Partilhar

Para que serve Albendazol e como tomar

 
Por Leonardo Simon. 27 julho 2020
Para que serve Albendazol e como tomar

O Albendazol é um medicamento antiparasitário e anti-helmíntico pertencente à mesma classe dos benzimidazóis. Além disso, o Albendazol faz parte do grupo de medicamentos que a Organização Mundial da Saúde considera como essenciais, graças ao fato de ser um medicamento de amplo espectro contra diversos tipos de parasitas intestinais, sendo altamente eficaz no tratamento das infecções causadas pelos mesmos.

Estas infecções são conhecidas como parasitoses, ou seja, uma infecção causada por parasitas, que são organismos vivos que se alimentam de um ser vivo sem lhe gerar nenhum benefício. Existem muitos tipos de doenças causadas por parasitas, sendo observadas sobretudo em regiões tropicais e subtropicais. Estas infecções podem ser contraídas ao comer ou beber algo contaminado. Seja como for, no seguinte artigo do ONsalus te explicaremos para que serve Albendazol e como tomar este medicamento, tanto em crianças como em adultos.

Também lhe pode interessar: HIV: o que é, sintomas, teste e tratamento

Tipos de parasitoses

As parasitoses são classificadas de acordo com o organismo que causa a doença:

  • Protozoários: são os menores, organismos unicelulares eucariontes, ou seja, que são compostos por apenas uma única célula com pequenos órgãos em seu interior.
  • Helmintos: ou comumente chamados vermes, organismos pluricelulares eucariontes, ou seja, que são compostos por muitas células e têm órgãos em seu interior, têm corpo alongado e, em geral, mole. Por sua vez são subclassificados em trematódeos, cátodos e nemátodos, de acordo com as características do seu corpo e seus hábitos de vida.
  • Ectoparasitas: são os parasitas que vivem na pele.

Sintomas das parasitoses

Cada parasitose tem manifestações diferentes de acordo com o órgão que invadirem. Em geral, as parasitoses intestinais, que são as mais frequentes, causam uma série de sintomas inespecíficos e duradouros:

  • Diarreia e/ou vômitos, dependendo da gravidade da infecção. Costumam ser notados nas primeiras etapas da infecção.
  • Má digestão, pode ser notada como uma sensação de peso no estômago e mal-estar.
  • Inflamação do abdômen, é gradual, conforme há mais parasitas há mais inflamação, em parte pelo espaço ocupado e em parte porque geram muitos gases.
  • Meteorismo, ou gases, seja na forma de arrotos ou flatulências.
  • Falta de apetite.
  • Náuseas.
  • Pode existir dor abdominal devido à inflamação.
  • Obstrução intestinal ou constipação, sobretudo com infestações por Ascaris lumbricoides, já que este parasita se reproduz em grande quantidade e pode bloquear partes do intestino.
  • Perda de peso e desnutrição, pois parasitas se alimentam da pessoa.

Podem surgir outros sintomas, mais específicos, de acordo com o parasita envolvido em cada caso.

Diagnóstico das parasitoses

O diagnóstico das parasitoses é feito uma vez que haja a suspeita de infecção por parasitas, através de exames laboratoriais.

  • O mais específico é um exame de fezes em série de 3, chamado de Coproparasitoscópico Seriado, no qual se leva uma amostra de fezes ao laboratório a cada dia e então é determinado se há algum parasita nelas e de qual se trata.
  • Biometria hemática, nesta é determinada a atividade dos glóbulos brancos, que são os encarregados de proteger nosso corpo. Se estiverem mais altas, especialmente os chamados eosinófilos, podem indicar o diagnóstico de parasitose.
  • No caso de bloqueios intestinais com suspeita de parasitose, é realizado um ultrassom ou radiografia do abdômen.

Para que serve o Albendazol?

O albendazol é um medicamento anti-helmíntico (que mata os vermes) de amplo espectro, isto quer dizer que atua contra uma ampla variedade de parasitas e é administrado de forma oral em comprimidos ou xarope.

É indicado no tratamento de vários parasitas, dentre eles:

  • Ascaris lumbricoides.
  • Trichuris trichiura.
  • Enterobius vermicularis.
  • Ancylostoma duodenale.
  • Necator americanus.
  • Hymenolepis nana.
  • Todas as espécies de Taenia (solium e saginata).
  • Strongyloides stercoralis.
  • Opisthorchis viverrini.
  • Clonorchis sinensis.
  • Larva migrans cutânea.
  • Gnathostoma spinigerum.
  • Também age contra a Giardia lamblia.

Como tomar Albendazol

O tratamento com Albendazol para desparasitar deve ser iniciado assim que se souber da infecção. A dose deve ser determinada pelo médico de acordo com o parasita relatado pelo laboratório clínico. Para casos de infecções intestinas é possível que apenas uma única medicação seja realizada ou esta pode se estender por até duas semanas. Por sua vez, se forem infecções cerebrais, o tratamento deverá ser feito por períodos mais longos com outros medicamentos, como anticonvulsivantes.

O tratamento com Albendazol para parasitose pode ser administrado em crianças e adultos. Em crianças, as doses variam de acordo com o peso, sendo sua administração contraindicada somente para crianças com menos de um ano, grávidas, e mulheres que estão amamentando, pois vários estudos em animais demonstraram que o Albendazol pode causar problemas no feto em desenvolvimento, bem como em bebês em fase de amamentação.

Albendazol como medida preventiva

Em países com alto risco de desenvolvimento de parasitose, são realizadas campanhas frequentes de desparasitação com Albendazol, em geral, é administrada uma dose de Albendazol a cada 6 meses, que costuma ser de 200 a 400 mg para cada membro da família, e que deve ser tomada no mesmo dia por todas as pessoas que moram naquela casa, assim evita-se uma reinfecção naquele local. Também é aconselhado desparasitar os animais que convivem com estas pessoas regularmente, assim como lavar todas as roupas de cama, como lençóis, almofadas e cobertores, para eliminar qualquer possível parasita nas mesmas.

Para estrangeiros visitando países endêmicos de parasitoses, são aconselhadas medidas preventivas para evitar as infecções, como comer em lugares limpos, não tomar água da torneira, consultar um médico e desparasitar frequentemente.

Nomes comerciais do Albendazol

Alguns dos nomes comerciais do Albendazol são:

  • Zentel
  • Zolben
  • Parasin
  • Albel
  • Mebenix
  • Albentel
  • Alzoben
  • Vermiclase
  • Mebenix
  • Alba 3
  • Albavermin
  • Albendy
  • Vermital
  • Benzol
  • Albenix
  • Monozen
  • Neo Bendazol

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Para que serve Albendazol e como tomar, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema imunitário.

Bibliografia

Escrever comentário sobre Para que serve Albendazol e como tomar

O que lhe pareceu o artigo?

Para que serve Albendazol e como tomar
Para que serve Albendazol e como tomar

Voltar ao topo da página