menu
Partilhar

Peitos duros e doloridos, o que pode ser?

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 10 março 2021
Peitos duros e doloridos, o que pode ser?

Você já notou, em algum momento, seus seios duros e doloridos? Está preocupada que seja um problema grave? Sabia que isto pode estar relacionado com o ciclo menstrual? Sabia também que isto pode estar sendo influenciado pela sua alimentação? As mulheres, em qualquer fase da vida, podem sentir dor nos seios e isto, por sua vez, pode vir acompanhado de sintomas como dureza e sensibilidade, e que geralmente costumam estar relacionadas com causas como a gravidez, a menstruação e as mudanças hormonais que podem surgir durante a menopausa.

Seja qual for a origem, devemos nos autoavaliar e consultar um especialista quando a duração dos sintomas for prolongada. Neste artigo do ONsalus, respondemos em detalhes a pergunta: "peitos duros e doloridos, o que pode ser?".

Também lhe pode interessar: Seios doloridos e quentes: o que pode ser

Peitos duros e doloridos: causas comuns

Entre as principais causas dos seios duros e doloridos, temos:

  1. Seios duros na gravidez: este é o primeiro motivo pelo qual você pode sentir os seios duros e doloridos. Acontece devido ao aumento da produção de leite materno e é algo normal, inclusive, esta dor pode aumentar depois do parto por causa da amamentação. Além disso, não se preocupe, ao final de 2 ou 3 semanas após do parto, os seios costumam ficar menos rígidos e mais suaves. Caso isso não aconteça, é recomendável consultar seu ginecologista.
  2. Menstruação: é provável que, ao longo do ciclo menstrual, ocorram muitas mudanças e que uma delas seja a manifestação da dor em seus seios. Isto pode ocorrer, especialmente, antes e depois da menstruação devido às mudanças hormonais. Neste momento, até o atrito com suas roupas íntimas pode te fazer sentir desconfortos.
  3. Menopausa: os níveis de estrógeno tendem a variar durante esta etapa da vida da mulher, se apresentando com sensibilidade nos seios. Uma vez estabilizado este desajuste hormonal, depois de ter entrado na menopausa, é normal que não haja dor.
  4. Seios duros na amamentação por mastite: este é outro motivo de bastante importância no qual os seios podem doer e estar duros. A mastite é um processo inflamatório e infeccioso do seio que pode causar sintomas como seios duros, inflamados, sensíveis, avermelhados, além de febre e mal-estar geral. A mastite é mais frequente em mulheres lactantes devido ao fato de que, durante a amamentação, o ducto mamário pode ser obstruído, provocando uma infecção mamária, ou é possível que entrem bactérias, através de uma rachadura na pele do mamilo, as quais provocarão a infecção.

Outras causas do peitos duros e doloridos

  • Cistos nos seios: estas pequenas bolsinhas com líquido, resultado de modificações hormonais, podem provocar estes sintomas. Diante de sua presença, o mais recomendável é consultar um médico imediatamente.
  • Fibroma: são tumores de tamanho pequeno, mas de caráter benigno, formados por um crescimento celular acelerado. Sua presença está relacionada com as mudanças hormonais durante a menstruação, a amamentação e a gravidez. Fibromas maiores costumam precisar de procedimentos cirúrgicos para sua completa eliminação.
  • Câncer de mama: a causa mais temida pelas mulheres é o câncer de mama, embora este sintoma nem sempre seja um indicativo de câncer. No câncer de mama, também há sinais característicos como dor constante que não desaparece, presença de caroço endurecido no seio, saída de secreção pelo mamilo, mamilo para dentro ou mudanças na mama. Este tipo de manifestação clínica deve ser avaliado imediatamente por um especialista.

Fatores que favorecem a dor nos seios

Além das causas anteriormente descritas, existem alguns fatores que podem favorecer a dor nos seios, estes são:

  1. O aumento de peso corporal;
  2. A administração de anticoncepcionais orais;
  3. O uso de sutiã de tamanho incorreto;
  4. Uso de terapias hormonais;
  5. Uma má alimentação;
  6. Excesso de estímulos.

Como aliviar os seios duros e doloridos

Agora que já sabemos porque os seios ficam duros e doloridos, também é preciso saber o que fazer para acalmar ou diminuir estes sintomas:

  1. Se a dor é intensa e não melhora sozinha, provavelmente o médico irá sugerir o uso de anti-inflamatórios para acalmar a dor.
  2. A aplicação de compressas de água morna permitem acalmar a dor.
  3. É conveniente utilizar um sutiã de tamanho adequado.
  4. Além disso, evite o hábito de dormir com sutiã.

Como foi descrito, existem algumas causas mais comuns que outras pelas quais se manifestam os seios doloridos e duros. No entanto, nenhuma delas deve ser subestimada. Se a dor for persistente, se espalhar e aparecerem outros sintomas, não hesite em consultar um especialista o quanto antes.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Peitos duros e doloridos, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Peitos duros e doloridos, o que pode ser?
Peitos duros e doloridos, o que pode ser?

Voltar ao topo da página