Partilhar

Mãos dormentes ao acordar: causas

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 11 fevereiro 2019
Mãos dormentes ao acordar: causas

Você já sentiu as mãos dormentes ao acordar? Sente um formigamento que percorre todos os seus dedos e se estende até o braço? Logo passa ou dura muito tempo? Não se assuste, este sintoma é bastante comum e afeta uma grande parte da população e é provável que, ao fazer algum movimento, esta sensação de formigamento desapareça.

Pode ser que a causa seja mais simples do que você pensa, geralmente está relacionada com a pressão exercida sobre as terminações nervosas das mãos enquanto dorme. Em outros casos, esta relacionada com problemas circulatórios ou com a falta de vitamina B.

Se este incômodo permanecer por muito tempo, recomendamos que você visite o seu médico. Da mesma forma, te convidamos a continuar lendo este artigo do ONsalus onde falaremos sobre quais são as causas das mãos dormentes ao acordar e o que você pode fazer a respeito para melhorar isso.

Também lhe pode interessar: Cabeça pulsando: o que pode ser

Mãos dormentes ao acordar: o que pode ser

As partes do corpo que têm a maior quantidade de terminações nervosas são as mãos e os braços. Na verdade, esta é a razão pela qual elas têm movimentos finos e delicados, que permitem sentir e definir diferentes texturas de objetos e até mesmo mudanças de temperatura.

Qualquer condição sobre esta região gera a sensação de formigamento ou dormência nas mãos que, medicamente, é chamada de parestesia. As principais razões pelas quais ocorre o formigamento nas mãos são:

Diminuição do fluxo sanguíneo

Este é o fenômeno mais frequente pelo qual apresenta-se as mãos dormentes ao acordar, isto acontece devido à postura que nosso corpo fica enquanto estamos dormindo. Uma má posição, como por exemplo, dormir com o braço debaixo do corpo, causa uma diminuição do fluxo sanguíneo gerando formigamento, cãibras ou dormência nas mãos.

Compressão nervosa

Neste caso se trata de alguma compressão dos nervos localizados na coluna cervical, o que pode gerar formigamento nesta área ao acordar. Devemos nos lembrar que é através da coluna vertebral, especificamente entre as vértebras cervicais, por onde passam todos os nervos que atravessam o ombro, o braço até chegar às mãos.

Síndrome do túnel do carpo

Esta é outra razão relacionada com a presença de mãos dormentes ao acordar. Nada mais é que uma compressão nervosa no nervo do túnel do carpo que percorre a parte interior do pulso. Isto acontece frequentemente após o excesso de pressão sobre este nervo, gerando, além de uma dor que se estende do pulso até os dedos, sensação de dormência. A incidência da síndrome do túnel de carpo nos Estados Unidos é de 1 a 3 casos para cada 1000 pacientes por ano, apresentando-se mais frequentemente em pessoas de raça branca com uma média de idade de 53 anos, e uma relação de 3 a 10 mulheres para cada homem[1].

Mãos dormentes ao acordar: causas - Mãos dormentes ao acordar: o que pode ser

Mãos dormentes ao acordar: outras causas possíveis

Por outro lado, existem outras causas que estão relacionadas com a sensação de dormência nas mãos ao acordar:

  • Retenção de líquidos é uma delas, estando relacionada com o sedentarismo e a uma dieta incorreta, além de se manifestar nos pés, a retenção de líquidos pode se manifestar nas mãos, gerando a sensação de mãos dormentes e inchadas ao acordar.
  • Falta de vitamina B, uma má alimentação leva a uma carência de certos nutrientes, isto faz com que o corpo sinta cansaço, sonolência, sobrecarga nas pernas e nas mãos ao acordar ou quando o corpo estiver relaxado.
  • Excesso de tarefas diárias: por último, o uso excessivo das mãos pode explicar o adormecimento ou fraqueza nelas, isto se aplica para as pessoas que trabalham com computadores, máquinas especializadas ou do manejo de algum instrumento. Nestes casos, a dor e a sensação de cãibra podem gerar um despertar noturno irregular.

Mãos dormentes e inchadas ao acordar: o que fazer

Existe uma série de conselhos e recomendações para as mãos dormentes ao acordar que ajudarão a aliviar e prevenir esta sensação:

  • Massagear as mãos: realizar massagens e exercícios de alongamento permitem prevenir a fadiga que pode ser gerada nas mãos, assim como o consequente formigamento, fraqueza ou adormecimento. Este procedimento é realizado facilmente, basta aplicar algumas gotas de óleo de coco ou azeite de oliva sobre as mãos e massagear fazendo círculos durante 5 minutos, repita este processo caso seja necessário. Este processo ativa a circulação e estimula os nervos da região, sendo particularmente útil para quem sente os dedos das mãos dormentes ao acordar.
  • Água fria: antes de dormir, é recomendado inserir as mãos em uma cuba ou balde de água fria, se possível com gelo, pois isto permite relaxar a tensão nervosa, aliviar a inflamação e diminuir a probabilidade do formigamento ou adormecimento das mãos.
  • Usar munhequeira: isto permite gerar compressão nos ligamentos, tanto das mãos quanto no pulso, evitando lesões por sobrecarga.
  • Beber água: é importante seguir hábitos saudáveis, recomenda-se tomar bastante água durante o dia, isto diminui a probabilidade de sofrer retenção de líquidos e, portanto, evita o formigamento ou adormecimento nas mãos.
  • Abster-se de bebidas gaseificadas e de sal: não tome bebidas gasosas e diminua a quantidade de sal que ingere em suas refeições. Melhorar o estilo de vida permite diminuir a probabilidade de gerar um inchaço muscular que pressione os nervos, isto evita que ocorra o adormecimento e fraqueza nas mãos ao acordar.
  • Melhorar a alimentação: inclua em sua dieta diária alimentos ricos em vitamina B como ovos, atum, cereais e bananas, assim como qualquer suplemento indicado pelo medico que proporcione esta vitamina essencial, isto evita a sensação de formigamento e parestesia nas mãos.

Esta sensação incômoda, na maioria das vezes, desaparece ao fazer algum movimento simples de alongamento durante os primeiros minutos da manhã ou fazendo massagens que ativem a circulação. Caso isso não aconteça, ressaltamos a importância de ir ao médico para ver se existe qualquer outra causa associada.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Mãos dormentes ao acordar: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Cérebro e nervos.

Referências
  1. Lopez Almejo, Leonardo (2014) Síndrome do túnel cárpico. Medigraphic Volumen 10, número 1. Ene-Mar. Acessado em 15 de enero de 2019. Disponível em: <http://www.medigraphic.com/pdfs/orthotips/ot-2014/ot141g.pdf>

Escrever comentário sobre Mãos dormentes ao acordar: causas

O que lhe pareceu o artigo?

Mãos dormentes ao acordar: causas
1 de 2
Mãos dormentes ao acordar: causas

Voltar ao topo da página