Partilhar

Furúnculo na virilha: causas e como curar

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 25 julho 2019
Furúnculo na virilha: causas e como curar

Disseram para você que está com um furúnculo na virilha e não sabe do que se trata nem como como curá-lo? Felizmente, esta é uma condição médica comum cujas causas e soluções são tecnicamente simples após sua correta avaliação.

Medicamente, um furúnculo é uma espinha de conteúdo purulento no seu interior, localizado especificamente na epiderme, cuja inflamação inclui o aparelho pilossebáceo. Possui tamanho variável, podendo ser grande e doloroso suficiente para ter que ir ao médico.

Normalmente, os furúnculos na virilha podem ser devido a folículos pilosos infectados e a pequenas feridas após coçar aquela área, e diversos fatores podem influenciar no seu aparecimento, como a imunodeficiência do paciente, a má higiene ou a presença de outras doenças subjacentes, como a diabetes mellitus.

Em geral, ao haver uma infecção bacteriana, será necessário fazer a administração de antibióticos para tratá-la adequadamente em muitos casos, embora isto seja variável. Para esclarecer todas as suas dúvidas, continue lendo este artigo do ONsalus e saiba tudo sobre o furúnculo na virilha: causas e como curar.

Também lhe pode interessar: Bolinha branca no lábio: causas e como curar

O que é furúnculo na virilha

Um furúnculo é determinado pelo acúmulo de pus, normalmente por um processo infeccioso bacteriano, que se aloja no aparelho pilossebáceo da epiderme. É uma espécie de abscesso geralmente produzido pela bactéria Staphylococcus aureus, que afeta o folículo piloso.

Esta bactéria está presente na pele e qualquer condição que represente uma porta de entrada permitirá que esta se aloje no interior da epiderme, neste caso, causando os furúnculos.

O sistema imunológico perfeito permite que esta bactéria seja normalmente inofensiva ao ser humano, contudo, ao ficar enfraquecido, a bactéria pode representar um risco para a saúde.

As áreas frequentes do aparecimento dos furúnculos são:

  • As nádegas.
  • As axilas.
  • O rosto.
  • O pescoço.
  • A virilha.

A presença de um furúnculo na virilha se caracteriza por apresentar sintomas como:

  1. Nódulo subcutâneo inflamado.
  2. Pústulas ou núcleos amarelados ou esbranquiçados devido ao conteúdo de pus.
  3. Fadiga.
  4. Febre.
  5. Dor intensa.
  6. Mal-estar geral.
  7. Sensibilidade na virilha.
  8. Avermelhamento da pele da virilha.
  9. Quando o tamanho do furúnculo é muito grande, pode estourar ou drenar por conta própria, saindo espontaneamente o pus contido nele.

O surgimento de vários furúnculos pode formar o que é chamado de carbúnculo, que é um grupo de furúnculos localizados em uma mesma área, gerando um processo infeccioso muito mais grave do que o furúnculo simples.

Furúnculo na virilha: causas e como curar - O que é furúnculo na virilha

O que causa furúnculo na virilha

Qualquer lesão que permita a entrada do Staphylococcus aureus ao interior da pele pode levar a presença de um furúnculo na virilha. Entre as principais causas de um furúnculo na virilha, encontramos:

  1. Raspagem frequente da área, lembremos que isto leva ao atrito de um objeto estranho com nossa pele e que pode gerar pequenas feridas.
  2. O uso de roupas íntimas justas faz com que haja maior fricção na área da virilha e que, possivelmente, apareçam feridas.
  3. Da mesma forma, a área da virilha caracteriza-se por ser uma região na qual há sudoração. Isto, somado a uma má higiene, pode ser motivo suficiente para o crescimento bacteriano e a formação de um furúnculo.
  4. Fazer exercícios vestindo roupas justas também pode favorecer o aparecimento desta lesão.
  5. Ser HIV positivo também é um motivo suficiente para que a saúde da pessoa seja afetada, isto a torna mais frágil e suscetível a sofrer infecções na pele.

Outros fatores de risco que podem aumentar as chances de apresentar furúnculos na virilha são:

  • Ser fumante.
  • Sofrer de diabetes mellitus.
  • Sofrer de obesidade.
  • Idade avançada.
  • Uso de medicamentos imunossupressores.
  • Cirrose hepática.
  • Predisposição genética.
  • Hiperidrose ou excesso de sudoração.

Furúnculo na virilha: quando ir ao médico

Em sua maioria, os furúnculos na virilha desaparecem por si sós, contudo, requerem atendimento médico quando:

  • A evolução da lesão se agrava com o passar dos dias e não existe drenagem do acúmulo purulento em pelo menos 72 horas a 1 semana.
  • Vem acompanhado de febre.
  • Se o tamanho do furúnculo na virilha é maior que 2 cm.
  • Se desaparece e aparecer com frequência e de forma recorrente ou contínua.
  • Se você suspeita que há outra causa relacionada.

