menu
Partilhar

Mamilo invertido ou afundado: causas

 
Por Redação ONSalus. 11 fevereiro 2021
Mamilo invertido ou afundado: causas

Qualquer mudança na aparência dos seios é um sinal de alerta para a mulher. Embora é importante estar ciente diante de qualquer variação repentina no tamanho ou forma das mamas, também é indispensável examinar mensalmente a cor, diâmetro e forma dos mamilos, já que esta parte dos seios tem um papel fundamental na saúde. Em geral, o mamilo saudável tem um centímetro de comprimento e de diâmetro, algumas vezes não se projetam da aréola e outras vezes se retraem para dentro, condição que é conhecida como mamilo invertido (afundamento total) ou retraído (afundamento parcial).

O mamilo invertido congênito sempre é benigno, mas quando os mamilos afundam de forma repentina depois da puberdade pode ser um sinal de alguma doença inflamatória-infecciosa, consequência de alguma cirurgia ou um dos primeiros sintomas do câncer de mama. Descubra neste artigo do ONsalus por que o mamilo afunda e quais são todas as causas do mamilo invertido ou afundado.

Por que os mamilos afundam?

O mamilo invertido ou afundado, também chamado de mamilo umbilical, é aquele que não sobressai da aréola, ficando oculto dentro desta. É visto como se fosse uma fenda, formando uma linha reta.

Entre as principais causas do mamilo invertido ou afundado encontramos:

  • Defeito congênito;
  • Câncer de mama;
  • Mastite;
  • Ectasia ductal mamária;
  • Intervenção cirúrgica.

Mamilos invertidos congênitos

Os mamilos invertidos são mais comuns do que se pensa, sendo que a causa mais comum é a deformidade congênita, ou seja, a pessoa apresenta tal condição desde o nascimento, mas acaba aparecendo na puberdade quando ocorre o desenvolvimento dos seios. Quando isto ocorre, as fibras conjuntivas que cercam os ductos mamários são engrossadas e ficam mais curtas, desta forma o mamilo acaba ficando dentro da aréola.

Em alguns casos, a condição é revertida quando a mulher tira o mamilo para fora. Em outros casos, o mamilo invertido não responde ao estímulo, fazendo com que a amamentação seja impossível, uma vez que o desenvolvimento correto dos ductos galactóforos (canais por onde sai o leite materno) possa ter sido comprometido.

Existem diferentes graus de mamilo invertido por defeito congênito:

  • Grau 1: o mamilo é corrigido após ser tirado com a mão;
  • Grau 2: o mamilo é corrigido com o estímulo manual, mas depois volta sozinho e de forma frequente;
  • Grau 3: o mamilo não responde ao estímulo manual.

O mamilo retraído representa não só um problema para amamentar, mas também um problema estético que muitas mulheres desejam corrigir para se sentirem a vontade com sua aparência física e recuperar a sensibilidade perdida, a qual afeta o prazer durante as relações sexuais. Felizmente, o mamilo retraído por defeito congênito pode ser facilmente corrigido através de uma cirurgia. O tratamento consiste em cortar os ductos ou ligamentos que estão puxando o mamilo para dentro e que o impedem de sair. Uma vez feita a incisão, a condição deixa de representar um empecilho para a amamentação e o mamilo volta para seu formato normal. Recomenda-se que a mulher faça a correção do mamilo antes de ter seu primeiro filho.

Mamilos invertidos por câncer de mama

Em alguns casos, a mulher nasce com o mamilo normal e, repentinamente, este fica afundado ou retrai. Quando isto ocorre, o mamilo invertido deve ser considerado um sinal de alerta, já que pode estar associado a um diagnóstico precoce de câncer de mama. Ao ouvir falar sobre qualquer doença maligna dos seios, as pessoas imediatamente costumam imaginar encontrar uma bolinha na mama, contudo, nem sempre é assim, por isso é tão importante analisar a forma, cor, tamanho e qualquer mudança inesperado nos mamilos durante o autoexame das mamas .

A doença de Paget do mamilo é um tipo de câncer de mama que começa nos ductos galactóforos e se espalha até o mamilo, o qual pode apresentar vermelhidão, descamação, crostas, sangramento e supuração. Este câncer representa 1% de todos os cânceres de mama do mundo e sua causa é desconhecida.

Sintomas da doença de Paget no mamilo

  • Formigamento ou comichão na aréola;
  • Pele grossa;
  • Pele escamosa;
  • Secreção do mamilo de cor amarelada ou com sangue;
  • Mamilo invertido;
  • Crostas.

Os sintomas deste tipo de câncer de mama podem ser confundidos com muitas outras condições que afetam os seios, como a mastite (infecção na mama), no entanto, ter um mamilo retraído é um sintoma bastante diferente.

