menu
Partilhar

Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento

 
Por Redação ONSalus. 7 janeiro 2022
Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento

Os incômodos na garganta são um problema muito frequente e podem não ser provocados por infecções, por isso que nem sempre você precisa recorrer aos antibióticos. As pontadas na garganta podem ser causadas por alergias, refluxo, problemas nas articulações da mandíbula, excesso de ressecamento no corpo, entre outras. É por isso que os tratamentos também devem ser diferentes para cada caso em específico.

Encontre tudo o que precisa saber neste artigo do ONsalus sobre as causas e o tratamento das pontadas na garganta.

Infecção na garganta

Embora nem sempre seja o motivo pelo qual dói a garganta, é verdade que se trata de um problema frequente, mas ainda assim nem todas as infecções da garganta são iguais:

  • Infecções virais: se as pontadas na garganta aparecem por causa de um vírus, pode ser que nos dias anteriores tenha começado a notar certo mal-estar em todo seu corpo, talvez um pouco de falta de apetite, dores no corpo, cabeça e até febre. Este quadro costuma vir acompanhado de secreções claras no nariz e, depois de alguns dias, pode notar rouquidão e tosse.
  • Infecções bacterianas: são menos frequentes que as virais e se caracterizam por virem acompanhadas de febre, mal-estar e muita irritação na garganta. Não costuma vir acompanhada de resfriados.

O que fazer?

Ambos processos devem ser tratados de formas diferentes. Se a infecção for viral, costuma regredir sozinha com o passar do tempo, basta esperar. É possível acalmar os incômodos com anti-inflamatórios ou antitérmicos ou também recorrendo à medicina natural utilizando, por exemplo, gengibre, com muitos bons resultados. Para utilizá-lo, basta fazer uma infusão. É preferível utilizar o gengibre seco ao invés do fresco, já que geralmente costuma ser melhor para a maioria das pessoas. Basta adicionar uma pitada de gengibre em pó a uma xícara com água quente e deixar em repouso por 5 minutos antes de bebê-lo. Você pode tomar até 3 xícaras ao dia.

Quanto à faringite bacteriana, é muito provável que precise de antibióticos, mas quem deve determinar isso é um(a) médico(a), já que o uso excessivo deste tipo de medicamento, ainda mais quando não são necessário, é prejudicial.

Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento - Infecção na garganta

Alergia

Se você costuma sentir pontadas na garganta anualmente ou surgem em certas épocas do ano (como a primavera ou o outono), é possível que a causa seja alérgica.

Costuma haver coceira nos olhos ou nariz, espirros, coceira na garganta, secreções nasais claras e, inclusive, episódios de tosse. Pode ter dor de garganta sentindo como se fossem pontadas e, inclusive, sentir que tem algo na garganta.

O que fazer

É muito importante se conhecer e perceber em quais momentos do ano a situação fica pior. Você pode recorrer a corticoides e antialérgicos, mas estará apenas omitindo os sintomas e não vendo a verdadeira causa do problema.

Embora existam substâncias pelas quais você possa ser mais sensível a ter uma reação descontrolada no seu corpo, em muitos casos isto pode ser prevenido adotando bons hábitos de vida.

Uma alimentação saudável, evitando o excesso de produtos refinados (farinhas, açúcar, sal) e alimentos processados é o ideal e é bom você prestar atenção a isso. Também deve evitar substâncias irritantes como o tabaco, álcool e café.

A prática de atividades físicas também é necessária, assim como o descanso adequado durante a noite.

Para prevenir os quadros de alergia, você também pode recorrer a terapias naturais. O consumo diário de 1 a 2 colheres de chá de mel, temperar os alimentos com uma 1 colher de chá de cúrcuma e o chá de gengibre são bastante úteis tanto para evitar as alergias quanto para melhorá-las quando surgirem com os sintomas de pontadas na garganta.

Refluxo gastroesofágico

A subida de conteúdo gástrico até a garganta e via respiratória provoca inflamação, irritação, sensação de ter algo na garganta, ressecamento, irritação, disfonia e, inclusive, pode causar rinosinusite e tosse crônica.

Certos comportamentos ou hábitos favorecem o surgimento destes problemas, como por exemplo:

  • Comer em excesso ou rapidamente.
  • Comer e logo em seguida se deitar.
  • Comer estando estressado.
  • Gerenciar mal as emoções.
  • Ter uma alimentação com muitos produtos processados, refinados, muito salgados, picantes ou ácidos.

Também existem alguns problema anatômicos que podem provocar o refluxo, como a hérnia de hiato ou o estômago em cascata, mas estes realmente são uma proporção muito pequena de casos em comparação com a grande quantidade de pessoas que citam incômodos deste tipo além das pontadas na garganta.

