Partilhar

Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento

Por Nídia do Carmo, Editora e redatora ONsalus. Atualizado: 6 junho 2019
Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento

São muitas as mulheres que, em algum momento da sua vida, disseram sentir uma sensação de coceira e ardência nos lábios vaginais que provoca um desconforto severo, tanto na vida diária quanto na íntima.

Esta alteração pode se dever a diversas causas que vão desde problemas alérgicos até doenças que colocam a saúde de quem a sofre em risco. Quando esta condição se apresenta, as relações sexuais podem ser muito afetadas, devido ao incômodo que surge durante o ato sexual.

Nesses casos, é ideal consultar um ginecologista, já que apenas ele poderá realizar o diagnóstico preciso da condição. Quer saber tudo sobre a irritação nos grandes lábios: causas e tratamento? Continue lendo este artigo do ONsalus e te explicaremos.

Irritação nos grandes lábios: origem

A ardência na vagina pode se apresentar em mulheres de qualquer idade, sendo mais comum em pessoas que têm uma vida sexual ativa. A presença de coceira e ardência na vagina, além de outras alterações, pode ser o início de um processo infeccioso na região da vulva ou da vagina que requer avaliação médica de um especialista, como é o caso do ginecologista que, após a avaliação, e de acordo com os sintomas, fará um diagnóstico e dirá o tratamento que é necessário.

É por isso que, assim que são notados os primeiros sintomas, é recomendado consultar um ginecologista para prevenir que esta condição piore e permitir que possa ser tratada o quanto antes.

Ardência vaginal: causas

São muitas as causas que podem provocar a sensação de assadura na vagina e irritação nos grandes lábios. Em seguida, te explicamos algumas das causas da irritação na vagina mais frequentes:

  • Lesões por contato ou alergias: o aumento da sensibilidade em algumas mulheres pode ser o resultado de alergia ou irritação nos grandes lábios genitais produto do uso de absorventes, tecido sintético da roupa íntima, sabonetes, amaciantes de roupas, papel higiênico ou uso de roupas justas no corpo. O atrito do contato íntimo durante as relações sexuais também pode causar a alteração, bem como uma alergia ao látex da camisinha ou até mesmo ao sêmen do parceiro.
  • Infecções vaginais: as infecções vaginais são muito comuns durante a vida sexual ativa, em especial as geradas por um fungo conhecido como Candida albicans que, apesar de habitar naturalmente a mucosa vaginal, em alguns casos se torna o causador de uma infecção vaginal conhecida como candidíase, levando à irritação e dor nos grandes lábios, o que pode ser muito desconfortável.
  • Transtornos hormonais: as alterações hormonais a que as mulheres estão sujeitas diariaente podem gerar esta alteração, especificamente durante a menopausa, após a extração dos ovários, depois da aplicação de radioterapia ou após o consumo de certos medicamentos que podem causar inflamações, irritação ou sensibilidade na região.
  • Vulvodínia: não se conhece a origem desta doença nem se sabe se é o resultado de um transtorno hormonal, nervoso ou de uma alteração do assoalho pélvico. O que se sabe é que causa ardência na vagina durante o contato íntimo.
  • Doenças de pele: existem doenças de pele que podem afetar qualquer região e mucosa, como a da vagina ou vulva. Algumas destas doenças são o pênfigo, o líquen plano ou o líquen simples, as quais tendem a prejudicar os lábios das genitais, podendo também ser responsáveis pelas queixas de assadura nas partes íntimas femininas.

Além das causas já mencionadas, existem outros fatores de risco que também podem acabar originando sensação de assadura na vagina:

  • O uso sanitário de protetores e absorventes para absorver o sangue durante o período menstrual.
  • Uso de roupa extremadamente justa sobre a região genital.
  • Bicicletas com assentos apertados podem causar lesões na pele, as quais estão associadas com os sintomas descritos.

Irritação nos grandes lábios: tratamento

Para iniciar o tratamento, é necessário consultar um ginecologista. O ginecologista é o especialista encarregado de tratar os órgãos genitais femininos. Através do histórico médico e do interrogatório dos antecedentes pessoais, ele conhecerá mais a fundo a condição da paciente. Com o exame físico, a presença de lesões será corroborada ou descartada e, desta forma, será feita a prescrição de acordo com os sintomas que o paciente apresenta.

Nos casos em que os sintomas são produto do uso de substâncias que causam alergia, devem-se utilizar medicamentos que permitem aliviar os sintomas como, por exemplo:

  • Antialérgicos.
  • Produtos de uso local, como anti-inflamatórios em pomada ginecológica para coceira e ardência.

No caso de que seja produto de infecções, a prescrição médica por parte da ginecologista é indispensável para combater os microrganismos que causam a doença, só assim poderão desaparecer. É por isso que se deverá recorrer, de acordo com o caso, ao uso de:

  • Antibióticos.
  • Antifúngicos.
  • Antivirais.

Quando a ardência for o produto de transtornos hormonais, o médico se encarregará de indicar um tratamento para repor o déficit hormonal que se apresenta, seja com medicamentos de uso oral ou tópico.

Se as lesões se originam devido a doenças cutâneas, o tratamento deve ser indicado e monitorado tanto pelo dermatologista quanto pela ginecologista. De acordo com a prescrição do médico e prévia avaliação da paciente seu tratamento poderá ser de aplicação tópica ou oral.

Os tratamentos naturais não tratam a causa subjacente, mas podem ser úteis na hora de aliviar os sintomas. Descubra os melhores remédios naturais para irritação nos grandes lábios nesse artigo.

Em alguns casos, é possível a requisição de estudos especializados que permitam chegar a um diagnóstico mais preciso, dentre eles se encontra o cultivo de secreções ou colheita de amostras de pele para sua avaliação. Nesta oportunidade, seu médico é quem decidirá qual é a terapia mais conveniente para você de acordo com o seu caso.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Referências

1. El Sevier. Cuidados de la zona íntima femenina. Disponible en: http://www.elsevier.es/es-revista-offarm-4-articulo-cuidados-zona-intima-femenina-13061798?referer=buscador

Escrever comentário sobre Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Junia Abreu
Qual a pomada ginecológica para coceira externa?

Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento
Irritação nos grandes lábios: causas e tratamento

Voltar ao topo da página