Gases

Sensação de querer arrotar e não conseguir: causas e o que fazer

 
Dra. Ivonne Nieves Blanco
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 5 abril 2024
Sensação de querer arrotar e não conseguir: causas e o que fazer

Arrotar é uma função natural do corpo que, embora às vezes possa ser socialmente estranha, desempenha um papel importante na liberação do ar preso no sistema digestivo. Entretanto, o que acontece quando surge a sensação de querer arrotar e você não consegue? Embora possa parecer um problema menor, a incapacidade de arrotar não só pode causar um desconforto considerável, mas também pode ser um indicativo de problemas de saúde subjacentes que exigem atenção.

Convidamos você a continuar lendo este artigo do ONsalus para saber mais sobre as causas dessa sensação e o que fazer quando sentir a necessidade de arrotar e não conseguir.

Também lhe pode interessar: Melhor posição para soltar gases
Índice
  1. Por que tenho vontade de arrotar e não consigo?
  2. Sintomas que podem acompanhar a sensação de querer arrotar e não conseguir
  3. Como se livrar da sensação de querer arrotar e não conseguir

Por que tenho vontade de arrotar e não consigo?

A sensação de precisar arrotar sem conseguir fazê-lo é conhecida como "arroto ineficaz". Essa condição é caracterizada pela percepção de ter ar preso no estômago ou no esôfago, que não pode ser liberado ao arrotar. Isso pode causar uma variedade de desconfortos no corpo, inclusive desconforto no abdômen e no peito.

Há muitas causas possíveis para a sensação de querer arrotar, mas não conseguir. Algumas delas estão descritas abaixo:

Aerofagia

A aerofagia, também conhecida como deglutição excessiva de ar, pode causar inchaço e a sensação de necessidade de arrotar. Esse distúrbio é bastante comum, mas, embora muitas vezes envolva a deglutição frequente de saliva e possa ser acompanhado de outros sinais, as pessoas nem sempre percebem que a deglutição de ar é a causa de seu desconforto.

Os sintomas da aerofagia dependem do fato de o ar acumulado estar principalmente na parte superior ou inferior do sistema digestivo, através dos intestinos. Isso pode resultar em sintomas como inchaço, flatulência, sensação de arroto, dor e até mesmo desconforto abdominal.

Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)

A doença do refluxo gastroesofágico é um distúrbio digestivo que afeta o anel muscular entre o esôfago e o estômago, conhecido como esfíncter esofágico inferior. Algumas pessoas sofrem dessa doença devido a uma condição conhecida como hérnia hiatal, que pode causar uma hérnia no estômago.

Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)

A doença do refluxo gastroesofágico é um distúrbio digestivo que afeta o anel muscular entre o esôfago e o estômago, conhecido como esfíncter esofágico inferior. Algumas pessoas sofrem dessa doença devido a uma condição conhecida como hérnia hiatal, que pode causar a sensação de querer arrotar sem poder fazê-lo.

Dispepsia funcional

A dispepsia, geralmente chamada de indigestão crônica, é caracterizada por dor ou desconforto no estômago, sensação de plenitude ou inchaço durante e após as refeições e a já mencionada sensação de vontade de arrotar. Quando a indigestão não tem uma causa específica identificável, ela é chamada de dispepsia funcional.

Dispepsia cricofaríngea retrógrada (DCPR)

A incapacidade de arrotar pode ocorrer quando o esfíncter esofágico superior, especificamente o músculo cricofaríngeo, não consegue relaxar adequadamente para permitir a liberação da bolha de ar. O músculo cricofaríngeo, que é uma faixa de fibras musculares com características elásticas, faz parte do esfíncter esofágico superior e atua de forma circular. Nas pessoas que não conseguem arrotar, esse músculo não relaxa como deveria, resultando na retenção de gás no esôfago.

Estresse e ansiedade

Essas duas condições podem afetar negativamente o processo digestivo e resultar em uma variedade de sintomas físicos, inclusive a sensação de querer arrotar e não conseguir.

Hábitos alimentares

Certos alimentos e maus hábitos alimentares podem aumentar a produção de gases e causar inchaço e a sensação de querer arrotar e não conseguir.

Sensação de querer arrotar e não conseguir: causas e o que fazer - Por que tenho vontade de arrotar e não consigo?

Sintomas que podem acompanhar a sensação de querer arrotar e não conseguir

A sensação de querer arrotar sem conseguir é um sintoma em si, mas pode ocorrer junto com outros sintomas, como:

  • Sensação de plenitude e inchaço.
  • Azia ou regurgitação ácida.
  • Náusea ou vômito.
  • Dor no peito
  • Dor abdominal
  • Dificuldade para engolir
  • Rouquidão
  • Tosse crônica

O aparecimento desses sintomas pode variar de uma pessoa para outra, portanto, será necessário ir ao médico verificar se os sintomas que você tem estão relacionados à sensação de querer arrotar e não conseguir.

Como se livrar da sensação de querer arrotar e não conseguir

O tratamento para a sensação de querer arrotar e não conseguir dependerá da causa subjacente. Podem ser sugeridos os seguintes tratamentos:

  • Mudanças nos hábitos alimentares: recomenda-se evitar o consumo de alimentos e bebidas que possam estimular a azia ou aumentar a produção de gases. Esses alimentos e bebidas incluem alimentos picantes e gordurosos, que podem irritar o estômago e causar refluxo, e bebidas gaseificadas, que podem aumentar a quantidade de gás no estômago. Por outro lado, é aconselhável comer em pequenas porções, comer devagar e não falar enquanto come para facilitar a digestão e reduzir o acúmulo de gases.
  • Medicamentos: os antiácidos, que são usados para controlar a azia, são indicados para tratar essa situação. Esses medicamentos podem aliviar os sintomas relacionados ao refluxo ácido, que geralmente acompanha a sensação de querer arrotar e não conseguir.
  • Terapia comportamental: essa terapia se concentra no controle da aerofagia e na modificação de diferentes hábitos que podem contribuir para a sensação de querer arrotar sem conseguir.
  • Praticar atividades que reduzam o estresse, como exercícios leves, ioga ou meditação.
  • Evitar fumar.
  • Praticar atividade física regularmente para melhorar a digestão e reduzir o estresse.

Se essa sensação persistir, causar muito desconforto ou for acompanhada de outros sintomas, como perda de peso, dificuldade para engolir, vômitos ou alterações na motilidade intestinal, é importante consultar o médico para descartar condições mais graves e obter o tratamento adequado.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sensação de querer arrotar e não conseguir: causas e o que fazer, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Bibliografia
  • Arín, A., & Iglesias, M. R. (2003, August). Enfermedad por reflujo gastroesofágico. In Anales del sistema sanitario de Navarra (Vol. 26, No. 2, pp. 251-268). Gobierno de Navarra. Departamento de Salud.
  • Mearin, F. (2010). Dispepsia funcional. Rev Gastroenterol Mex, 75(Supl 2), 19-24.
  • Vaamonde Lago, P. TRATAMIENTO DE LA DISFUNCIÓN CRICOFARÍNGEA Y DEL DIVERTÍCULO DE ZENKER. DISFAGIA OROFARÍNGEA, 159.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 2
Sensação de querer arrotar e não conseguir: causas e o que fazer