Partilhar

O que é azoospermia: causas e tratamento

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 15 fevereiro 2019
O que é azoospermia: causas e tratamento

As mudanças na rotina e no ritmo de vida podem ser influenciadas pelo estresse, variações nos hábitos alimentares, fatores ambientais e até mesmo quadros de depressão - tudo isto pode alterar o funcionamento normal do organismo. A azoospermia é considerada um transtorno de infertilidade nos homens.

A infertilidade masculina e a azoospermia estão diretamente relacionadas, afetam muito o casal e, embora não sejam muito frequentes, podem ser tratadas. Nos casos em que o casal deseja ter filhos, podem consegui-los através de um tratamento médico sob a direção de especialistas em infertilidade. Se você deseja conhecer mais sobre a o que é azoospermia, causas e tratamento, continue lendo o seguinte artigo do ONsalus.

Também lhe pode interessar: O que é fimose - sintomas e tratamento

O que é Azoospermia

A azoospermia é a ausência total de espermatozoides durante a ejaculação. É um transtorno que se apresenta no sexo masculino e que contribui para ser uma causa de infertilidade. O sêmen mantém seu aspecto normal, a única diferença que pode ser vista é que, quando se coleta uma amostra do mesmo ele não contém espermatozoides. Isto é um gatilho para começar exames que confirmem o diagnóstico de azoospermia.

O paciente só se dará conta desta situação quando estiver tentando ter filhos e tenha passado algum tempo sem que sua parceira engravide.

Azoospermia: causas

As causas da azoospermia vão depender do tipo de azoospermia que o paciente apresenta:

Azoospermia secretora

São diversas as causas que são capazes de desencadeá-la, neste caso, é gerada por uma falha testicular, dentro das quais se encontram:

  • Alterações genéticas.
  • Transtornos hormonais.
  • Inflamação ou traumatismo nos testículos.
  • Problemas na descida ou no desenvolvimento testicular.
  • Aplicação de medicamentos, nos casos de quimioterapia ou radioterapia.

Azoospermia obstrutiva

As possíveis causas da azoospermia obstrutiva são:

  • Ausência bilateral congênita dos canais deferentes.
  • Inflamação ou traumatismo nos testículos que podem originar a prostatite, varicocele ou epididimite.
  • Uma azoospermia obstrutiva é a que é gerada após a realização da vasectomia, técnica utilizada como um anticoncepcional no sexo masculino e que é feita através da separação dos canais deferentes.

Azoospermia: diagnóstico

Para realizar o diagnóstico preciso, é de suma importância realizar um espermograma, exame físico e análises hormonais, todos são de vital importância para implementar o tratamento de acordo com a situação do paciente e o tipo de azoospermia que está sofrendo.

O espermograma é o estudo através do qual se analisa o sêmen em um laboratório onde se faz uma avaliação do volume, concentração, morfologia e mobilidade dos espermatozoides presentes no sêmen.

Deve-se realizar dois espermogramas com um intervalo de 2 a 3 semanas entre eles. Se o primeiro estiver normal, em muitos casos não é necessário fazer o segundo. Isto se deve ao fato de que a contagem do número de espermatozoides na mesma pessoa é muito variável. com diferentes ejaculações.

Uma vez realizado este estudo e com a comprovação do número de espermatozoides presentes no esperma, o próximo passo é fazer uma biopsia nos testículos, a qual consiste em pegar uma amostra do tecido testicular e observá-la no microscópio. Através dela se comprova a existência de alterações nas células encarregadas pela produção dos espermatozoides.

Azoospermia tem cura?

A azoospermia pode ser tratada. O especialista indicado para controlar esta alteração é o urologista, ele será o encarregado de indicar o tratamento neste caso. Para iniciar o tratamento, é importante conhecer o tipo de azoospermia que está dando origem a esta alteração; se se trata de uma azoospermia secretora ou obstrutiva. A seguir te explicamos qual é o tratamento da azoospermia dependendo de cada caso:

Tratamento azoospermia obstrutiva

Nos casos onde se trate de uma azoospermia obstrutiva, ela tem um prognóstico muito bom, posto que uma vez que se libere a obstrução, se restaurará o livre trânsito do sêmen com os espermatozoides. A solução para o problema é uma microcirurgia, estas obstruções podem ser diversas e podem estar localizadas ao longo da saída do sêmen. Em outros casos, onde a obstrução dos condutos impeça o livre trânsito do sêmen, realiza-se uma extração direta do espermatozoide no testículo ou no epidídimo de forma muito eficaz.

A azoospermia tem tratamento, sim, os homens que a sofrem podem conseguir ter filhos, não é uma causa definitiva de infertilidade masculina. Apesar de não haver espermatozoides no sêmen, estes podem ser obtidos e utilizados com técnicas de reprodução assistida.

Tratamento azoospermia secretora

Caso se trate de uma azoospermia secretora, o tratamento consistirá em restaurar a função testicular e deve-se implementar um tratamento hormonal com FSH para estimular a produção de espermatozoides e restaurar a função testicular.

É importante consultar o médico especialista que, neste caso, será o urologista ou o especialista em infertilidade. Ele será o encarregado de orientar o paciente e indicar os exames clínicos necessários para alcançar o diagnóstico preciso e iniciar a terapia adequada de acordo com os sintomas que o paciente apresenta, sempre em benefício da saúde sexual e da fertilidade do casal.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é azoospermia: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Referências

1. Avaliação atual da infertilidade masculina. Azoospermia. Disponível em <http://www.scielo.org.ve/scielo.php?pid=S0535-51332004000400008&script=sci_arttext>

Escrever comentário sobre O que é azoospermia: causas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

O que é azoospermia: causas e tratamento
O que é azoospermia: causas e tratamento

Voltar ao topo da página