Mamilo invertido ou afundado: causas - Mamilos invertidos por câncer de mama

Bico do peito invertido depois da amamentação por mastite

Durante a amamentação, outra causa do mamilo afundado pode ser a mastite, que representa a inflamação do tecido da mama que, em alguns casos, leva a uma infecção. Embora também possa ocorrer em mulheres não lactantes, é muito mais comum em mulheres que estão amamentando. Ocorre devido a obstrução de um dos ductos mamários, o que impede que o leite saia e, consequentemente, acaba gerando uma infecção.

O mamilo pode sentir mudanças em sua forma, mas os principais sintomas da mastite são mamas sensíveis e quentes ao toque, inchaço das mesmas, dor ou ardência contínua ou durante a amamentação, vermelhidão da pele, mal-estar e febre elevada.

É importante tratar a mastite o quanto antes para evitar complicações, como a formação de um abscesso na mama (acúmulo de pus).

Mamilo afundado por ectasia dos ductos mamários

Um mamilo invertido ou afundado também pode ser um sintoma da chamada ectasia ductal mamária. Esta condição acontece quando um ducto galactóforo sob o mamilo se alarga e se enche de um líquido espesso e pegajoso. É muito mais frequente em mulheres que estão entre os 45 e 55 anos de idade, embora também possam sofrer disso depois da menopausa. A causa exata desta condição não é completamente clara, mas está associada as mudanças que as mamas sofrem por causa do envelhecimento, o tabagismo e o mamilo invertido, pois este último pode vir a obstruir o ducto galactóforo.

Entre os sintomas da ectasia dos ductos mamários, além do mamilo afundado, encontramos a secreção de líquido pelo mamilo, sensibilidade na mama, mamilo avermelhado, nódulo mamário ou engrossamento da pele.

Mamilo invertido ou afundado: tratamento

Indiferente da causa do mamilo invertido, congênito ou repentino, é importante consultar um ginecologista ou mastologista para que examine a condição. Em geral, o médico solicitará exames específicos para poder observar detalhadamente a composição da mama, por isso que é comum que a pessoa precise fazer uma mamografia, ressonância magnética ou ecografia mamária. Caso seja encontrado algum tumor no mamilo, será necessário fazer uma biópsia para conhecer a composição celular do mesmo e descartar a possibilidade de ser um tumor maligno.

Defeito congênito

Quando o mamilo retraído é uma deformidade congênita, a melhor solução, como explicamos anteriormente, será reparar as fibras e ductos mamários através de uma cirurgia para recuperar a sensibilidade, o formato natural e a possibilidade de amamentar. Da mesma forma, esta cirurgia é de grande ajuda para eliminar complexos e problemas psicológicos derivados do problema físico.

A cirurgia de correção é feita em uma sala de cirurgia e a pessoa deve estar anestesiada. Costuma ser um procedimento bastante curto e simples, feito através de uma pequena incisão que será fechada com sutura. A alta é recebida no mesmo dia e três semanas depois é necessário voltar ao consultório médico para retirar os pontos. Uma vez que a ferida tenha cicatrizado corretamente, é possível retomar as atividades físicas.

Câncer de mama

Quando o mamilo invertido surge repentinamente, é importante consultar um médico imediatamente para fazer os exames mencionados anteriormente e obter um diagnóstico precoce que permita aumentar as chances de recuperação.

O tratamento para o câncer de mama depende do tipo de câncer, o estado da doença e se está espalhado em outros órgãos (metástase) ou não. No caso da doença de Paget do mamilo, costuma ser recomendada uma cirurgia de conservação da mama junto com sessões de radioterapia para evitar que o câncer reapareça.

Em alguns casos, existem pessoas que preferem realizar a mastectomia total para evitar correr o risco da doença aparecer novamente. Se escolher esta opção, também será necessário realizar uma cirurgia para reconstruir a mama com implantes mamários. A aplicação de quimioterapia, radioterapia ou terapia hormonal dependerá, exclusivamente, de quão avançado estiver o câncer e do que a pessoa desejar.

Mastite

Se o mamilo afundou de repente por causa de uma mastite, o médico receitará um tratamento antibiótico para os casos de infecção, e a ingestão de algum analgésico para aliviar a dor.

Em geral, é recomendado continuar com a amamentação, já que esta ajuda a eliminar a infecção, embora sempre devam ser seguidas as indicações médicas.

Ectasia dos ductos mamários

Se os sintomas da ectasia dos ductos mamários forem incômodos, o tratamento pode incluir medicamentos antibióticos, nos caso de infecção, analgésicos para aliviar os incômodos nos seios e cirurgia através de uma incisão reduzida na aréola, caso os tratamentos anteriores não funcionarem.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Mamilo invertido ou afundado: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Mamilo invertido ou afundado: causas
1 de 2
Mamilo invertido ou afundado: causas

Voltar ao topo da página