Partilhar

Sudorese noturna: causas e tratamentos

 
Por Redação ONSalus. 21 outubro 2020
Sudorese noturna: causas e tratamentos

O suor é uma reação normal e necessária no nosso organismo, neste processo os vasos sanguíneos da pele se dilatam e nosso corpo o utiliza como forma de equilibrar a temperatura corporal. Embora existam situações ou atividades em nosso cotidiano que nos façam suar, o suor noturno é um transtorno que os pesquisadores não conseguiram atribuir a uma causa específica, mas sim a uma série de fatores e condições médicas que poderiam estar causando esta alteração. Neste post do ONsalus explicamos as causas do sudorese noturna (suor noturno) e o que pode ser feito para tratá-la.

Também lhe pode interessar: Fósforo alto: causas e tratamento

Sudorese noturna

As causas do suor noturno podem ir desde a mais óbvia, até a mais complicada. Em alguns casos pode ser devido a um desajuste na temperatura do ambiente ou estar com alguma doença. O suor noturno vai além de uma simples alteração da temperatura corporal, podendo causar oscilações no sono, já que em alguns casos a pessoa precisa se levantar para trocar de roupa no meio da noite por causa da quantidade de suor produzida.

Algumas causas do suor noturno são:

  • Temperatura do ambiente: dormir muito agasalhado pode ser a primeira causa do suor noturno, dormir com aquecedores ligados ou, inclusive, se há muita umidade no ambiente
  • Gripe: suar é a reação natural do nosso corpo quando existe uma infecção e sua duração é curta.
  • Alimentação: comer alimentos muito condimentados ou picantes antes de dormir pode nos fazer suar a noite.
  • Mudanças hormonais: geralmente associadas aos sintomas da menopausa, devido à diminuição na produção de estrógeno, apresentando ondas de calor no corpo ao longo da noite.
  • Causas psíquicas: como ter pesadelos, crises de ansiedade ou transtornos do sono.
  • Apneia do sono
  • Bebidas alcoólicas: seu consumo antes de ir a dormir provoca alterações no sono, assim como dores de cabeça e suor noturno.

Outras causas do suor noturno

As seguintes causas são para condições e doenças muito mais específicas, consulte seu médico caso tenha algumas das seguintes condições e tem apresentado suor noturno:

  • Infecções: sobretudo doenças como a tuberculose, malária ou pessoas com HIV.
  • Hipoglicemia: foi comprovado que os baixos níveis de açúcar no sangue causam o suor noturno por causa da liberação de hormônios como a adrenalina e noradrenalina.
  • Doenças autoimunes: como a lúpus, a doença de Crohn, hipertireoidismo ou artrite reumatoide.
  • Doenças neurológicas: a esclerose múltipla, derrames ou epilepsia.
  • Hipertireoidismo: um dos sintomas da produção em excesso do hormônio da tireoide é o suor na metade da noite.
  • Medicamentos: sobretudo os receitados para tratar o ritmo cardíaco, já que dilatam os vasos sanguíneos da pele, permitindo a sudoração, assim como os medicamentos para baixar a febre e os antidepressivos.
  • Alguns cânceres: como a leucemia e os linfomas Hodgkin e não Hodgkin.
  • Hiperhidrose idiopática: esta alteração genética se manifesta durante a infância ou a adolescência e está relacionada com alterações endócrinas e metabólicas, na qual é produzido o suor em excesso, sendo mais frequente durante a noite.
Sudorese noturna: causas e tratamentos - Outras causas do suor noturno

Medidas preventivas contra os suores noturnos

Embora as causas que derivam de doenças específicas não possam ser evitadas até que sejam diagnosticadas e tratadas por um especialista, tomar algumas medidas a respeito dos elementos externos que as causam nos ajudará a reduzir os suores noturnos. Algumas destas são:

  • Não consumir grandes quantidades de alimentos antes de dormir
  • Praticar atividades físicas diariamente
  • Evitar o consumo de cigarros
  • Diminuir o consumo de álcool e outras substâncias
  • Manter a pressão arterial controlada
  • Evitar consumir muitas especiarias ou alimentos picantes
  • Ventilar o quarto antes de ir dormir

Tratamento e outros remédios para a sudorese noturna

Embora o tratamento para o suor noturno dependerá do tipo de doença que você apresentar, existem alguns remédios caseiros que podem te ajudar a melhorar outros dos sintomas, como a insônia, as ondas de calor ou a ansiedade. A seguir te mostramos algumas opções:

  • Sálvia: permite regular a temperatura corporal, ajudando a reduzir o suor noturno. Você pode tomá-la tanto como comprimido, a venda em lojas de produtos naturais, quanto como chá, fervendo as folhas secas.
  • Chá de trevo vermelho: esta planta alivia as ondas de calor no corpo, já que possui isoflavonas, as quais após serem ingeridas se tornam em um hormônio similar aos estrógenos. Ferva 3 colheres de sopa de flores secas em meio litro d'água, deixe descansar por 10 minutos. Coe e beba-a duas vezes ao dia.
  • Menta: possui propriedades que melhoram a circulação e acalmam os nervos. Prepare um chá com uma colher de chá de folhas secas em uma xícara de água.
Sudorese noturna: causas e tratamentos - Tratamento e outros remédios para a sudorese noturna

Quando consultar um médico/a?

Se você sofre de sudorese noturna frequente deve consultar um médico ou médica o quanto antes. Como vimos, este transtorno pode ser causado por elementos externos de fácil solução, contudo caso se trate de uma doença específica, é melhor que seja diagnosticada a tempo, pois assim você evitará possíveis complicações.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sudorese noturna: causas e tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Bem-estar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Sudorese noturna: causas e tratamentos
1 de 3
Sudorese noturna: causas e tratamentos

Voltar ao topo da página