menu
Partilhar

Como desinflamar um tornozelo inchado

 
Por Magce Bonilla, Química. 3 maio 2022
Como desinflamar um tornozelo inchado

Está com o tornozelo inchado e quer saber o que fazer? Também conhecido como edema periférico, é um problema de saúde muito comum, especialmente, entre adultos mais velhos, sobretudo, mulheres. Este sintoma, em geral, está associado ao acúmulo de líquido nesta região e, em geral, surge por ficar muito tempo de pé.

Existem tratamentos simples que podem ser feitos em casa para aliviar a inflamação do tornozelo. Contudo, quando a inflamação persiste e vem acompanhada de outros sintomas, pode ser o sinal de uma situação de saúde mais séria, entre elas: insuficiência venosa, linfedema ou insuficiência renal, por isso que é necessário consultar um médico.

Se você quer saber como desinchar um tornozelo inchado, continue lendo este artigo do ONsalus para encontrar os tratamentos e remédios caseiros mais adequados e eficazes.

Causas do tornozelo inchado

A inflamação dos tornozelos ou edema pode ser devida à retenção de líquidos ou por causa de uma má circulação devido a alteração no equilíbrio de troca de líquidos nos membros inferiores.

São várias as causas desta condição, algumas não causam maior preocupação, são leves e com tratamento simples são resolvidas. Por outro lado, outras são mais sérias e podem manifestar sinais de alerta grave, que necessitam de atendimento médico o quanto antes.

Os motivos mais comuns pelos quais podemos sofrer de inflamação nos tornozelos são:

  • Varizes ou insuficiência venosa: doença benigna muito frequente que aparece quando o sangue não flui adequadamente pelo corpo. Existe uma insuficiência nas válvulas que impulsionam o sangue até o coração, ficando acumulado nas pernas e aumentando a pressão capilar nos membros inferiores.
  • Fatores de estilo de vida como o sedentarismo, sobrepeso, ingestão de alimentos com excesso de sal e sapatos inadequados contribuem com este tipo de doença.
  • Torções ou lesões nos pés podem causar inflamação nesta área do corpo, especificamente, os entorses causados pela tensão dos ligamentos.
  • Linfedema: aparece pela obstrução dos canais linfáticos. O líquido linfático fica acumulado nos tecidos e danifica os vasos linfáticos, dificultando a eliminação das toxinas do corpo, manifestando inchaço nos membros inferiores.
  • Uma infecção na região dos pés é uma causa séria. Geralmente, costuma causar inchaço nos tornozelos. As pessoas com neuropatia diabética, aquelas que apresentam danos nos nervos das pernas e pés estão mais propensas a contrair este tipo de infecção.
  • A trombose venosa, resultado da formação de coágulos no sangue, é uma situação complicada, que provoca o bloqueio das veias das pernas, e impossibilita a volta do sangue ao coração, causando inchaço nos pés e tornozelos.
  • As mudanças hormonais na gravidez podem provocar esta doença, especialmente, no último semestre. As mulheres grávidas, algumas vezes, apresentam retenção de líquido e um aumento na pressão das veias.
  • A pré-eclâmpsia é uma condição que pode surgir durante a gravidez ou depois do nascimento, especificamente, no decorrer do segundo trimestre. As mulheres tendem a reter líquido de forma descontrolada e sofrer de edema na região dos membros inferiores, além de ter uma tensão arterial elevada.
  • O efeito colateral de um medicamento pode provocar inflamação nos tornozelos, em especial, aqueles que causam retenção de líquidos, como hormônios, bloqueadores, esteroides, antidepressivos, entre outros.
  • A insuficiência renal faz com que seja difícil drenar e manter o equilíbrio de líquido, acumulando-o no corpo. Conforme a condição fica mais grave, aumentam-se as chances de ter inchaço na região dos pés e dos tornozelos.

E aí, está com o tornozelo inchado, então o que fazer? Continue lendo este artigo que na seção a seguir te contaremos.

Remédios caseiros para desinflamar um tornozelo inchado

São várias as soluções para desinflamar um tornozelo inchado. Sua eficácia dependerá das características do edema. Se o inchaço for pontual ou esporádico, os tratamentos para aliviar esta doença são simples e, em sua maioria, bem sucedidos. Algumas das soluções eficazes para reduzir o inchaço nos tornozelos de forma rápida e simples quando as causas são ocasionais e precisas são:

Perder peso

Se a pessoa tem sobrepeso, perder peso é uma forma de minimizar a inflamação dos membros inferiores, particularmente, aquelas pessoas que têm uma vida sedentária.

