Partilhar

Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros

Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros

A herpes genital é uma doença sexualmente transmissível causada pelo vírus da herpes simples tipo 1 e 2, que pode ser transmitido através do sexo oral ou da troca de fluidos gerados em encontros sexuais sem proteção. Se trata de uma condição que nem sempre é fácil de detectar, no entanto é importante fazer os exames necessários a fim de evitar contagiar futuros parceiros e garantir a própria saúde íntima em simultâneo. Neste artigo do ONsalus, te explicamos em detalhe a forma de contágio, os sintomas e os tratamentos da herpes genital, incluindo remédios caseiros e muitas outras informações.

Também lhe pode interessar: Remédios caseiros para a irritação vaginal

Herpes genital: transmissão

O contágio da herpes genital pode ser causado por dois tipos de vírus:

  • Herpes simples tipo 1: normalmente afeta a boca e os lábios, no entanto, se o portador fizer sexo oral enquanto as feridas estão presentes, pode transmitir o vírus para a região genital.
  • Herpes simples tipo 2: é a causadora propriamente dita da herpes genital e é transmitida através do contato sexual.

Esta doença sexualmente transmissível (DST) é contagiada através da penetração vaginal ou anal sem proteção, assim como o sexo oral com alguém com esta condição. Nos casos de ambos os tipos de vírus, quando o portador nesse momento possui feridas que não estão secas, o líquido das mesmas transmitirá o vírus em contato com a pele. Além disso, o vírus também pode ser transmitido mesmo que não existam feridas, portanto, muitas vezes o portador nem sabe que possui esta condição.

Sintomas de herpes genital

Assim como acontece com outras DST, como a clamídia ou a gonorreia, muitas vezes a herpes genital não apresenta sintomas nem feridas ou, no caso de aparecerem algumas manifestações, é comum que a pessoa afetada as confunda com outra condição sem lhes prestar a devida atenção.

O primeiro surto de herpes genital, que costuma se apresentar entre 2 dias e 2 semanas depois do contágio, pode apresentar sintomas que costumam ser confundidos com os de uma gripe, entre eles se manifestam:

  • Febre.
  • Mal-estar geral.
  • Dores musculares, especialmente na lombar, glúteos, coxas e joelhos.
  • Inflamação e desconforto nos gânglios linfáticos da virilha.

Além destes, também é possível apresentar estes sinais nos genitais:

  • Nas mulheres: pequenas e dolorosas bolhas nos lábios externos, na vagina, em redor do ânus, nos glúteos ou nas coxas.
  • Nos homens: bolhas igualmente pequenas e dolorosas localizadas no pênis, escroto, em redor do ânus, nos glúteos ou nas coxas.

As bolhas são dolorosas e estão cheias de um líquido claro, prévio ao seu aparecimento o paciente pode sentir dor, ardência e comichão na área, similar ao que se sente nos casos de herpes labial ou bucal. Estes sintomas surgirão toda vez que houver um surto, contudo eles costumam ser de menor intensidade.

Caso se detecte o aparecimento deste tipo de bolhas nas áreas descritas anteriormente, é essencial suspender qualquer tipo de encontro sexual e consultar imediatamente um ginecologista ou urologista, de acordo com o seu caso.

Herpes genital tem cura?

Infelizmente e, assim como ocorre com outros tipos de herpes, a herpes genital não tem cura, e os tratamentos empregados são usados para reduzir a intensidade ou frequência dos surtos. Podemos então concluir que não existe um tratamento definitivo para herpes genital, mas existem soluções eficazes para controlar a condição. Continue lendo para saber mais sobre cada um deles.

Tratamentos para herpes genital

Os medicamentos comumente receitados para esta condição são pomadas para herpes genital antivirais como o aciclovir ou o valaciclovir, que ajudam a diminuir a ardência, dor e desconforto gerados pelas bolhas. Em alguns casos, podem ser receitados por um longo período de tempo para diminuir a frequência ou duração dos surtos quando estes surgem muito frequentemente.

