Partilhar

Sintomas da menopausa

 
Por Nídia do Carmo, Editora e redatora ONsalus. Atualizado: 14 março 2018
Sintomas da menopausa

A menopausa surge no momento em que os períodos menstruais de uma mulher terminam de forma permanente. Esse término é provocado pelo envelhecimento gradual dos ovários que, por esse motivo, produzem uma quantidade menor de hormônios femininos como estrogênio e progesterona. Esta etapa costuma aparecer por volta dos 50 anos, mas varia de mulher para mulher. Quando ocorre antes dos 45 anos, é chamada de menopausa precoce e, quando surge depois dos 55 anos, de menopausa tardia. O decréscimo hormonal que se produz implica uma série de mudanças no corpo feminino, assim como o aparecimento de certos sintomas que afetam a mulher a nível físico e emocional. Para que você saiba como identificar estes sinais, este artigo do ONsalus indica os sintomas da menopausa, assim como algumas boas recomendações para aliviá-los.

Também lhe pode interessar: Menopausa precoce - Causas e sintomas!

Mudanças no ciclo menstrual

Antes da menopausa, o período de mudanças no corpo feminino provocadas pelas flutuações hormonais produzidas é conhecido como perimenopausa, podendo durar desde vários meses até anos, variando em cada caso. É neste período que se começam a notar mudanças relevantes na menstruação, já que é interrompida mas acaba voltando em algumas ocasiões.

As alterações do ciclo menstrual são o primeiro sintoma que se apresenta antes da chegada da menopausa - é provável que os sangramentos não sejam tão regulares, que sejam menos frequentes e que o fluxo seja mais ou menos abundante. Embora estas modificações sejam normais, você deve ficar atenta e consultar o seu ginecologista o mais rápido possível caso:

  • Os períodos menstruais ocorram de forma muito próxima entre eles.
  • O fluxo seja demasiado abundante.
  • Ocorram sangramentos anormais entre menstruações.
  • O período dure mais do que 1 semana.
Sintomas da menopausa - Mudanças no ciclo menstrual

Fogachos e suores

Sofrer de fogachos (ou afrontamentos) e suores intensos é um dos sintomas da menopausa mais comuns e precoces. Eles surgem como consequência da diminuição de estrógenos, o que faz com que a temperatura corporal suba consideravelmente. São mais frequentes durante a noite e a mulher costuma experienciar uma grande sensação de calor que sobe desde o tórax até ao pescoço e ao rosto, além de outros sintomas como vermelhidão da pele, tonturas ou dores de cabeça.

Caso você sofra de afrontamentos intensos, é essencial consultar o médico e seguir as recomendações seguintes:

  • Manter o frescor com roupa leve;
  • Ter sempre água fria por perto;
  • Evitar situações estressantes;
  • Reduzir a temperatura do cômodo;
  • Tomar banhos de água morna antes de dormir;
  • Optar por lençóis de algodão;
  • Não consumir alimentos gordurosos;
  • Evitar bebidas alcoólicas, cafeína e tabaco;
  • Não consumir refeições ou bebidas quentes;
  • Não tomar banhos quentes;
  • Evitar climas muito quentes.
Sintomas da menopausa - Fogachos e suores

Falta de cálcio

A decréscimo de massa óssea acelera e é mais notório durante a etapa da menopausa. Também é provocado pela diminuição dos níveis de estrógenos, já que são muito importantes para manter os ossos fortes e saudáveis. Como os ossos ficam mais frágeis e debilitados, as mulheres menopáusicas correm um risco maior de sofrer de osteoporose. É por isso que é essencial manter bons níveis de cálcio no organismo.

Recomendamos que você consulte um médico para saber qual é a densidade dos seus ossos e seguir as indicações para prevenir ou tratar a osteoporose. É possível que sejam recomendados suplementos de cálcio ou que você aumente o consumo de alimentos ricos em cálcio na sua dieta diária.

