menu
Partilhar

Alimentos que aumentam o estrogênio

 
Por Redação ONSalus. 15 março 2021
Alimentos que aumentam o estrogênio

Embora os estrogênios sejam conhecidos como os hormônios femininos, eles também estão presentes nos homens e ambos os sexos precisam de uma quantidade adequada para continuarem saudáveis. No entanto, para as mulheres, este hormônio é muito mais importante, pois é necessário não somente para a fertilidade, mas também para regular o ciclo menstrual e garantir nosso bem-estar em algumas etapas da vida, como nas semanas posteriores ao parto ou durante a menopausa, quando os níveis de estrógenos caem significativamente.

Caso você não conte com a quantidade necessária destes hormônios, o risco de sofrer de osteoporose aumenta consideravelmente. Além disso, o coração, os músculos, ossos e a pele precisam de estrógenos para funcionarem perfeitamente. A boa notícia é que este hormônio pode ser adquirido de forma natural, é por isso que no ONsalus te revelaremos os diferentes alimentos que aumentam o estrógênio, para que assim os adicione em sua alimentação e garanta seu bem-estar geral.

Também lhe pode interessar: Para que serve a pirâmide alimentar

Sementes de linhaça

O ideal é obter estrógenos a partir de fitoestrógenos, que são compostos químicos presentes nos vegetais e que são similares ao estrógeno produzido pelo nosso corpo, por isso nosso organismo conseguirá transformá-los neste hormônio. As sementes de linhaça não somente têm um alto valor nutricional, como também fornecem muitos fitoestrógenos, sendo que é aconselhável triturá-las antes de serem consumidas, a fim de absorver a maior quantidade possível deste componente.

Além de ser rico em ômega 3 e fibra, a linhaça pode aumentar o número de transportadores de estrógeno. Estas sementes são recomendadas não somente para o aumento dos estrógenos, mas também para outras doenças, como o sobrepeso, diabetes, esclerose múltipla, mal funcionamento glandular, doenças cardíacas, entre outras.

Para consumi-las, sempre é preciso triturá-las e, logo em seguida, misturá-las com iogurte, aveia, sopas, saladas, etc.. Além disso, você pode consumir outros produtos que contenham sementes de linhaça, como biscoitos, pães e cereais. Recomenda-se comer 25 gramas destas ao dia. É imprescindível consultar um especialista antes de consumi-las, uma vez que caso coma elas de forma exagerada, pode acabar tendo efeitos colaterais como dor de barriga, náuseas, diarreia, inchaço ou obstrução no trato digestivo.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Sementes de linhaça

Soja em grão

Entre todos os alimentos que aumentam o estrogênio, a soja é uma das fontes mais ricas de fitoestrógenos e, portanto, uma das opções que mais aumentam o estrógeno.

Além de sua grande contribuição com o fornecimento dos hormônios femininos, a soja ajuda a controlar o colesterol, protege contra alguns tumores, é rica em vitaminas, minerais e lecitina, também alivia os sintomas da menopausa e estimula a concentração e o aprendizado. Pode ser consumida na forma de grãos, que devem ser cozidos, como qualquer outro legume, sendo perfeitos para saladas, sopas e guisados. Também pode ser usada no preparo de bolos, graças à farinha e ao leite de soja, e ainda pode ser consumida indiretamente através de outros alimentos, como o tofu, o tempeh e o missô.

É importante não consumi-la em excesso, já que pode gerar o contrário do que estamos procurando e afetar a saúde, por isso é aconselhável consultar um especialista para que ele aprove sua nova alimentação e forneça uma dieta adequada.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Soja em grão

Feijões e leguminosas

O grão-de-bico, as ervilhas e os feijões são outros dos alimentos que aumentam os estrógenos, já que são ricos em flavonoides, como os fitoestrógenos, por isso que é essencial adicioná-los na nossa alimentação, garantindo desta forma um fornecimento adequado dos mesmos ao organismo.

Estes alimentos, além de favorecerem o aumento dos hormônios femininos no corpo, ajudam nos casos de colesterol e diabetes. Embora possam ser consumidos de qualquer forma para obter seus benefícios, é recomendado deixá-los de molhos antes de cozinhá-los, consumi-los junto de alimentos ricos em vitamina C e evitar o uso de condimentos artificiais.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Feijões e leguminosas

Beterraba, cenoura, pepino e berinjela

Muitas verduras podem inibir o hormônio, mas a beterraba, cenoura, pepino, e as berinjelas são parte dos alimentos que aumentam o estrogênio. Além disso, ajudam a diminuir a pressão arterial, combatem a inflamação, contêm propriedades anticancerígenas, favorecem a desintoxicação e contêm valiosos nutrientes e fibras.

Você pode consumir cenoura e pepinos crus em uma deliciosa salada, beterraba cozida ou ralada, também em saladas, e berinjela salteada ou recheada com atum ou carne. As opções para adicionar estes alimentos a sua dieta são muitas, por isso aproveite-as e tenha mais saúde.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Beterraba, cenoura, pepino e berinjela

Nozes

As nozes são ricas em nutrientes e, além disso, ajudam a aumentar os estrógenos, trazem outros benefícios como seu poder antioxidante, a capacidade de nivelar a insulina no corpo, sua propriedade para combater o câncer, controlar o peso e manter o coração e a mente saudáveis.

É recomendado consumir 75 gramas por dia, é possível colocá-las em saladas, utilizar como complemento em diversos pratos, comê-las como lanche entre as principais refeições, misturá-las com laticínios ou preparar diferentes sobremesas com elas.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Nozes

Morango, maçã, mamão e ameixa

Estas frutas ajudam a reduzir os sintomas da menopausa, além de serem excelentes fontes de vitaminas A e C, antioxidantes e fornecer fibras, potássio e cálcio para nosso corpo.

É aconselhado comer de 6 a 10 morangos em jejum por dia ou fazer suco com eles. Em relação a maçã, é possível comê-las entre as refeições e utilizar vinagre de maçã, uma opção repleta de benefícios para nossa saúde, em nossos alimentos. O mamão pode ser consumido em uma salada de frutas ou em sucos diariamente, assim como as ameixas, ambas fornecem fibras e são adequadas para garantir um maior bem-estar gástrico.

Incluir estes alimentos em sua alimentação te ajudará a ter uma melhor qualidade de vida, não somente nas fases da vida em que os estrógenos costumam diminuir, mas para sempre. Apesar disso, não esqueça da importância de consultar seu médico para saber se seus níveis de estrógenos estão baixos e procure um tratamento adequado para regulá-los, assim como para melhorar os sintomas desta condição.

Alimentos que aumentam o estrogênio - Morango, maçã, mamão e ameixa

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Alimentos que aumentam o estrogênio, recomendamos que entre na nossa categoria de Alimentação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Alimentos que aumentam o estrogênio
1 de 7
Alimentos que aumentam o estrogênio

Voltar ao topo da página