Tomar muita água

Tomar bastante água ajuda a desinchar os tornozelos. O recomendado é tomá-la com frequência, aproximadamente entre 8 e 10 copos por dia, assim o corpo permanecerá hidratado e você evitará a retenção de líquido. Assim, beber muita água é extremamente importante sobre o que fazer no caso de tornozelo inchado.

Dieta saudável e equilibrada

Uma dieta com pouco sal sempre é benéfica para a circulação do organismo. Diminuir a quantidade de sódio nos alimentos, frituras, embutidos e o consumo excessivo de alimentos refinados é o ideal. O melhor a se fazer para minimizar e eliminar o inchaço nos tornozelos é ter uma alimentação rica em verduras, legumes, frutas e cereais.

Exercícios regulares

Fazer exercícios de forma regular é fundamental para desinflamar os tornozelos inchados, pois melhora a circulação e evita a retenção de líquido no corpo. As caminhadas em intervalos de tempo moderado são eficazes, especialmente, se você fica de pé por muito tempo.

Erguer os pés

O que fazer em caso de tornozelo inchado de forma prática e que pode ter resultados rápidos é colocar os pés para o alto nivelados com o coração várias vezes ao dia reduz a inflamação dos mesmos. Isto é muito recomendado para mulheres grávidas durante sua gestação, já que tendem a reter líquido e a aumentar a pressão nas veias.

Usar meias de compressão

Este tipo de meias melhoram a circulação nas pernas e, por fim, reduzem a inflamação dos membros inferiores. Estas meias estão disponíveis em uma variedade de diferentes mm de mercúrio.

Massagens

Massagens leves desde o tornozelo até o quadril favorecem a circulação e ajudam com que o sangue volte ao coração. É uma solução muito simples para minimizar o edema nos tornozelos.

Sais de Epsom

Submergir os pés em água com sais de Epsom ajuda a diminuir o inchaço dos pés e tornozelos, diminuindo as toxinas presentes. É importante utilizar um sal que cumpra com os padrões estabelecidos pela Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA).

Suplementos de magnésio

Outra coisa que é possível fazer para melhorar o tornozelo inchado é consumir magnésio no dia a dia, especificamente, se a inflamação dos membros inferiores é resultado de uma deficiência deste mineral, por isso consumir amêndoas, tofu, brócolis, espinafre, abacate, etc., é uma boa escolha para lidar com este problema.

Como desinflamar um tornozelo inchado - Remédios caseiros para desinflamar um tornozelo inchado

Tratamentos específicos para um tornozelo inchado

Além disso, se o inchaço do tornozelo durar mais tempo é provável que esteja relacionado a uma doença que precisam de atendimento, neste caso, o mais adequado é consultar um médico para obter um diagnóstico preciso e aplicar o tratamento adequado.

Quando a inflamação é mais complicada porque demora para ser aliviada e há outros sintomas, como nos casos de trombose, entorse, infecção, pré-eclâmpsia ou insuficiências renais e hepáticas, os tratamentos são mais específicos e precisos, devendo serem avaliados por especialistas, como cardiologistas, obstetras, traumatologistas, nefrologistas, entre outros, conforme a particularidade da doença.

Lembre-se:

  • Os tornozelos inchados podem ser um problema hereditário. Pessoas com pais que sofrem desta condição têm maiores chances de desencadear esta dificuldade por predisposição genética.
  • A retenção frequente de líquidos no organismo pode manifestar um edema na região dos tornozelos e estar relacionada a problemas renais e, em alguns casos, a deficiências cardíacas, por isso que é indispensável consultar um médico imediatamente.
  • É sempre importante conhecer a causa do inchaço dos tornozelos para aplicar o tratamento ou soluções corretas através do especialista e evitar complicações.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como desinflamar um tornozelo inchado, recomendamos que entre na nossa categoria de Ossos, articulações e músculos.

Bibliografia
  • Medlineplus. Biblioteca Nacional de Medicina. (2020). Lesiones y enfermedades de tobillo. [Documento en línea]. Disponível em: <https://medlineplus.gov/spanish/ankleinjuriesanddisorders.html>. Acesso em 4 de maio de 2022.
  • Navas, M. y López, A. (2011). Insuficiencia venosa crónica. [Documento en línea]. Disponível em: <https://amf-semfyc.com/web/article/899>. Acesso em 4 de maio de 2022.
  • Revista Panamericana de salud pública El Edema de miembros inferiores. Disponível em: <https://scielosp.org/article/rpsp/1997.v2n1/57-58/es/>. Acesso em 4 de maio de 2022.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como desinflamar um tornozelo inchado
1 de 2
Como desinflamar um tornozelo inchado

Voltar ao topo da página