Partilhar

Dieta para pielonefrite aguda

 
Nicolas Garin
Redator ONsalus
Dieta para pielonefrite aguda

A pielonefrite é uma infecção que afeta o trato urinário superior e é provocada por germes que sobem através dos ureteres, condutos que ligam os rins à bexiga. Esta alteração pode ter consequências bastantes graves se não for detectada a tempo e não receber o tratamento correto antes que a mesma avance. Logo, é indispensável consultar um profissional assim que surjam um ou mais sintomas desta doença.

A pielonefrite é uma das patologias que afetam os rins mais comuns e, para além de exigir tratamento médico com os medicamentos correspondentes, é essenvcial apostar numa dieta equilibrada para ajudar a eliminar os sintomas. É por isso que, nesse artigo do ONsalus, detalhamos uma dieta para pielonefrite aguda.

Também lhe pode interessar: Pielonefrite: Sintomas, tratamento e causas

Pielonefrite aguda: sintomas e causas

A doença designada por pielonefrite, ocorre com frequência em pessoas que já sofreram de cistite - uma infecção no trato urinário - que não foi tratada de forma correta ou resistiu ao tratamento indicado pelos especialistas. Além disso, as pessoas que correm mais risco de padecer incluem gestantes, diabéticos ou pessoas que sofrem de outra patologia que diminui a função do sistema imunológico. Muitas vezes, a pielonefrite é causada por uma bactéria gram negativa conhecida como Escherichia coli.

Sintomas de pielonefrite

Pelo fato de esta infecção urinária alta poder provocar complicações graves, é importante saber detectar a sintomatologia que produz e assim ir o mais rapidamente possível a um centro de saúde para realizar o tratamento. Entre os sintomas mais comuns da pielonefrite aguda estão:

  • Dor ou ardência ao urinar;
  • Vontade sistemática de urinar e fazer em pequenas quantidades;
  • Taquicardia;
  • Calafrios ou febre que excede os 38ºC;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia;
  • Dores no fundo das costas ou de lado e no abdômen.
Dieta para pielonefrite aguda - Pielonefrite aguda: sintomas e causas

O que é bom para infecção urinária - alimentos

Uma boa conduta nutricional para pielonefrite aguda implica uma eliminação quase total do sal, já que o limite é entre 3 e 5 gramas por dia. No entanto, o ideal é deixar totalmente, principalmente para aqueles pacientes que sofrem de forma idiopática desta patologia, isto é, sem causa aparente. Livrar-se deste condimento pode ajudar a reduzir o inchaço de forma considerável e a aliviar a pressão do fluxo da urina, para que seja parcialmente restaurado.

Ao mesmo tempo, é muito importante que as pessoas que sofrem deste tipo de doença reduzam a quantidade de proteína que ingerem, pelo fato de o limite ser de 15 gramas diárias. Contudo, é preferível deixar de consumir alimentos proteicos na sua totalidade. É por estas razões que se recomenda que você inclua os seguintes alimentos na sua dieta:

  • Cítricos, de preferência no café da manhã;
  • Alho;
  • Cereais integrais;
  • Leite vegetal;
  • Vegetais crus;
  • Água mineral;
  • Fruta (sem outros alimentos);
  • Óleos vegetais;
  • Sementes;
  • Legumes.
Dieta para pielonefrite aguda - O que é bom para infecção urinária - alimentos

Pielonefrite aguda: alimentos a evitar

Por se tratar de uma infecção no trato urinário superior, a pielonefrite pode impedir que os resíduos e toxinas de alguns alimentos sejam expulsos corretamente através da urina, fazendo com que se acumulem no corpo e prejudicando ainda mais esta patologia e o estado de saúde geral do paciente. Assim sendo, é importante conhecer os alimentos que devem ser evitados pelos pacientes com pielonefrite e alguns deles são:

  • Açúcares;
  • Farinhas refinadas;
  • Fritos;
  • Ovo;
  • Todos os embutidos;
  • Óleos refinados;
  • Produtos lácteos derivados da vaca;
  • Carnes vermelhas;
  • Chocolate;
  • Fast-food (comidas rápidas);
  • Alimentos com demasiado sal como o peixe defumado;
  • Vinagre;
  • Pimentas e alimentos picantes.

Dieta para infecção urinária no trato urinário alto

A melhor dieta para a pielonefrite aguda deve ser indicada por um especialista após examinar o seu estado de saúde geral. Depois disso, ele elaborará um plano nutricional que oferece todos os nutrientes que você precisa e que promova a redução dos sintomas da condição. Tendo isso em mente, em seguida explicamos como integrar estas recomendações nas refeições diárias de quem sofre de pielonefrite aguda:

  • Café da manhã: para a primeira refeição, você pode escolher entre uma vitamina de frutas, uma peça de fruta natural, verduras cozidas, sopa de legumes, pão sem sal, puré de batata, queijo e chá;
  • Lanche da manhã: coma de forma mais ligeira, por exemplo uma salada de couve-flor, um iogurte, um chá suave ou mingau de trigo sarraceno;
  • Almoço: algumas opções para esta refeição principal incluem sopa de legumes com puré de batata e uma gelatina de frutas sem açúcar, massa, compota de frutas ou peito de frango assado coberto com molho de cogumelos;
  • Lanche da tarde: você pode optar por comer cereais, iogurte, batatas no forno ou um pastel de queijo e água mineral;
  • Jantar: entre as alternativas para terminar o seu guia estão os legumes com um pouco de óleo vegetal, queijo cottage, cenoura ralada e chá.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dieta para pielonefrite aguda, recomendamos que entre na nossa categoria de Rins e sistema urinário.

Escrever comentário sobre Dieta para pielonefrite aguda

O que lhe pareceu o artigo?

Dieta para pielonefrite aguda
1 de 3
Dieta para pielonefrite aguda

Voltar ao topo da página