Partilhar

É possível engravidar com roupa íntima?

Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 16 julho 2019
É possível engravidar com roupa íntima?

Existem muitas dúvidas em relação à possibilidade de uma gravidez quando se realizam algumas práticas sexuais diferentes e modernas como, por exemplo, ter relações sexuais usando roupa íntima. Aqueles que a praticam buscam, além de não cair na rotina, se divertir em casal e que seja prazeroso para os dois.

A incerteza que existe é se realizando este tipo de jogos realmente existe a possibilidade de uma gravidez. Como o espermatozoide precisa de um ambiente específico para conseguir sobreviver e fecundar o óvulo, ter relações sexuais usando roupa íntima não representa uma prática perigosa para quem não deseja engravidar. A fecundação se dará sempre e quando o sêmen entrar em contato direto com a vagina. O desconhecimento de como funciona o sistema reprodutor leva a criar falsos mitos sobre este tema.

Por isso, neste artigo do ONsalus te esclareceremos as dúvidas e responderemos a pergunta: É possível engravidar com roupa íntima?

Também lhe pode interessar: Anticoncepcional é seguro?

É possível engravidar com roupa íntima?

Muitos casais experimentam diferentes práticas sexuais para sair da rotina e se divertir, e uma destas práticas consiste em ter sexo com roupa.

Se você não utiliza um método anticoncepcional seguro, a fertilização será facilmente realizada quando o esperma alcançar o óvulo, portanto você tem que se precaver se quiser evitar uma gravidez. Não obstante, o fato de ficar grávida tendo relações sexuais usando roupa íntima é apenas um mito que vale a pena esclarecer.

Para poder sobreviver, o espermatozoide precisa de um ambiente úmido que não o desidrate rapidamente, é por isso que tendo relações sexuais vestida as possibilidades de uma gravidez são pouco prováveis (mas não impossíveis).

Para o espermatozoide conseguir fecundar o óvulo e para que haja uma gravidez, precisará do muco cervical que fica no interior da vagina. Este permite que o ele se movimente dentro dela até as trompas de Falópio, lugar onde ocorre a fecundação. O sêmen que fica depositado na vagina após a ejaculação atravessará o útero até o local da fecundação, contudo, dos milhões de espermatozoides, apenas um será o mais rápido e que conseguirá atravessar a membrana plasmática do óvulo para ser fecundado.

Qual é o tempo de sobrevivência dos espermatozoides?

Para continuar esclarecendo a dúvida sobre se é possível engravidar se esfregando com roupa, devemos conhecer as características que o ambiente deve ter para que um espermatozoide possa fecundar e gerar uma gravidez.

Se o sêmen é liberado fora da vagina, o tempo de sobrevivência dos espermatozoides é de apenas alguns minutos, as agressivas condições ambientes fazem com que eles se desidratem e morram sem terem fecundado um óvulo (na trompa de Falópio no interior da mulher).

Quando a ejaculação ocorre fora da vagina e usando roupas íntimas, o tempo de sobrevivência do espermatozoide é muito curto e durará somente o tempo do líquido seminal secar, que é justamente o tempo no qual os espermatozoides podem sobreviver. Desta forma, será improvável que algum deles penetre por conta própria na vagina e suba até o útero e a trompa de Falópio para conseguir fecundar o óvulo.

Pelo contrário, se o espermatozoide é liberado no interior da vagina, estes tendem a sobreviver aproximadamente 72 horas, esse é o tempo que eles possuem de capacidade reprodutiva. É neste ambiente que o pH é ótimo para que os espermatozoides não morram até passar este período em que pode haver a fecundação. O pH é favorável durante os dias de ovulação da mulher, onde será superior a 6. Nesta etapa, a vagina também conta com uma temperatura ótima para a sobrevivência dos espermatozoides, por volta de 37 e 37,5°C.

É possível engravidar com roupa íntima? - Qual é o tempo de sobrevivência dos espermatozoides?

É possível engravidar se esfregando com roupa ou petting

Embora a prática de relações sexuais com roupa exista há muitos anos, aproximadamente desde os anos 70, atualmente está no seu auge devido ao fato de que os adolescentes têm muito mais medo de ter uma gravidez ou contrair alguma DST.

Hoje em dia, esta prática sexual usando roupas íntimas é conhecida como petting e praticá-la tem suas vantagens:

  • É considerada uma terapia sexual para os casais, melhorando a anorgasmia ou a impotência sexual.
  • Aumenta o desejo sexual, já que esta prática permite despertar a imaginação afim de alcançar o prazer.
  • É, além disso, uma prática relativamente segura para evitar uma DST, já que não há contato direto com a região íntima, baseia-se em beijar, acariciar e esfregar o corpo da parceira.

Como prevenir uma gravidez depois de ter relações sexuais?

Existem muitas formas eficazes de evitar uma gravidez indesejada, a melhor é utilizar o método anticoncepcional de rotina escolhido pelo casal, seja a pílula anticoncepcional, preservativos masculinos e femininos ou dispositivos intrauterinos.

Qualquer um destes métodos deve ser definido através de um planejamento familiar, no entanto, como prevenir uma gravidez depois de ter relações sexuais? Existe uma pílula de emergência que permite evitar uma gravidez se você teve uma relação sexual sem proteção na qual o sêmen foi ejaculado no interior da vagina.

Através da pílula do dia seguinte, você pode evitar uma gravidez até 72 horas após as relações sem proteção, é eficaz em até 85% para prevenir a fecundação. Atua basicamente atrasando ou evitando a ovulação, não é uma pílula abortiva, portanto, não age impedindo uma gravidez que já ocorreu.

Não se deve considerar um método de rotina devido ao fato de que o abuso dela pode levar a outros problemas, como a infertilidade. O uso desta pílula também pode levar a modificações no ciclo menstrual como, por exemplo, atrasar o ciclo em 1 semana.

A aceitação da AE (anticoncepcional de emergência) aumentou desde sua aprovação e seu uso passou de 0,9 a 2,2%. 17,8% das mulheres entre 15 e 19 anos de idade a utilizam, 15,5% de 20 a 24 anos, 9,2% de 25 a 29 anos, 4,9% de 30 a 44 anos, de acordo com a Revista do Hospital Juárez de México[1].

A forma mais segura de evitar uma gravidez é a abstinência ou o uso de anticoncepcionais que cumpram com as características básicas de eficácia, segurança, aceitabilidade, facilidade de uso, disponibilidade e reversibilidade. Se você tem dúvidas em relação a este assunto, é recomendável consultar com um ginecologista.

É possível engravidar com roupa íntima? - Como prevenir uma gravidez depois de ter relações sexuais?

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a É possível engravidar com roupa íntima?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sexualidade.

Referências
  1. Vargas-Hernández, V. M., Ferrer-Arreola, L. P., Tovar-Rodríguez, J. M., & Macías-Heredia, M. T. (2017). Anticoncepción de emergencia. Revista del Hospital Juárez de México, 83(4), 148-156.

Vídeos de É possível engravidar com roupa íntima?

Vídeos de É possível engravidar com roupa íntima?

Escrever comentário sobre É possível engravidar com roupa íntima?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Melanie
é possível engravidar com roupa jeans?

É possível engravidar com roupa íntima?
1 de 3
É possível engravidar com roupa íntima?

Voltar ao topo da página