O que fazer?

Você pode recorrer a medicamentos que acalmem os sintomas do refluxo, como:

  • Medicamentos que diminuem a produção de ácido estomacal.
  • Antiácidos que inibem o ácido já secretado pelo estômago.

Você também pode se perguntar sobre as causas e tentar corrigir pouco a pouco seus hábitos para alcançar o bem-estar.

Além disso, existem remédios naturais eficazes para os casos de refluxo, como:

  • Chá de gengibre seco: 1 a 3 xícaras por dia durante no máximo um mês.
  • Ghee ou manteiga clarificada: na proporção de 1 colher de chá duas vezes ao dia.
  • Água de coentro: deixe de molho 1 colher de sopa de sementes de coentro, moídas na hora, com 6 colheres de sopa de água potável em temperatura ambiente por pelo menos 6 horas, em seguida filtre a água e beba-a.

Pontadas na garganta por ansiedade

A falta de relaxamento mental e um manejo ruim das emoções pode levar a um estado de ansiedade quase constante.

Isto faz com que o corpo e a mente fiquem em alerta constante provocando uma ativação do sistema nervoso autônomo simpático. Desta forma, o corpo tem reações constantes como se estivesse em risco. Isto é algo normal e favorável se nossa vida realmente está em perigo, por exemplo, se sofremos um acidente de trânsito, mas o que acontece quando o corpo não descansa desse estresse, isto é, quando a suposta ameaça se torna constante? O mal-estar é prolongado e pode gerar vários sintomas, como por exemplo:

  • Insônia ou dificuldade para dormir.
  • Ressecamento da boca.
  • Palpitações.
  • Agitação.
  • Falta de ar.
  • Sensação de pressão garganta ou peito.
  • Mal-estar digestivo de tudo que é tipo.

E, é claro, também pode causar as pontadas na garganta que tanto te incomodam.

O que fazer?

É fundamental procurar o motivo pelo qual você sente essa ansiedade e ver se realmente vale a pena colocar seu organismo nesse estado.

Na maioria das vezes, nós mesmos criamos nossos problemas, mantendo nossa mente atenta a estes temas sem lhe dar descanso, mas realmente são problemas?

Um problema é algo que precisa de uma solução imediata. Se você for capaz de resolvê-lo, faça isso tentando se incomodar o mínimo possível. E se ele não tem solução, é realmente um problema? Pensar em uma situação que não é capaz de resolver apenas ativa seu sistema de alerta e te prejudica.

Estabelecer prioridades, rever nossos hábitos e procurar métodos de relaxamento é fundamental para voltar a nosso eixo e impedir que a ansiedade vença o jogo.

Muitas vezes, é preciso buscar ajuda profissional para conseguir isso.

Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento - Pontadas na garganta por ansiedade

Tumor

É muito pouco frequente, mas a faringe também pode sofrer problemas mais complicados como um tumor, que pode causar pontadas na garganta. Muitas vezes, entre os sintomas podem aparecer:

  • Sensação de não poder engolir.
  • Falta de ar.
  • Sangramentos espontâneos.
  • Mau hálito.
  • Gosto ruim na boca.
  • Perda de peso.
  • Desconforto como dor e pontadas.

Costuma estar vinculada ao excesso de tabaco e álcool, assim como com o vírus do papiloma humano.

O que fazer?

Se você está em dúvida de qual é a causa das suas pontadas na garganta, convém consultar um(a) médico(a).

No caso de realmente ser um tumor, o tratamento dependerá do tamanho do mesmo e do quanto invade os tecidos. Pode ser sugerida uma cirurgia, tratamento com radioterapia ou quimioterapia.

Adotar hábitos de vida saudáveis pode ajudar com que este processo provoque uma menor quantidade de desequilíbrios no seu organismo.

Agora que você já sabe os possíveis motivos para as pontadas na garganta, talvez possa se interessar por este outro artigo sobre remédios caseiros para dor de garganta.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Ouvido, nariz e garganta.

Bibliografia
  • Sykes EA, Wu V, Beyea MM, Simpson MTW, Beyea JA. Pharyngitis: Approach to diagnosis and treatment. Can Fam Physician. 2020 Apr;66(4):251-257. PMID: 32273409; PMCID: PMC7145142.
  • Metri K, Bhargav H, Chowdhury P, Koka PS. Ayurveda for chemo-radiotherapy induced side effects in cancer patients. J Stem Cells. 2013;8(2):115-29. PMID: 24698988.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento
1 de 3
Sinto pontadas na garganta: causas e tratamento

Voltar ao topo da página