Bem-estar geral

Cuidados com idosos em casa: mais conforto e independência

Por Equipe de redação do ONsalus. 18 novembro 2023
Cuidados com idosos em casa: mais conforto e independência

Cuidar de nossos idosos é, sem dúvida, uma das questões que mais nos preocupam, especialmente quando eles requerem cuidados especiais e não temos o tempo necessário para prestá-los. Entretanto, ao contrário do que muitos podem pensar, a residência permanente não é a única solução disponível, pois hoje em dia temos várias alternativas às quais podemos recorrer antes de chegar a essa última medida.

Além disso, foi demonstrado que as pessoas que conseguem ficar em casa tendem a ter uma vida muito mais plena e feliz. É por isso que empresas especializadas em atendimento domiciliar para idosos se posicionam como uma das melhores alternativas para cuidar de idosos dependentes. Para isso, contam com os melhores cuidadores domiciliares e oferecem planos que se adaptam perfeitamente às necessidades de cada cliente.

Índice

  1. Ficar em casa: um desejo comum
  2. Qualidade de vida em casa
  3. Promove a autonomia
  4. Suporte familiar

Ficar em casa: um desejo comum

Para muitos idosos, inclusive aqueles em situação de dependência, a casa representa um refúgio de conforto e familiaridade. Em um ambiente doméstico onde se sentem mais confortáveis e felizes, é muito mais fácil para eles manterem suas rotinas diárias, cercados de lembranças e entes queridos. Isso pode ter um impacto positivo em seu bem-estar emocional e mental, o que também contribui para uma expectativa de vida muito mais longa.

Embora morar em uma casa de repouso possa ser uma solução em certos casos e em certos momentos, é sempre aconselhável explorar opções intermediárias que, para a grande maioria, os deixam muito mais felizes. Nesse caso, o atendimento domiciliar especializado se traduz em vários benefícios, tanto mentais quanto físicos e, é claro, emocionais.

Abaixo, compartilhamos alguns dos mais notáveis:

Qualidade de vida em casa

A qualidade de vida de pessoas idosas e dependentes é um aspecto fundamental. E, sem dúvida, estar em casa permite maior personalização dos cuidados e adaptação às preferências individuais do idoso sob os cuidados de um profissional. Isso inclui desde o preparo de refeições caseiras e a manutenção de horários até a participação em atividades significativas, o que contribui para uma vida mais plena e longa.

Promove a autonomia

A permanência em casa também promove a autonomia de idosos e pessoas dependentes. Isso é possível, entre outras coisas, por meio de terapias de reabilitação, exercícios específicos e adaptações em casa. Os cuidadores profissionais contribuem ativamente para manter ou melhorar a independência da pessoa cuidada.

Suporte familiar

Além de beneficiar a pessoa que está sendo cuidada, o atendimento domiciliar também alivia a carga dos familiares. Os entes queridos podem se sentir mais à vontade sabendo que seus parentes estão sendo cuidados por profissionais qualificados. Isso reduz o estresse e permite que os membros da família desfrutem de um relacionamento mais enriquecedor com seus entes queridos.

O fato de manter os idosos em casa não significa que eles devam ficar sozinhos ou sem apoio. Os cuidadores profissionais desempenham um papel essencial nesse contexto, pois são profissionais altamente qualificados que oferecem cuidados personalizados que vão além dos cuidados físicos. Eles também oferecem companhia, apoio emocional e supervisão constante, garantindo que a pessoa cuidada esteja segura, confortável e feliz por permanecer em casa, em seu ambiente seguro.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Cuidados com idosos em casa: mais conforto e independência, recomendamos que entre na nossa categoria de Bem-estar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Cuidados com idosos em casa: mais conforto e independência