Partilhar

Dedo polegar mexendo sozinho: causas

Por Nelson Ferreira, Editor e redator ONsalus. 18 outubro 2018
Dedo polegar mexendo sozinho: causas

Os espasmos no dedo polegar consistem em uma contração involuntária dos músculos de forma contínua. Quando os nervos conectados aos músculos do polegar se irritam, surge um espasmo. Existem várias causas que podem dar origem a este problema, como uma tensão muscular de menor importância, a ingestão excessiva de cafeína, como efeito colateral de um medicamento ou até por desidratação. Muitas vezes, ocorre durante um curto período de tempo, no entanto, os espasmos crônicos do polegar podem ser um sintoma de um problema mais grave. No seguinte artigo do ONsalus, explicamos quais são as causas do dedo polegar mexendo sozinho.

Também lhe pode interessar: Pernas dormentes: causas e soluções

Lesão por movimentos repetitivos

Uma das causas mais comuns dos espasmos no dedo polegar é uma lesão prévia que está provocando essa contração involuntária contínua e persistente.

Este tipo de lesões costuma acontecer quando praticamos um exercício excessivo ou usamos o dedo polegar em uma atividade de forma prolongada e repetitiva. Como consequência, podem surgir fasciculações do dedo polegar, movimentos finos incontroláveis de um grupo muscular que apenas está abastecido por uma fibra nervosa motora.

Neste caso, se recomenda consultar um médico ou neurologista para fazer os exames oportunos e iniciar o tratamento mais adequado.

Dedo polegar tremendo: Síndrome do túnel do carpo

O síndrome do túnel do carpo é outra das possíveis causas dos espasmos no dedo polegar. Quando se sofre desta condição, existe uma pressão excessiva do nervo mediano no pulso, o qual favorece a sensibilidade e o movimento de diversas partes da mão.

Entre os sintomas mais frequentes do síndrome do túnel do carpo encontra-se a debilidade, o dano muscular nos dedos e na mão, o formigamento e a dormência. É muito comum nas pessoas que utilizam constantemente as suas mãos para trabalhar, embora existam uma série de fatores de risco que podem aumentar as probabilidades de sofrer desta condição como, por exemplo, ter sofrido fraturas ou lesões no pulso, obesidade, artrite, acumulação de líquidos no corpo, consumo de álcool, etc.

Dedo polegar mexendo sozinho: causas - Dedo polegar tremendo: Síndrome do túnel do carpo

Dedo se mexendo sozinho: deficiência nutricional

Em outras casos, os espasmos e cãibras no dedo polegar podem estar associados a determinadas deficiências nutricionais no organismo, como por exemplo:

  • Hipomagnesemia: deficiência de magnésio.
  • Hipocalcemia: deficiência de cálcio.
  • Hiperfosfatemia: excesso de fósforo.

A falta ou o excesso destes nutrientes podem causar um desequilíbrio nos níveis de eletrólitos do corpo, dando lugar, por conseguinte, ao padecimento de espasmos no dedo polegar, ou seja, observar o seu dedo polegar mexendo sozinho.

Movimento involuntário do dedo polegar: desidratação

A desidratação do organismo também pode ser uma possível causa de dedo polegar mexendo sozinho. Isto acontece porque os músculos necessitam de água para funcionar e a deficiência de água e/ou líquidos faz com que os músculos se irritem, o que provoca espasmos e faz com que você sinta o seu dedo tremendo sozinho.

Por outro lado, o consumo excessivo de cafeína também pode originar espasmos musculares temporários que também podem afetar o dedo polegar.

Dedo polegar mexendo sozinho: causas - Movimento involuntário do dedo polegar: desidratação

Dedo tremendo sozinho: efeito colateral de medicamentos

Em outros casos, o dedo polegar mexendo sozinho pode ser um efeito colateral do consumo de algum tipo de fármaco. Entre os medicamentos que podem causar estes espasmos no dedo polegar, encontram-se o estrogênio, os corticoides e os diuréticos.

Perante este caso, recomendamos que você consulte o médico sobre a possibilidade de modificar o tratamento a seguir ou as medidas que se devem adotar para evitar esta situação.

Dedo mexendo sozinho: condições neurológicas

Por outro lado, existe uma série de padecimentos neurológicos que também podem provocar dedo polegar mexendo sozinho. Entre eles, encontram-se os que listamos em seguida:

  • Distrofia muscular
  • Esclerose lateral amiotrófica (ELA)
  • Atrofia muscular espinal
  • Miopatia ou músculos débeis
  • Dano no nervo que leva ao músculo
  • Parkinson

De todas as formas, quando se sofrem espasmos no dedo polegar de forma continuada, repetitiva ou prolongada, devemos prestar atenção a estes sintomas e agendar uma consulta médica para que, desse modo, a causa subjacente possa ser diagnosticada e se inicie o tratamento mais adequado para o seu caso.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dedo polegar mexendo sozinho: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Cérebro e nervos.

Escrever comentário sobre Dedo polegar mexendo sozinho: causas

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Silvano Sales
Qual exame devo fazer? Porque achei que meu dedo estava ficando doido!

Dedo polegar mexendo sozinho: causas
1 de 3
Dedo polegar mexendo sozinho: causas

Voltar ao topo da página