Partilhar

Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 29 julho 2019
Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar

As pintas de sangue na pele, conhecidas como pintas vermelhas ou pontos rubi na pele, são lesões muito comuns que surgem na pele de forma inesperada em qualquer região do corpo, especialmente no rosto, pescoço, braços, pernas e tronco. Apresentam-se tanto em homens quanto em mulheres, sendo mais frequentes a partir dos 40 anos de idade.

Estas lesões na pele estão associadas à idade e a outros fatores como a genética, as mudanças hormonais, a exposição solar, etc. As pessoas de pele branca são mais suscetíveis de sofrê-las e, embora não causem danos, deve-se monitorar sua aparência, cor, tamanho e manter um controle do ponto de vista médico.

Neste artigo do ONsalus te explicamos todos os detalhes sobre as pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar.

Também lhe pode interessar: Furúnculo na virilha: causas e como curar

Pintas vermelhas de sangue na pele: causas

As pintas vermelhas de sangue na pele se formam devido à dilação vascular de vasos sanguíneos superficiais. Seu aparecimento está associado a diferentes causas, entre elas, temos:

  • Idade: a partir dos 40 anos de idade, as pintas vermelhas costumam aparecer devido a desidratação da pele ou ao aparecimento de envelhecimento prematuro.
  • Exposição ao sol sem proteção: pessoas de pele branca que se submetem aos raios ultravioletas sem proteção são propensas ao aparecimento das pintas vermelhas de sangue.
  • Ter uma má alimentação: os problemas alimentares pelo consumo de gorduras saturadas, alimentos processados ou açúcares, podem desencadear o aparecimento de transtornos digestivos devido ao dano intestinal, o que repercute no acúmulo de substâncias tóxicas no interior do organismo, dando origem ao aparecimento de pintas vermelhas de sangue.
  • Crescimento anormal de vasos sanguíneos pequenos: estes podem se tornar evidentes nas axilas, região genital, calcanhares, pernas, braços, peito e costas, e gera-se o aparecimento das pintas vermelhas de sangue na pele.
  • Transtornos hepáticos: problemas de má alimentação ou transtornos hepáticos que podem gerar acúmulo de toxinas no fígado.
  • Mudanças hormonais: estas são vistas frequentemente em mulheres durante a gravidez, devido às diversas mudanças hormonais que seus corpos sofrem nesse momento.

Pintas vermelhas na pele: tratamento

As pintas vermelhas na pele devem ser avaliadas medicamente por um dermatologista. Este será o encarregado pelo tratamento adequado de acordo com o aspecto da pinta, sua cor e o tempo de crescimento. Para isso, é necessário fazer um exame físico, assim como responder as perguntas do médico. Desta forma será possível estabelecer quando se deu seu aparecimento e como foi seu crescimento.

No caso do especialista indicar remover as pintas vermelhas de sangue na pele, podem ser realizados vários procedimentos:

  • Remoção cirúrgica: este procedimento é realizado em casos de pintas grandes e profundas. Costuma ser doloroso e, após a remoção cirúrgica, deixa uma cicatriz.
  • Laser: através desta técnica elimina-se a pinta vermelha de sangue na pele de forma rápida, completa e sem gerar dor, diferente da remoção cirúrgica.
  • Crioterapia: consiste na aplicação de nitrogênio líquido, desta forma, consegue-se congelar a pinta, procedendo depois com sua extração.

É importante saber que a remoção das pintas vermelhas na pele não garante que estas lesões não voltem a aparecer em alguma outra região do corpo. Por isso, recomenda-se ter um controle dermatológico a cada 6 meses para fazer um acompanhamento das lesões removidas e das que possam aparecer.

Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar - Pintas vermelhas na pele: tratamento

Pintas vermelhas de sangue na pele: prevenção

Algumas das medidas que podem ser adotadas para evitar o aparecimento destes pontos vermelhos na pele são:

  • Utilizar protetor solar diariamente, além de evitar a exposição aos raios ultravioletas. A aplicação diária de protetor solar no rosto e no resto do corpo, especialmente, nas áreas expostas como o rosto, braços, pernas e mãos é de suma importância.
  • Manter-se hidratado ingerindo bastante água durante o dia.
  • Cuidar da pele aplicando cremes hidratantes depois da higiene corporal para evitar a perda da elasticidade da pele.
  • Mudar os hábitos alimentares seguindo uma alimentação saudável livre de gorduras saturadas, açúcares ou alimentos processados com grande quantidade de aditivos químicos.
  • Consumir vitamina C diariamente.
  • Limpar os intestinos, mantendo uma dieta equilibrada livre de toxinas.

A presença de uma pinta vermelha na pele deve ser mantida sob observação médica para ver se muda seu aspecto e se é necessário fazer uma remoção cirúrgica.

Pinta vermelha de sangue: quando ir ao médico

O aparecimento das pintas de sangue vermelhas na pele pode trazer sinais de alerta que devem ser conhecidos para prevenir e detectar a tempo qualquer lesão maligna. Certos sintomas podem gerar desconfiança e incerteza, alguns deles são:

  • Dor e coceira intensa.
  • Ardência.
  • Crescimento acelerado, modificações no relevo.
  • Mudanças no seu aspecto, coloração escura.
  • Presença de sangramento.
  • Aparecimento de pontas vermelhas em várias áreas do corpo.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Escrever comentário sobre Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar

O que lhe pareceu o artigo?

Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar
1 de 2
Pintas vermelhas de sangue na pele: causas e como tirar

Voltar ao topo da página