Partilhar

Pés descascando: o que pode ser

Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 30 abril 2019
Pés descascando: o que pode ser

Os pés são uma parte importante do corpo. Através deles é possível nos deslocarmos e suportar nosso peso. É por isso que devemos garantir que recebem todo o cuidado adequado para que possam cumprir suas funções.

Em alguns casos, uma descuido pode alertar sobre problemas como diabetes, problemas cardíacos, ou transtornos circulatórios, por exemplo, caso comecem a descascar. Se isto acontecer, pode ser o sinal de que algo está errado com sua saúde ou que seu calçado está causado algum incômodo. São várias as causas que podem fazer com que surja esta alteração. Desde causas físicas até biológicas; todas são capazes de desencadear problemas caso não sejam tomadas as medidas adequadas para corrigi-las a tempo.

Esta alteração surge frequentemente em qualquer idade, sem distinção de raça ou sexo, e não costuma ser grave. Se você se pergunta "por que os pés estão descascando?", continue lendo o seguinte artigo do ONsalus e te explicaremos.

Também lhe pode interessar: Mãos descascando: o que pode ser

Pés descascando: o que pode ser

São muitas as causas que podem provocar pés descascando na sola, no calcanhar ou em diferentes partes do mesmo, entre as quais encontramos:

  • Idade: conforme as pessoas envelhecem, aumenta-se a possibilidade da pele se tornar seca ou perder a elasticidade devido a desidratação.
  • Transtornos hepáticos: o funcionamento irregular do fígado ou a presença de uma intoxicação pode originar a descamação e feridas nas plantas dos pés.
  • Transtornos alimentares: o surgimento de lesões descamativas pode ser o aviso de uma falta de nutrientes, especialmente das vitaminas como a A, C e E.
  • Hiperidrose: esta alteração é resultado de uma sudoração excessiva e está relacionada com temperaturas elevadas do corpo.
  • Micose na virilha: esta é uma infecção causada por fungos e que pode afetar a região da virilha, glúteos, coxas e plantas dos pés, provocando assim o descamar nas plantas dos pés.
  • Pé de atleta: é uma infecção resultado da contaminação por fungos que causa descamação, ardência e coceira na região da planta do pés.
  • Disidrose: é uma dermatose crônica que aparece nas palmas e dedos das mãos além das plantas dos pés. Inicialmente caracteriza-se pela presença de vesículas pruriginosas, depois aparecem lesões descamativas que podem evoluir para rachaduras ou fissuras, podendo causar infecções.
  • Eritrodermia: é uma variedade de psoríase, caracteriza-se por apresentar a pele avermelhada que leva à descamação da pele.
  • Desidratação: é uma condição que pode ocorrer devido a uma alteração metabólica, causando a lesão das camadas da pele, gerando assim uma descamação e, consequentemente, fazendo com que os pés fiquem descascados.
  • Queimaduras: o calor resultado da exposição dos pés à calçadas ou areia sob o sol pode afetar diretamente a pele dos mesmos, gerando queimaduras, irritação e dor que, em muitos casos, causa descamação e posterior infecção caso não sejam tomadas as medidas adequadas a tempo.
Pés descascando: o que pode ser - Pés descascando: o que pode ser

Pés descamando: como evitar

Existem muitas formas de manter os pés com uma boa aparência e, sobretudo, saudáveis para que não descamem, entre estas encontramos:

  • Nutrição adequada: é importante cuidar da alimentação e dar ao organismo os nutrientes necessários para seu correto funcionamento, como as vitaminas A, C e E. Também é importante consumir sucos de frutas, além de 2 litros de água diariamente para manter a pele hidratada.
  • Manter rigorosas medidas de higiene: lave os pés com água e sabonete diariamente para evitar as infecções causadas pela proliferação de fungos. Depois do banho, eles devem ser secados muito bem, especialmente entre os dedos.
  • Manter os pés hidratados: aplique cremes hidratantes duas vezes ao dia, desta forma se mantém a elasticidade da pele evitando o aparecimento de rachaduras, muito comuns em alguns tipos de pele; com isto se evitam infecções, calos ou marcas como pés ressecados e descamando.
  • Utilizar calçados e meias adequadas: pessoas que praticam algum esporte devem utilizar os calçados e meias apropriadas, desta forma evitarão atritos que provocariam lesões nos pés. As meias devem ser de algodão e não devem ficar muito justas na pele, uma vez que isto poderia machucá-la ou desgastá-la e possivelmente provocar pés despelando.
  • Evitar o excesso de sudoração nos pés: recomenda-se o uso de pós que diminuam ou evitem o excesso de suor, desta forma evita-se o aparecimento de processos infecciosos, resultado da proliferação de fungos nos pés.
  • Eliminar os calos: isto pode ser feito através da esfoliação com produtos indicados para isso, desta forma se eliminará a pele morta que origina a sola do pé descascando.

Pés descascando: como tratar

O tratamento das lesões que são originadas nos pés vão depender da causa que a gerou. Recomenda-se ir ao seu médico de confiança, ele será o encarregado por indicar o tratamento preciso de acordo com os sintomas que você apresentar.

Caso trate-se de um processo infeccioso causado por fungos, ele indicará antibióticos antifúngicos a fim de eliminar estes microrganismos. Siga as recomendações e você evitará o aparecimento destas lesões que preocupam e afetam os pés.

Se você também sofre desse problema, confira também o artigo - Mãos descascando: o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Pés descascando: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Escrever comentário sobre Pés descascando: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Sandrine
meu pé esta descascando em baixo o que fazer

Pés descascando: o que pode ser
1 de 2
Pés descascando: o que pode ser

Voltar ao topo da página