Partilhar

Coceira na vagina - Causas e tratamentos

 
Por Nelson Ferreira, Redator ONsalus. Atualizado: 28 março 2018
Coceira na vagina - Causas e tratamentos

Se você tem coceira nos lábios vaginais e sensação de irritação acompanhada, por vezes, de fluxo e secreções ou até mesmo sangramento por causa do prurido, é provável que se deva a alergias ou infecções. Estas condições geram desconforto no nosso dia a dia e nas relações sexuais e embora não sejam patologias graves, se não forem tratadas podem gerar problemas maiores. No ONsalus.com.br explicamos quais sãos as causas e tratamentos para a coceira na vagina.

Também lhe pode interessar: Espinha na vagina - causas e tratamentos

Causas da coceira na vagina

A coceira vaginal pode desenvolver-se pelos seguintes motivos:

  • Infecções ao ter relações sexuais: doenças de transmissão sexual como a gonorreia, a clamídia ou a tricomoníase podem ser uma das causas de coceira na vagina. Embora algumas pessoas não apresentem sintomas, quando os têm é comum a secreção e o odor vaginal e a dor ao urinar.
  • Vulvovaginite: é um problema bastante frequente que pode afetar tanto mulheres adultas como crianças e é causada geralmente pela falta de higiene. A vagina tem bactérias saudáveis e outras que não o são, a proliferação das que não são saudáveis é o que origina a vulvovaginite, o inchaço e infecção da vagina e vulva.
  • Candidíase: a candida é um fungo que vive na vagina e causa problemas quando cresce em excesso, as causas do seu crescimento podem dever-se aos anticoncepcionais, períodos prolongados de estresse ou antibióticos. No seguinte artigo encontrará todo o que deve saber sobre a candidíase vaginal - sintomas, causas e tratamento.
  • Menopausa: um dos sintomas da menopausa é que os níveis de estrogênio são menores, o que causa secura e inflamação e com isso, dor e coceira na vagina. Esta situação também pode apresentar-se se estiver amamentando.
  • Produtos químicos: a coceira e a irritação também pode acontecer devido a químicos que se utilizam para lavar a roupa, alergias ao látex, o uso de qualquer sabão ou gel de higiene íntima, papeis higiênicos perfumados e lenços umedecidos.
  • Outras causas: existem outras causas e condições que podem manifestar-se em forma de coceira e ardor na vagina. Entre estas causas menos comuns destacamos a roupa demasiado justa e que não seja absorvente, causando erupções na pele da vagina, as condições dermatológicas que se tenham expandido a essa região ou um tampão perdido que cause essa irritação, ardor e fluxo de odor forte.
Coceira na vagina - Causas e tratamentos - Causas da coceira na vagina

Vulvovaginite inespecífica

Pode acontecer em qualquer idade, mas é mais habitual entre as crianças que ainda não tenham passado a puberdade. Não há uma causa exata que a defina, mas acredita-se que se deve a uma higiene genital insuficiente.

Entre os seus sintomas, além da coceira e do ardor, destaca-se uma secreção de muito mau cheiro com uma cor esverdeada e marrom junto a uma irritação e inflamação dos lábios vaginais.

Acredita-se que a origem desta infecção poderia estar na multiplicação das bactérias presentes nas fezes e que possam propagar-se até a região vaginal ao limpar-se de trás para a frente depois de ir no banheiro.

Coceira na vagina - Causas e tratamentos - Vulvovaginite inespecífica

Tratamento para a coceira vaginal

Antes de recomendar algum tratamento deve saber exatamente qual é a causa que está provocando a coceira vaginal. Sem identificar qual é a causa da coceira e irritação vaginal será impossível poder atacar o problema. No entanto, no ONsalus mostramos a você algumas recomendações gerais que lhe serão úteis para aliviar a coceira enquanto combate a doença e os problemas adjacentes:

  • Diminua o consumo de açúcar, sobretudo de açúcar refinado. As leveduras como a candida, podem reproduzir-se se a a concentração de açúcar no sangue for alta.
  • Use roupa larga que permita a boa circulação de ar e respiração da região vaginal. Escolha roupa interior de algodão em vez de sintética, uma vez que retém a umidade e o calor e as leveduras reproduzem-se nestas condições.
  • Evite o uso de tampões durante a infecção. Da mesma forma não utilize duches vaginais, uma vez que estes acabam com as bactérias saudáveis que se encontram na vagina e são necessárias para o controlo da infecção.
  • Limpe a região genital corretamente ao tomar banho e depois de ir ao banheiro.
  • Também pode tomar um banho de assento com água morna para aliviar a coceira na vagina.
Coceira na vagina - Causas e tratamentos - Tratamento para a coceira vaginal

Quando deve ir ao médico?

Como temos vindo a dizer, é imprescindível que faça uma avaliação médica para saber qual é a causa exata da coceira vaginal. Se além disso apresenta outros sintomas como fluxo com odor forte, febre, ou ardor na vagina ao urinar, esta necessidade torna-se ainda mais urgente.

O especialista irá realizar biópsias, citologias ou cultivos para conhecer a causa da coceira na vagina de forma a poder prescrever um tratamento adequado a sua condição.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira na vagina - Causas e tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário sobre Coceira na vagina - Causas e tratamentos

O que lhe pareceu o artigo?

Coceira na vagina - Causas e tratamentos
1 de 4
Coceira na vagina - Causas e tratamentos

Voltar ao topo da página