no lado direito do estômago e que pode ser afetado pelo consumo excessivo de gorduras. A dor se apresenta, inicialmente, no lado direito do peito, mas pode irradiar para o lado esquerdo.

Pressão no peito por ansiedade

A pressão no peito pode aparecer quando sofremos de ansiedade ou excesso de estresse. Ambas as situações provocam um aumento da pressão nas costelas e, como consequência, aumento da frequência cardíaca. Esta combinação gera a típica dor no peito, não tendo uma causa orgânica precisa.

Lesão muscular

As lesões musculares são mais frequentes em pessoas que praticam esportes nos músculos que se contraem em excesso, gerando inflamação e dor no tórax. Também pode ocorrer durante atividades básicas como carregar objetos, tossir, respirar ou comer.

Problemas pulmonares

Finalmente, a dor no peito também é comum quando existem problemas no sistema respiratório, ou seja, perante doenças como bronquite, asma, pneumonia, etc. A dor pode ser semelhante á de problemas cardíacos pela sua localização, mas a sua origem é respiratória. Este desconforto piora ao respirar profundamente e também pode provocar falta de ar.

Quando ir ao médico por dor no peito

É importante que você consulte o seu médico de imediato se sente pressão no peito e se ocorre alguma das seguintes circunstâncias:

  • A dor no peito não cessa durante os próximos 20 minutos.
  • Se a dor se expande para a garganta, mandíbula e braços.
  • Se a dor é ardente.
  • Se existe pesadez ou rigidez no peito.
  • Se, além disso, sente náuseas.
  • Se sente suores frios.
  • Se tem dificuldade em respirar.
  • Se surge dor de cabeça intensa de forma repentina.
  • Se existem palpitações no lugar da dor.
  • Se se estende até ao estômago como uma indigestão.
  • Se existe cansaço não habitual.
  • Se existe atordoamento injustificado.
  • Se a pessoa sofre de alguma doença cardiovascular como, por exemplo, hipertensão arterial ou insuficiência cardíaca.

Se tem dúvidas em relação à causa que está provocando a pressão no peito, não duvide em consultar o médico para uma valoração pertinente. Dependendo da causa, pode ser necessário um tratamento ou outro. Evite automedicar-se e fique atento perante qualquer sinal de alarme.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor no peito depois de comer: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Ossos, articulações e músculos.

Referências
  1. Basiero, A. B., & Bardají, A. (2010). Epidemiología de la angina estable. Revista española de cardiología suplementos, 10, 3B-10B.

Escrever comentário sobre Dor no peito depois de comer: causas

O que lhe pareceu o artigo?

Dor no peito depois de comer: causas
1 de 2
Dor no peito depois de comer: causas

Voltar ao topo da página