menu
Partilhar

Enxaqueca com aura: causas e tratamento

 
Por Redação ONSalus. 26 abril 2021
Enxaqueca com aura: causas e tratamento

A enxaqueca é um transtorno neurológico que envolve dores de cabeça podendo vir acompanhadas de náuseas, vômitos e sensibilidade à luz e ao som. Na maioria das pessoas que sofrem de enxaqueca, a dor é muito forte e pulsante, sendo geralmente localizada em apenas um lado da cabeça, podendo se irradiar até um olho. A enxaqueca pode aparecer e durar várias semanas, mas também pode se manifestar como um mal-estar pontual que cessa rapidamente com o tratamento indicado pelo neurologista. Tratar corretamente a enxaqueca e saber como agir no caso dela aparecer é indispensável para prevenir as dores de cabeça constantes.

Existem diferentes tipos de enxaquecas, as quais são classificadas em dois grupos: enxaqueca sem aura, que é a mais comum, e enxaqueca com aura, que vem acompanhada de outros sintomas, os quais são desencadeados pelo sistema nervoso. Neste artigo do ONsalus você poderá conhecer a fundo em quê consiste a enxaqueca com aura, suas causas e tratamentos.

Também lhe pode interessar: Alimentos para evitar enxaqueca

Tipos de enxaqueca

A seguir, mostraremos os diferentes tipos de enxaqueca e suas principais características:

  • Enxaqueca sem aura: aparece de forma repentina sem apresentar sintomas anteriores. A dor pode se intensificar caso não seja feito o tratamento indicado pelo neurologista a tempo.
  • Enxaqueca com aura: caracteriza-se por, além dos sintomas típicos das enxaquecas, vir acompanhada de luzes, flashes ou manchas nas vistas que podem interferir na visão.
  • Enxaqueca crônica: pode ser com ou sem aura. Em geral, dura mais de duas semanas podendo, inclusive, durar um mês. É mais comum em pessoas que sofrem de transtornos do sono, depressão, ansiedade e sobrepeso.
  • Enxaqueca hemiplégica: como seu nome diz, esta enxaqueca vem acompanhada de hemiplégias, tais como formigamento ou incapacidade de mover alguma parte do corpo durante alguns minutos.
  • Enxaqueca aura somatossensorial: é uma enxaqueca totalmente previsível, porque os sintomas que a caracterizam se manifestam antes da dor de cabeça. Os sintomas são formigamento, fome, mau humor e incapacidade de mover alguma parte do corpo.

O que é enxaqueca com aura

É um tipo de enxaqueca que aparece acompanhada de sintomas derivados de uma alteração do sistema nervoso, as quais são conhecidas como aura. A aura é um aviso de que a enxaqueca está para começar e normalmente se manifesta através da visão da seguinte forma:

  • Ponto de cegueira temporário ou manchas coloridas;
  • Forte dor ocular;
  • Visão embaçada;
  • A pessoa pode chegar a ver estrelas, linhas ou flashes de luz e, por este motivo, este tipo de doença é conhecido pelo nome de enxaqueca com aura;
  • Também pode ver um túnel, o qual faz com que a pessoa veja somente objetos que estejam mais próximos do campo visual.

A enxaqueca com aura pode ser diferente ou se manifestar de formas diferentes, dependendo dos sintomas desencadeados pelo sistema nervoso de cada pessoa. Por este motivo, também estão associados a esta condição a presença de bocejos, dificuldade de se concentrar, náuseas, tonturas, adormecimento, formigamento e dificuldade para encontrar as palavras corretas que deseja falar. Em geral, a aura e todas as manifestações nervosas que a acompanham costumam aparecer entre 10 e 15 minutos antes da dor de cabeça. Em alguns casos, o mal-estar pode começar 24 horas antes da dor de cabeça.

As dores de cabeça da enxaqueca com aura começam de forma repentina e pioram em questão de minutos, além disso:

  • São pulsantes, palpitantes e a pessoa costuma dizer que sente como se estivesse batendo a cabeça.
  • São mais fortes em um lado da cabeça.
  • Vêm acompanhadas de dor na parte de trás de um olho ou na parte de trás do pescoço.
  • Podem durar de 6 a 48 horas.

Somado a isto, as enxaquecas com aura e demais tipos desta condição podem vir acompanhadas de:

  • Calafrios e fadiga;
  • Perda de apetite;
  • Vontade frequente de urinar;
  • Náuseas e vômitos;
  • Suor;
  • Sensibilidade à luz e ao som.

