Partilhar

Dor na mama esquerda: causas e tratamento

Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. Atualizado: 4 abril 2019
Dor na mama esquerda: causas e tratamento

Você sente dor na mama esquerda? Sua menstruação não desce está preocupada de que seja algo ruim? Muitas consultas médicas estão relacionadas com a dor, uma delas é a que surge na região mamária, isto é, em algum dos seios e que não costuma estar relacionada com o ciclo menstrual. Este tipo de dor causa bastante preocupação, uma vez que pode estar associado a condições graves.

O tratamento utilizado dependerá da causa e sintomas relacionados. O termo médico correto é mastalgia e este define a dor nas mamas. Para saber mais informações sobre este tema, continue lendo este artigo do ONsalus onde falaremos sobre a dor na mama esquerda: causas e tratamento.

Dor na mama esquerda: causas mais comuns

A dor nas mamas, definida medicamente como mastalgia, é uma condição comum em consultas médicas do ginecologista. A preocupação mais comum nas mulheres que vão a uma avaliação médica é em relação ao risco de ter câncer de mama.

A mastalgia pode acontecer de forma bilateral ou unilateral: a primeira consiste na dor em ambas as mamas ou seios e costuma ser comum na tensão pré-menstrual, na qual existe dor em ambos os seios. Geralmente, este incômodo é definido como mastalgia cíclica, uma vez terminado o ciclo menstrual a dor desaparece.

Por outro lado, a mastalgia unilateral, que é o tema a ser tratado neste artigo, tem como característica particular não estar relacionada com a menstruação, sendo conhecida como mastalgia não cíclica. Mas então, nos fazemos esta simples pergunta: quais são as causas comuns da dor na mama esquerda?

É comum que esta dor esteja relacionada com condições nos tendões e tecidos e, em tais casos, quando o médico examinar o seio, a dor pode se intensificar. A dor no seio que não corresponde à que ocorre durante os ciclos menstruais afeta 31% das mulheres atendidas por mastalgia de acordo com a Sociedade Iberoamericana de Informação Científica.

As causas mais frequentes da dor na mama esquerda são:

  • Estrutura das mamas: um motivo frequente para que surja a dor no seio esquerdo é como resultado das mudanças que acontecem na glândula mamária ou no conduto mamário, trazendo consigo o desenvolvimento de cistos mamários.
  • Traumatismo: uma pancada no seio esquerdo pode gerar dor na área.
  • Cisto mamário: esta condição também é frequente quando existe dor em apenas um seio, é comum em mulheres com idades entre 35 e 50 anos. No começo, podem ser sentidos com o autoexame das mamas, sendo este o motivo para se ir ao médico. Estes cistos nada mais são que pequenas bolsas contendo líquido que estão localizadas no interior da mama, de forma completamente inofensiva. Embora sua causa não seja completamente definida, tem sido proposto que está relacionada a um desequilíbrio hormonal. Quanto maior o tamanho, maior é a dor, devido à pressão que exerce sobre os tecidos circundantes.
  • Abscesso mamário: uma condição comum em pacientes diabéticas ou com problemas no sistema imunológico que consiste em uma bolsa de pus formada após uma infecção bacteriana. Além da dor, pode provocar vermelhidão na mama, com aumento de volume e calor, sendo provável que também apresente febre se a infecção avançou. É comum que haja saída de secreção purulenta (pus) através do mamilo.
Dor na mama esquerda: causas e tratamento - Dor na mama esquerda: causas mais comuns

Outras possíveis causas da mastalgia ou dor na mama esquerda

Por outro lado, é possível associar outras causas à presença de dor na mama esquerda:

