Partilhar

Pontadas na cabeça: o que pode ser?

Por Nídia do Carmo, Editora e redatora ONsalus. Atualizado: 26 novembro 2018
Pontadas na cabeça: o que pode ser?

A causa mais frequente das consultas médicas de neurologia é a dor de cabeça, já que muitos pacientes se preocupam com este transtorno é constante, temendo principalmente que estejam sofrendo de algo grave. Sempre que a dor não surja de forma repentina e com grande intensidade ou que não existam outros sintomas adicionais, é muito provável que as pontadas na cabeça sejam provocadas por uma cefaleia comum ou por uma enxaqueca. Contudo, consultar um especialista para fazer uma bateria de exames pode ajudar a interpretar o seu estado de saúde e confirmar um diagnóstico. Nesse artigo do ONsalus, explicamos as causas das pontadas na cabeça e indicamos quando é necessário consultar um médico om urgência.

Também lhe pode interessar: O que causa dor de cabeça?

Cefaleia tensional, a causa mais frequente de dor de cabeça

A cefaleia tensional é uma das consultas neurológicas mais frequentes, podendo também ser uma causa das pontadas na cabeça. Este tipo de dor de cabeça é provocado pelo estresse, a tensão, insônia ou falta de descanso, problemas com bruxismo, fumar em excesso ou consumir muito álcool ou cafeína.

Este tipo de dor de cabeça é caracterizado por uma pressão generalizada em torno da cabeça que também provoca tensão no pescoço, no rosto e no couro cabeludo. Embora possa irradiar para a testa, a dor também pode se concentrar em uma das laterais da cabeça ou se estender para as fontes e provocar um desconforto ou pontadas conhecidos como cefaleia com pontadas. É uma dor leve a moderada que não é acompanhada de outros sintomas como náuseas, vômitos ou alterações na visão.

A cefaleia tensional costuma surgir no final do dia, quando o estresse e a fadiga se acumulam no nosso corpo, embora também se possa manifestar ao acordar após uma noite mal dormida. Para evitar este tipo de episódios, é importante controlar a tensão no dia a dia, descansar corretamente e procurar a ajuda de um dentista em caso de bruxismo, já que o uso de uma férula é o único método eficaz para prevenir o desconforto. Os analgésicos de venda livre podem ajudar a acalmar a dor, embora nem sempre sejam eficazes.

Pontadas na cabeça: o que pode ser? - Cefaleia tensional, a causa mais frequente de dor de cabeça

Cefaleia vascular, outra causa comum

As cefaleias vasculares dizem respeito a um grupo de dores de cabeça que contam com sintomas particulares dependendo da sua origem. Nesse grupo, encontramos a enxaquecam a cefaleia em salvas ou a tóxica, esta última associada a patologias que provocam febre como a pneumonia ou a amigdalite e que desaparece assim que se trata a condição. As cefaleias vasculares podem ser uma das causas das pontadas na cabeça. Por esse motivo, se os seus sintomas coincidem com os padecimentos descritos em seguida, recomendamos que você consulte um neurólogo para um diagnóstico profissional.

Enxaqueca

A enxaqueca é a cefaleia vascular mais comum, afetando maioritariamente mulheres. Costuma surgir pela primeira vez na adolescência ou no início da idade adulta. É uma dor intensa e pulsátil localizada, normalmente, em uma das laterais da cabeça, apresentando também outros sintomas como:

  • Alteração da visão, sensação de ver auras.
  • Náuseas e vômitos.
  • Intolerância à luz.
  • Dor que aumenta com movimentos bruscos e exercício.
  • O desconforto pode ser moderado ou severo, provocando incapacidade de fazer atividades cotidianas.

Cefaleia em salvas

Esse tipo de dor de cabeça se apresenta apenas em um lado da cabeça e se manifesta através de pontadas dolorosas na cabeça que surgem por temporadas e sempre no mesmo horário, podendo acometer o paciente várias vezes no mesmo dia. As salvas podem se manifestar por períodos que variam entre uma semana seguida e 3 meses contínuos, parando para logo voltarem de novo noutra temporada do ano. São períodos curtos de dor que variam entre 30 e 60 minutos.

Este tipo de desconforto é mais comum em pessoas entre os 35 e 40 anos, especialmente em homens, e pode ter início em períodos de muito estresse, por consumo excessivo de álcool ou devido à pressão arterial alta. Em alguns casos pontuais, a condição se torna crônica e o paciente nunca deixa de ter episódios de salvas.

Pontadas na cabeça: o que pode ser? - Cefaleia vascular, outra causa comum

Sintomas que indicam um problema mais grave

As pontadas na cabeça são, na sua maioria, provocadas pelas patologias mencionadas anteriormente. Estas condições devem ser diagnosticadas por um neurólogo que indicará o tratamento adequado para evitá-las. Embora, na maioria dos casos, não exista um motivo de grande preocupação, é importante conhecer os sintomas que indicam que é necessário consultar um médico com urgência:

  • Dor que aparece repentinamente e com muita intensidade sem o paciente ter sentido algo semelhante antes.
  • A dor piora com movimentos como agachar, tossir ou deitar.
  • A dor aumenta em 24 horas ou se prolonga por mais de 4 dias.
  • Confusão ou desmaios.
  • Dificuldade para articular as palavras ou fazer certos movimentos.
  • Rigidez na nuca e dor no pescoço, um sintoma de meningite viral ou bacteriana.
  • Presença de outros sinais como febre, náuseas, vômitos ou erupções na pele.
  • Convulsões.
Pontadas na cabeça: o que pode ser? - Sintomas que indicam um problema mais grave

Conselhos para prevenir as dores de cabeça

Fazer algumas alterações na sua rotina diária e nos seus hábitos alimentares pode ajudar a prevenir dores de cabeça e a evitar o desconforto associado, por isso no ONsalus recomendamos:

  • Controlar a tensão no seu dia a dia. Fazer exercício frequentemente é uma boa forma de diminuir o estresse, manter o organismo saudável e reduzir os episódios de cefaleia tensional.
  • Manter uma alimentação saudável e comer sempre no mesmo horário ajuda a evitar as dores de cabeça por falta de alimento. Além disso, é conveniente evitar os ingredientes que provocam enxaqueca - confira quais são no artigo alimentos para evitar enxaqueca.
  • Não esqueça de se hidratar corretamente, bebendo 2 litros de água por dia. A desidratação é um dos fatores desencadeantes das dores de cabeça.
  • Descansar corretamente, evitar noites em branco e contactar um profissional em caso de insônia frequente.
  • Evitar fumar, consumir álcool em excesso e alimentos ricos em cafeína, já que estes hábitos aumentam a possibilidade de sofrer desse tipo de desconforto.

Se você sente pontadas na cabeça, no olho, na testa ou desconforto contínuo, não hesite em consultar um especialista.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Pontadas na cabeça: o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Cérebro e nervos.

Escrever comentário sobre Pontadas na cabeça: o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Cida Mendonça
O que pode ser dor na cabeça do lado esquerdo?

Pontadas na cabeça: o que pode ser?
1 de 4
Pontadas na cabeça: o que pode ser?

Voltar ao topo da página