Partilhar

Tipos de micose nos pés - com fotos

 
Por Leonardo Simon. 28 maio 2020
Tipos de micose nos pés - com fotos

As micoses são uma condição bastante frequente, podendo afetar diferentes áreas do corpo. Uma das condições mais comuns deste tipo é a que acontece nos pés, seja na sola ou nas unhas. Muitas pessoas se perguntam como saber se têm micose nos pés, já que é algo muito incômodo e que as vezes pode ser confundido com outros problemas da pele e unhas, os quais devem ser tratados o quanto antes para evitar que se espalhem.

Os principais sintomas da micose pés são a coceira e ardência constantes, as rachaduras na pele, vermelhidão, unhas descoloridas ou amareladas que também podem ficar ásperas e caírem, e o aparecimento de bolhas. Como às vezes não é fácil identificá-los, no ONsalus reunimos as informações necessárias sobre os diferentes tipos de micose nos pés e as diferentes condições que podem causá-los, incluindo fotos, para que seja mais fácil reconhecer este problema. Além disso, te aconselhamos que, se você está sofrendo de fungos nos pés, consulte um dermatologista o quanto antes.

Também lhe pode interessar: Micose nas costas: causas e como tratar

Pé de atleta ou tínea pedis

Existem algumas doenças fúngicas que podem afetar praticamente qualquer parte do corpo, como a candidíase, que no caso de estar nos pés, é conhecida como candidíase podal, embora também possa estar em outras partes do corpo e, em geral, o tratamento será o mesmo.

Por outro lado, existem outras doenças que são específicas dos pés, seja na sola, no peito, entre os dedos ou nas próprias unhas, podendo aparecer em apenas uma parte ou em todo o pé. É o caso do pé de atleta ou tínea pedis, que pode ser encontrado em toda esta parte do corpo, sobretudo na sola, ou também ser interdigital, isto é, estar localizado entre os dedos. É verdade que esta doença não costuma afetar as unhas a não ser que se trate de um caso muito avançado.

É mais frequente em pessoas que sofrem de excesso de suor nos pés, usam calçados inadequados, que não transpiram bem, andam descalços em áreas públicas como banheiros, piscinas e academias, ou também pessoas que têm uma lesão na pele ou na unha e que não tenham tratado ela corretamente, ou seja, não foram completamente curadas.

Existem diversos tipos de pé de atleta ou tínea pedis:

  • Pé de atleta hiperqueratósico: se diferencia porque há diversas rachaduras na pele, sendo que esta se descama e sofre um engrossamento. Também é conhecida como epidermomicose escamosa ou hiperqueratósica.
  • Tínea pedis crônica: é a forma mais frequente dos fungos nos pés e se destaca porque a pele fica muito avermelhada e há coceira constante, sendo mais forte durante a noite, já que é o momento do dia no qual os microrganismos responsáveis pela condição ficam mais ativos.
  • Pé de atleta inflamatório ou vesicular: neste tipo de condição aparecem bolhas ou vesículas na pele, as quais nunca devem ser abertas ou estouradas, mas sim tratadas de forma adequada.
  • Tínea pedis ulcerosa: quando a condição fúngica avança, é normal que haja infecções oportunistas, como é o caso das infecções bacterianas, e com isso acabam sendo formadas feridas nos pés.

A seguir, você pode encontrar mais imagens de micoses nos pés. A imagem abaixo mostra o aspecto que um pé de atleta ou tínea pedis tem em sua forma interdigital ou também chamada de epidermomicose disidrosiforme.

Tipos de micose nos pés - com fotos - Pé de atleta ou tínea pedis

Onicomicose ou fungos nas unhas

Estes parasitas normalmente infestam a pele e, pouco a pouco, acabam passando para as unhas dos pés e das mãos, embora existam alguns que prefiram diretamente esta parte do corpo. As unhas afetadas costumam ser unhas quebradiças, unhas amarelas e de uma cor esbranquiçada e mais grossas que o normal. Os principais motivos do aparecimento de fungos nas unhas ou onicomicose são se secar mal os pés, andar descalço em espaços públicos, ter uma unha quebrada e não tratá-la bem, sofrer de excesso de suor e calçar tênis e meias que não transpiram bem.