Sintomas da menopausa - Falta de cálcio

Problemas no trato urinário

A diminuição de estrógenos faz com que os músculos da bexiga enfraqueçam e, por esse motivo, é possível que a mulher menopáusica tenha problemas em controlar a emissão de urina. Surge, então, a incontinência urinária de esforço, ou seja, uma vontade incontrolável de urinar e micções involuntárias ao fazer determinados esforços como rir, tossir, espirrar, subir escadas, correr, etc. Além disso, também é possível experienciar uma necessidade imperiosa de urinar com muita frequência ou sentir ardor durante a micção.

Perante este tipo de problemas, é essencial falar com o médico para ver se é necessário receber algum tipo de tratamento que ajude a recuperar o controlo da bexiga.

Aumento de peso

O défice hormonal de estrógeno e progesterona também implica uma tendência para acumular gordura e perder massa muscular, algo que se acentua mais à medida que a idade avança. isto faz com que muitas mulheres aumentem de peso e ganhem volume durante a menopausa. Já foi confirmado que o peso corporal aumenta entre 5 e 10 kg.

Durante esta etapa, é imprescindível ter uma dieta equilibrada e saudável para manter o peso controlado, rica em verduras, frutas e cereais integrais. O consumo de gorduras saturadas, açúcar, sal e álcool devem ser evitados e é necessário beber muita água para evitar a retenção de líquidos, assim como praticar atividade física moderada. Caso você sofra de excesso de peso, recomendamos que você consulte um nutricionista para que ele crie uma dieta e um plano de emagrecimento personalizado.

Sintomas da menopausa - Aumento de peso

Secura vaginal e perda do desejo sexual

A menopausa também pode implicar mudanças relevantes na saúde íntima, provocando secura vaginal com frequência. Esta condição é fruto das mudanças hormonais e de um estreitamento e perda de elasticidade das paredes vaginais, o que faz com que produzam uma quantidade menor de líquido lubrificante natural. Por este motivo, é habitual que as mulheres sintam dor durante o ato sexual, já que tanto a estimulação manual como a penetração podem ser bastante incômodas e dolorosas.

Para tratar a secura vaginal, recomendamos o uso de lubrificantes à base de água durante as relações sexuais e a aplicação de loções hidratantes íntimas. Além disso, você deve evitar produtos que irritem a zona íntima e consultar o médico para ver se é necessário administrar algum tratamento vaginal com estrógeno.

Além da secura vaginal, a libido e o apetite sexual também podem ser reduzidos durante o climatério.

Sintomas da menopausa - Secura vaginal e perda do desejo sexual

Fadiga e distúrbios do sono

É normal que as mulheres menopáusicas tenham dificuldades em conciliar o sono e descansar bem durante toda a noite. Isso acontece, principalmente, graças à diminuição de progesterona, a hormona que estimula e favorece o sono. Os fogachos e suores noturnos que afetam muitas mulheres também afetam negativamente a qualidade do sono, fazendo com que a mulher desperte com o incômodo e tenha de adormecer de novo.

Tudo isso contribui para o aparecimento de fadiga e de um cansaço generalizado durante o dia que pode dificultar o desempenho das tarefas cotidianas, além de limitar a capacidade de concentração.

Sintomas da menopausa - Fadiga e distúrbios do sono

Alterações psicológicas

Depressão, tristeza, nervosismo, irritabilidade, frustração, etc., são alguns dos estados emocionais mais frequentes que as mulheres sofrem durante a menopausa. As mudanças no humor são comuns e os altos e baixos emocionais provocados pelas mudanças corporais que ocorrem no corpo afetam a química do cérebro.

Para melhorar a situação e evitar este tipo de alterações psicológicas, recomendamos que você se afaste de potenciais fontes de estresse, que descanse adequadamente, que pratique exercício físico, que aprenda técnicas de relaxamento e meditação e que fale das suas emoções com familiares, amigos ou, se necessário, com um terapeuta.

Sintomas da menopausa - Alterações psicológicas

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sintomas da menopausa, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário sobre Sintomas da menopausa

O que lhe pareceu o artigo?

Sintomas da menopausa
1 de 8
Sintomas da menopausa

Voltar ao topo da página