Como tratar furúnculo na virilha: medicamentos

O tratamento do furúnculo é puramente individualizado e depende da causa relacionada. O tratamento médico para tratar furúnculo na virilha pode incluir:

  1. Antibiótico para furúnculo: via oral ou intravenosa, que permita drenar o acúmulo purulento e leve a posterior cicatrização do furúnculo. Os mais utilizados, neste casos, são as cefalosporinas, como ciprofloxacino por 10 dias, as penicilinas como a amoxicilina/ácido clavulânico por 10 dias ou os macrolídios, como a claritromicina, também por 10 dias. Qualquer um deles deve ser previamente indicado pelo médico.
  2. Pomadas antibióticas também podem ser indicadas pelo especialista. Podem ser a base de bacitracina, neomicina, furacin.
  3. Paracetamol: pode ser utilizado caso haja febre, além disso acalma a dor e pode ser obtido sem receita médica.
  4. AINEs: como por exemplo, o uso do ibuprofeno. Este deve ser receitado pelo médico em casos nos quais os benefícios são maiores que o risco que se corre ao ser medicado com anti-inflamatórios não esteroides.
  5. Antisséptico local: como a clorexidina, é útil como tratamento local, aplicado várias vezes ao dia.
  6. Cirurgia: mediante incisão e drenagem, permite extrair o acúmulo de pus no interior da pele. Isto é feito através de uma pequena incisão e em seguida drenagem da área.

    Como tratar furúnculo na virilha: recomendações

    No caso de se tratar de um furúnculo leve, este pode ser tratado em casa sem problema algum. Recomenda-se para isso seguir alguns cuidados:

    • Aplique compressas mornas: as compressas mornas ou quentes permitem acelerar a cura de um furúnculo na virilha. O calor faz com que a circulação sanguínea seja estimulada e atraia os glóbulos brancos, encarregados de nos defender contra as infecções no local onde está o furúnculo ou lesão. Isto também faz com que a drenagem seja muito mais rápida e alivie a dor.
    • Banho com água quente: se não lhe agrada colocar as compressas com água morna ou quente, você pode tomar um banho com água na mesma temperatura para ter os mesmos efeitos.
    • Não estoure, aperte ou belisque o furúnculo até que ele tenha drenado por si só. Se você tentar acelerar esse processo pode acabar complicando-o com uma infecção ainda maior.
    • Melhore seus hábitos de higiene: isto inclui exfoliar a pele, sobretudo nesta área úmida e com abundância de pelos.
    • Evite ficar sentado durante um longo período de tempo.
    • Lave adequadamente qualquer ferida na região da virilha.
    • Mantenha as mãos devidamente limpas antes e depois de manipular o furúnculo.
    • Não compartilhe objetos pessoais, como toalhas, sabonetes e roupas.
    • Lave sua roupa íntima corretamente e não volte a usar uma mesma peça até que esta tenha sido lavada.

    Furúnculo na virilha: remédios caseiros

    Finalmente, existem alguns remédios para furúnculo na virilha que aliviam o problema e os sintomas associados, como:

    • Manjericão: esta planta é antibacteriana, recomenda-se aplicar uma camada do suco destas folhas previamente amassadas. Uma vez que tenha extraído seu suco, coloque-o em uma gaze e aplique na virilha.
    • Árvore do chá: da mesma forma, o óleo de árvore do chá ou melaleuca é benéfico neste caso devido às suas propriedades antibacterianas, antissépticas e cicatrizantes. É aplicado uma vez ao dia diretamente sobre onde está o abcesso purulento.
    • Óleo de rícino: o óleo de rícino é um tratamento benéfico contra a inflamação, permite diminuir o tamanho do furúnculo. Impregne um algodão com óleo de rícino e coloque-o diretamente sobre o furúnculo.
    • Cúrcuma: esta especiaria age como anti-inflamatório. Você pode misturá-la com um pouco de água e aplicá-la sobre a lesão, então, deve cobri-la bem para evitar o atrito da cúrcuma com a roupa.
    • Vinagre de maçã: por último, este vinagre é considerado um desinfetante natural. Uma vez que o furúnculo tenha começado a drenar por si só, você pode utilizar o vinagre de maçã diluído em um pouco de água para limpar esta área, empapando um algodão e pressionando-o onde estava o acúmulo de pus.

    Embora existam muitas opções para tratar o furúnculo na virilha, tenha em conta os sinais de alerta para ir ao médico caso seja necessário.

    Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

    Se pretende ler mais artigos parecidos a Furúnculo na virilha: causas e como curar, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

    Bibliografia
    • Melián, C. G., & García, J. R. (2004). Infecciones bacterianas de la piel. Pediatr Integral, 7(4), 281-286.
    • Sánchez Gaitán, J. C. (2013). Revisión bibliográfica: Forunculosis. Revista Médica da Costa Rica e Centroamérica, 70(608), 569-571.

    Escrever comentário sobre Furúnculo na virilha: causas e como curar

    O que lhe pareceu o artigo?

    Furúnculo na virilha: causas e como curar
    1 de 2
    Furúnculo na virilha: causas e como curar

    Voltar ao topo da página