Além disso, as pessoas que têm maior probabilidade de sofrer este problema são aquelas que costumam trabalhar com água, pessoas mais velhas, diabéticos, pessoas com problemas na pele e unhas, e pacientes com o sistema imunológico debilitado ou enfraquecido.

Se você está procurando fotos de fungos nos pés e nas unhas, a seguir verá uma imagem onde é possível ver bem um caso de onicomicose.

Tipos de micose nos pés - com fotos - Onicomicose ou fungos nas unhas

Tipos de micoses nos pés

Além de conhecer os possíveis sintomas e os diferentes tipos de condições fúngicas ou micoses nos pés, convém conhecer as espécies que podem nos afetar. Existe uma grande variedade de fungos que afetam os pés em diferentes áreas destes ou em todos eles. Contudo, os principais tipos de micoses nos pés e que, portanto, mais comumente o dermatologista pode identificar, embora não sejam as únicas espécies, são os seguintes:

  • Trichophyton rubrum
  • Trichophyton mentagrophytes
  • Trichophyton interdigitale
  • Epidermophyton floccosum
  • Onychocola canadensis
  • Scytalidium lignicola
  • Scytalidium hyalinum
  • Scytalidium synanamorph
  • Nattrassia mangiferae
  • Hendersonula toruloidea

Como tratar micose nos pés com medicamentos

O tratamento médico para a micose nos pés é o mais eficaz, já que se for concluído e depois são seguidas as orientações de prevenção adequadas, é a melhor forma para evitar um reaparecimento destes.

Se está se perguntando como curar os fungos nos pés com tratamento médico, ou seja, o que o especialista fará e o que pode recomendar, te interessará saber que primeiro examinará bem a parte afetada e, certamente, fará uma pequena raspagem para pode identificar do que se trata este problema e detectar a espécie que está te afetando. Desta forma, poderá focar melhor em um tratamento que seja realmente eficaz.

Entre os medicamentos que pode te receitar estão os antifúngicos ou antimicóticos de uso tópico e oral. Todavia, se o problema for leve, é possível que somente te receite uma pomada ou creme, por outro lado, se está um pouco avançado, te receitará um medicamento de via oral.

Tipos de micose nos pés - com fotos - Como tratar micose nos pés com medicamentos

Remédios caseiros para micose nos pés

Além de tomar e passar os medicamentos antifúngicos prescritos pelo seu médico, pode consultar com ele quais dos seguintes remédios caseiros são adequados para combinar como um reforço ao tratamento médico do seu caso. Veja os melhores produtos para fazer um tratamento natural ou caseiro para a micose nos pés:

Bicarbonato para micose nos pés

Este produto é alcalino e serve para dificultar o avanço da condição micótica e permite eliminá-la facilmente. Deixe os pés de molho em uma bacia com água suficiente para cobrir os tornozelos e 2 ou 3 colheres de bicarbonato de sódio diluído. Deixe agir por 10 a 15 minutos e, por fim, enxagúe bem os pés com água fresca.

Vinagre para micose nos pés

Possui propriedades alcalinas e ajuda a regular o pH da pele e a regenerá-la, dificultando a proliferação dos fungos e facilitando assim a eliminação do microrganismo fúngico responsável. Para usar este remédio, você deve misturar, em uma bacia ou recipiente, o vinagre de maçã e a água em partes iguais, e deixar os pés de molho durante 20 minutos, ou também podem molhar uma gaze ou pano limpo e aplicá-lo nas partes afetadas, deixando agir por 15 minutos e, ao terminar, secar as partes úmidas muito bem com uma toalha limpa, evitando assim a proliferação dos fungos.

Óleo de árvore do chá para micose nos pés

A árvore do chá tem um odor forte e é uma potente antifúngica, antibacteriana e antisséptica. Por isto é um dos remédios naturais mais usados para eliminar os fungos, tanto da pele quanto das unhas. É importante usar um que esteja preparado em uma concentração entre 25% e 50%, uma vez que não é necessário usar uma concentração mais elevada, pois é bastante potente. Para aplicá-lo devem ser usadas uma ou duas gotas na área afetada, 2 ou 3 vezes ao dia, e então deixar secar.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tipos de micose nos pés - com fotos, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Escrever comentário sobre Tipos de micose nos pés - com fotos

O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de micose nos pés - com fotos
1 de 4
Tipos de micose nos pés - com fotos

Voltar ao topo da página