  • Mastite: esta condição é comum em mulheres em período de amamentação, nada mais é que a inflamação de uma das mamas como consequência do acúmulo de leite ou devido à uma infecção bacteriana. Além da dor característica da mastite, pode haver inflamação, vermelhidão, calor ao tocar a mama, dor muscular e cansaço. É uma das causas mais prováveis da sensação de dor e queimação na mama esquerda.
  • Fibroadenoma: esta é outra causa da dor em um dos seios, nada mais é que nódulos benignos comuns em mulheres jovens com idade entre 35 e 55 anos. Eles chegam a ser dolorosos quando aumentam de tamanho e são comprimidos pelo sutiã ou ao dormir de barriga para baixo.
  • Necrose gordurosa: isto se trata apenas da presença de uma espécie de nódulo de célula de gordura morta produto de uma pancada, ferida ou produto de uma intervenção cirúrgica. Este fenômeno, embora raro, é benigno e gera dor no seio afetado, além de ser possível observar vermelhidão, inflamação e pele inchada. Costuma ser comum em mulheres com seios grandes.
  • Costocondrite: embora não seja uma condição específica do seio, é um transtorno doloroso que afeta a parede do tórax e aparece quando há inflamação da cartilagem que conecta as costelas ao esterno. Apesar da dor começar na parede do tórax, ela pode se estender até a mama, confundido-a com alguma condição própria do seio. Esta dor na costela esquerda debaixo da mama pode aumentar em intensidade ao espirrar e ao fazer movimentos rápidos e exercícios.
  • Mamas muito grandes: por si só também pode causar dor em apenas um seio, isto acontece devido ao estiramento do ligamento de Cooper causado pelo peso dos seios. Este ligamento é encarregado de dar suporte às mamas.
  • Ectasia ductal: esta é uma condição similar à mastite. Ocorre quando há dilatação dos canais encarregados de levar o leite e desencadeia uma reação inflamatória.
  • Câncer de mama: a causa mais temida de sentir dor na mama esquerda de forma repentina é que exista câncer de mama, isto nada mais é que um tumor maligno que gera inflamação, úlceras e dor no seio afetado.

Seja qual for a causa da dor na mama esquerda, a avaliação médica é imprescindível para que o diagnóstico seja oportuno e eficaz. É provável que sejam indicados alguns exames para corroborar o exame físico realizado, como por exemplo uma ecografia mamária e uma mamografia.

Tratamento para dor na mama esquerda

O tratamento vai depender da causa diagnosticada pelo médico após a avaliação física e a realização de alguns estudos, os quais permitem visualizar o interior do seio esquerdo para determinar a presença de nódulos, cistos ou outras alterações.

Em muitos casos, a dor na mama pode desaparecer somente com o passar do tempo; é provável que neste caso não precise de tratamento se assim indicar o médico, no entanto o especialista te receitará algum medicamento se existir um fator agravante ou uma causa por trás.

  • O primeiro passo é acalmar a dor do paciente, no caso de dor intensa, é provável que sejam indicados anti-inflamatórios não esteroides por via oral a cada 8 horas, como por exemplo o ibuprofeno.
  • Se o tamanho das mamas é grande, é provável que o especialista planeje uma redução mamária para evitar outras complicações como, por exemplo, desvio da coluna dorsal.
  • No caso de sofrer de cistos mamários, não se preocupe, a melhor forma para ajudar a eliminá-los é mudando o estilo de vida para um mais saudável, diminuindo o consumo de bebidas como café, chá, refrigerantes. Contudo, por serem inócuos, não precisarão de maior tratamento.
  • No caso de apresentar abscessos ou algum processo infeccioso como a mastite, é provável que o médico indique o uso de antibióticos via oral ou intravenosa, dependendo da gravidade.
  • Normalmente, os fibroadenomas não precisarão de nenhum tratamento especial salvo se a dor for intensa devido ao seu grande tamanho.
  • A costocondrite melhorará com o uso de analgésicos e anti-inflamatórios via oral.
  • É provável, além disso, que o médico indique utilizar um sutiã com suporte extra se considerar necessário.

Se é a primeira vez que você sente dor no seio esquerdo, agende uma consulta médica para avaliar a causa e a gravidade do caso. Contudo, na maioria dos casos, esta costuma ser uma condição que desaparece com o passar de alguns dias.

Dor na mama esquerda: causas e tratamento - Tratamento para dor na mama esquerda

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor na mama esquerda: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Bibliografia
  • KOSIR, Mary Ann; MD, Professor of Surgery and Oncology, Wayne State University School of Medicine; Karmanos Cancer Center. Dor na mama (Mastalgia). Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/dist%C3%BArbios-de-mama/dor-na-mama>. Acessado em 12 de março de 2019.

Escrever comentário sobre Dor na mama esquerda: causas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Rayana
Sinto dor na mama esquerda o pode ser?

Dor na mama esquerda: causas e tratamento
1 de 3
Dor na mama esquerda: causas e tratamento

Voltar ao topo da página