Muitas pessoas que têm herpes genital sofrem com um único surto e não voltam a tê-lo nunca mais, enquanto que outras têm os sintomas com certa frequência. Nesses casos o tratamento deve ser iniciado apenas quando aparecerem as primeiras irritações. Deve-se evitar todo tipo de contato sexual durante estes episódios, além disso, é oportuno informar sua parceira que você sofre desta condição para tomar as medidas necessárias.

Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros - Tratamentos para herpes genital

Herpes genital: tratamento caseiro

Por ser uma condição tão incômoda, muitas pessoas buscam um remédio para herpes genital que possa ser preparado em casa. Contudo, devemos ter em conta que o uso de tratamentos caseiros deve ser sempre aprovado por um médico antes da sua administração. Para ajudar a aliviar a dor e o desconforto, indicamos os 11 melhores remédios caseiros para herpes genital:

  • Extrato de própolis: Aplique 4 gotas sobre as feridas 3 vezes ao dia para obter melhoras e acelerar a cicatrização.
  • Chá de amora: Coloque 5 folhas de amoreira picadas em uma panela com 300 ml de água e ferva por 5 minutos. Deixe esfriar um pouco e aplique a infusão morna nas lesões.
  • Alho: O tratamento caseiro com algo para herpes genital é bastante popular. Esse antibiótico natural pode ser aplicado diretamente nas feridas, cortado pela metade, ou aplicado em pasta.
  • Chá de salsaparrilha: Prepare uma infusão com 20 gramas de folhas de salsaparrilhas secas para uma xícara de água e passe nas feridas entre 2 e 3 vezes por dia, além de consumir 3 vezes por dia.
  • Óleo de rícino: aplique 3 gotas diretamente nas ferias para impedir a proliferação de bactérias e secar as feridas da herpes genital.
  • Levedura de cerveja: Consuma a levedura de cerveja diariamente, misturando na sopa, macarrão, sucos, etc., ou aplique diretamente nas feridas.
  • Chá de camomila: beba ou passe o chá de camomila na pele da zona afetada.
  • Óleo de melaleuca: Com propriedades germicidas, antissépticas, antibacterianas e anti-inflamatórias, o óleo de melaleuca pode ser usado nas lesões pra diminuir o desconforto e agilizar a recuperação.
  • Chá preto: para reduzir a sensação de ardência e a coceira, aplique chá preto nas lesões da herpes fenital entre 2 e 3 vezes por dia, usando 2 sachês de chá preto para 500 ml de água.
  • Xarope de Bardana: Prepare o xarope caseiro de bardana colocando misturando 1 colher de sopa de bardana e uma xícara de água em uma panela. Deixe ferver por 5 minutos e junte uma xícara de mel. Misture bem, deixe esfriar e tome 3 vezes por dia.
  • Chá de flores de calêndula: Embeber pedaços de algodão com chá de calêndula e aplicar na zona afetada pela herpes genital 3 vezes por dia ajuda a combater os sintomas. A proporção é de duas colheres de chá de flores de calêndula secas para 150 ml de água.

Herpes genital: prevenção

Depois de ser diagnosticado com esta condição é fundamental informar o seu parceiro ou parceira, mesmo que você nunca tenha manifestado os sintomas. Além disso, e afim de evitar contagiar mais pessoas, é oportuno:

  • Evitar o contato íntimo e sexual quando se apresentarem os surtos desta condição, ou quando começar a manifestar os sinais que indicam um futuro aparecimento dos sintomas.
  • Usar preservativo de látex, tanto masculino quanto feminino, nos encontros sexuais ajuda a prevenir a infecção, pois existe a possibilidade de que o vírus seja transmitido mesmo que não haja bolhas.
  • Se também manifestar herpes bucal ou labial, deve-se limitar o contato íntimo especialmente com a área genital.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Bibliografia
  • KAYE, Kenneth M. Herpes genital. Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/doen%C3%A7as-infecciosas/herpes-v%C3%ADrus/herpes-genital>. Acesso em: 17 jan. 2019.

Escrever comentário sobre Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Rogerio Dantas
A herpes genital tem tratamento caseiro com bicarbonato?

Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros
1 de 2
Herpes genital: sintomas, tratamento e remédios caseiros

Voltar ao topo da página