Partilhar

Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 7 agosto 2020
Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?

A idade, etnia e a genética das pessoas, assim como outros fatores, podem determinar a presença das pintas no corpo. Muitas delas estão presentes desde o nascimento e outras são novas, que aparecem ao longo dos anos.

O surgimento de novas pintas no corpo costuma gerar incertezas nas pessoas, já que existem muitas dúvidas em relação ao assunto. Seu aspecto, cor, forma e crescimento são parâmetros médicos a serem levados em conta na hora de avaliar o aparecimento destas pintas.

Neste artigo do ONsalus, você conhecerá a resposta à questão "Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?"e o que fazer para não se preocupar com seus aparecimentos.

Muitas pintas aparecendo no corpo: o que pode ser

São vários os fatores que desencadeiam o aparecimento das pintas e conhecê-los te ajudará a compreender por que elas surgem no corpo.

Fatores genéticos

A hereditariedade está diretamente relacionada com a aparência física das pessoas, portanto, as pintas estão relacionadas com ela. Estes tipos de pintas podem passar de pais para filhos, por isso que muitas pessoas as consideram como uma marca da família.

Exposição excessiva aos raios ultravioleta

Outra das causas mais comuns do aparecimento de novas pintas é a exposição solar. Os raios solares influenciam diretamente na melanina, através da qual são obtidas várias mudanças na:

  • Coloração da pele, que influencia no bronzeado.
  • Aparecimento de sardas.
  • Aparecimento de manchas na pele.
  • Aparecimento de novas pintas devido ao sol.

A exposição em excesso ao sol é um dos fatores mais frequentes que respondem a pergunta: "por quê aparecem novas pintas na pele?". Logo, é comum notar novas pintas no fim do verão.

Algumas fases da vida

Algumas fases da vida são mais propensas ao aparecimento de novas pintas. Por exemplo, a adolescência é uma fase sujeita a grandes mudanças hormonais, na qual pode ocorrer um aumento na concentração de melanócitos, que são as células responsáveis por gerar o aparecimento das pintas.

Gravidez

Durante a gravidez, também é frequente o aparecimento de novas pintas devido às mudanças hormonais da mulher. Além de surgirem novas pintas, algumas já existentes podem crescer e escurecer. Nestes casos, é recomendado consultar um dermatologista diante de qualquer sinal de alerta, como:

  • Coceira na pinta.
  • Dor na pinta.
  • Mudanças de cor nas pintas.
  • Sangramento.
  • Crescimento excessivo.

Menopausa e andropausa

Tanto a menopausa na mulher quanto a andropausa no homem estão sujeitas a mudanças hormonais que podem desencadear o aparecimento de novas pintas no corpo. Por este mesmo motivo, também podem causar mudanças no tamanho e cor das pintas já existentes.

Enfraquecimento do sistema imunológico

Outro dos fatores que pode explicar o aparecimento de novas pintas no corpo é a presença de algumas doenças autoimunes, assim como pessoas com déficit alimentar. O enfraquecimento do sistema imunológico aumenta a predisposição ao aparecimento de novas pintas no corpo.

Ingestão de alguns medicamentos

Vários medicamentos têm sido associados ao surgimento de novas pintas na pele, como é o caso dos imunossupressores, os quais são encarregados por enfraquecer o sistema imunológico. O uso de algumas substâncias biológicas, como os anticorpos monoclonais, também chamadas de terapias biológicas, são utilizadas nos pacientes com doenças inflamatórias como a psoríase, artrite reumatoide e a colite ulcerosa.

Os seguintes medicamentos também podem gerar novas pintas na pele:

  • Antibióticos.
  • Antidepressivos.
  • Hormônios.

Tratamentos anticancerígenos

Tanto a quimioterapia quanto a radioterapia são tratamentos usados para combater o câncer. Ambos tratamentos anticancerígenos predispõem o aparecimento de novas pintas e manchas na pele, entre outras coisas, pelo enfraquecimento do sistema imunológico.

Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser? - Muitas pintas aparecendo no corpo: o que pode ser

Muitas pintas aparecendo no corpo pela fase da vida

As pintas aparecem no corpo de forma progressiva, desde a infância ou durante a adolescência, em vários lugares do corpo, como no tronco e nas extremidades. As áreas onde não são tão frequentes o aparecimento de novas pintas são:

  • As palmas das mãos.
  • Solas dos pés.
  • Mucosas da boca.
  • Genitais.

Em algumas pessoas brancas e de descendência europeia foi notado um maior aparecimento de novas pintas a partir dos 30 anos de idade, sendo muito mais frequentes em mulheres do que em homens, diferente das pessoas de raça negra, onde o número de pintas é menor.

É frequente ver o aparecimento de novas pintas em:

  • Pessoas jovens com menos de 35 anos.
  • Mulheres grávidas.
  • No fim do verão.
  • Depois da ingestão de alguns medicamentos que estimulam a produção de melanina.

É importante lembrar que, conforme aumenta a presença de pintas no corpo, também aumenta-se o risco do aparecimento de pintas malignas. Por este motivo é tão importante identificar se a nova pinta é benigna.

Tipos de pintas perigosas

O aparecimento de novas pintas no corpo não representa um perigo, mas um sinal de que você deve ficar atento a elas. Nem todas as pintas são malignas, existem algumas chamadas pintas atípicas, que devem ser acompanhadas em relação a certas características que apresentam:

  • Presença de sangramento.
  • Bordas irregulares.
  • São de cores diferentes.
  • Seu crescimento é rápido e seu diâmetro é superior a 6mm.

Se você considera que estão aparecendo muitas pintas novas no seu corpo, é importante consultar regularmente um dermatologista sobre o aparecimento destas e determinar por que elas estão surgindo. É importante identificar as novas pintas e se elas são perigosas pois, caso tenha mais de 50 pintas no corpo, há a possibilidade de estar com câncer de pele.

Diagnóstico

Você deve consultar um dermatologista para determinar se as pintas são benignas e descartar a possibilidade de se tratarem de pintas malignas, também conhecidas como melanomas. Para isso, é necessário ter uma análise e diagnóstico precoce das novas pintas através de uma dermatoscopia digital. Este é um método moderno, não invasivo, atualmente utilizado para monitorá-las, além de oferecer um diagnóstico precoce para qualquer tipo de lesão que possa ser maligna.

Não hesite em consultar um dermatologista, ele é o profissional indicado para te orientar no acompanhamento das pintas e explicar por que você tem muitas pintas aparecendo no corpo.

Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser? - Tipos de pintas perigosas

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • Mora Ochoa, M., Savigñon, O., Rosa, A., González Gross, T. M., & Castro Mela, I. (2010). El sol:¿ enemigo de nuestra piel?. Medisan, 14(6), 0-0.

Escrever comentário sobre Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?
1 de 3
Muitas pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?

Voltar ao topo da página