Depois de uma crise de enxaqueca, existem alguns sintomas que podem persistir antes que a pessoa esteja totalmente recuperada. Em geral, se trata de cansaço mental, confusão, necessidade de dormir e dores no pescoço.

Enxaqueca com aura: causas e tratamento - O que é enxaqueca com aura

Causas da enxaqueca com aura

A enxaqueca é consequência de uma atividade anormal no cérebro que pode ser causada por diversos fatores, mas sua origem exata é desconhecida. Alguns especialistas médicos afirmam que esta doença se deve a uma dilatação e constrição dos vasos sanguíneos da cabeça, que afetam e alteram o funcionamento dos nervos e substâncias químicas, afetando o fluxo sanguíneo do cérebro e seus tecidos.

Em geral, as enxaquecas começam a se manifestar entre os 10 e 45 anos de idade, no entanto, costumam ser hereditárias e são mais comuns no sexo feminino. Ainda assim, existem alguns fatores que podem intervir no desenvolvimento de um surto de enxaqueca. Reconhecê-los e evitá-los é importante para prevenir a enxaqueca com aura:

  • O chocolate e o vinho tinto;
  • Episódios de muito estresse ou emoções fortes;
  • Cansaço crônico;
  • Mudanças na temperatura;
  • Desordens hormonais:
  • Reações alérgicas;
  • Abstinência de cafeína;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Transtornos do sono;
  • Praticar exercícios;
  • Odores fortes, perfumes, exposição à fumaça de tabaco;
  • Pular as refeições.

Também foi demonstrado que há uma predisposição para o início da enxaqueca com aura quando as pessoas que costumam tê-las consomem algum destes alimentos:

  • Laticínios, especialmente os queijos.
  • Qualquer produto ou alimento que contenha glutamato monossódico.
  • Amendoins, nozes, sementes e grandes parte dos frutas secas.
  • Alimentos temperados, fermentados, marinados ou muito condimentados.
  • Cebolas.
  • Carnes ricas em nitrato, como o bacon, salsicha, salame e carnes cruas.
  • Abacate, banana, frutas cítricas.
  • Alimentos com tiramina: peixe defumado, queijo curado, fígado e figos.
  • Descubra os melhores alimentos para a enxaqueca neste artigo do ONsalus.
Enxaqueca com aura: causas e tratamento - Causas da enxaqueca com aura

Tratamento da enxaqueca com aura

Cada pessoa é diferente e em cada pessoa a enxaqueca com aura pode se manifestar de forma diferente ou pode ser causada por diferentes fatores. Portanto, é essencial visitar um neurologista para que ele examine profundamente a atividade cerebral e, junto com a pessoa, ir descobrindo quais são os gatilhos que fazem com que os surtos apareçam. Em geral, os especialistas recomendam manter um diário de enxaquecas, onde a pessoa anote o que comeu, tomou, fez ou mudou antes da dor de cabeça aparecer, a fim de comparar cada episódio e ir determinando as causas mais frequentes.

Infelizmente, até o momento a enxaqueca é uma condição que não tem cura, portanto o tratamento consiste em aliviar os sintomas e prevenir os surtos identificando os fatores desencadeantes, para dar à pessoa uma melhor qualidade de vida. Quando os surtos de enxaqueca com aura são muito constantes, é comum que o médico prescreva uma série de medicamentos como antidepressivos, anticonvulsivos e anti-hipertensivos para prevenir os episódios e reduzir a quantidade de enxaquecas.

Como tratar uma crise de enxaqueca com aura

A seguir, te damos uma série de conselhos úteis para que possa tratar os sintomas da enxaqueca:

  • A primeira coisa que você deve fazer assim que começar a sentir os sintomas da enxaqueca com aura é adquirir imediatamente o medicamento indicado pelo seu neurologista para prevenir o aparecimento da dor de cabeça ou pelo menos fazer com que ela não seja tão intensa.
  • Se está com náuseas ou vômito, evite consumir qualquer tipo de alimento.
  • Deite-se em um lugar escuro e em silêncio até o mal-estar passar.
  • Tente se manter calmo para evitar que o estresse causado pelo mal-estar piore os sintomas.
  • Se a enxaqueca não melhorar após dois dias e fazendo todo o tratamento indicado pelo seu médico, vá ao hospital.
  • Se sentir que está com dificuldade para falar, tem perda do equilíbrio, a dor de cabeça é diferente das anteriores ou é mais aguda ao se deitar, vá para o posto de saúde mais próximo o quanto antes.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Enxaqueca com aura: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Cérebro e nervos.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Enxaqueca com aura: causas e tratamento
1 de 3
Enxaqueca com aura: causas e tratamento

Voltar ao topo da página