Partilhar

Por que ejaculo muita quantidade de esperma?

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 26 fevereiro 2020
Por que ejaculo muita quantidade de esperma?

A quantidade de sêmen ejaculado durante a relação sexual pode repercutir na fertilidade masculina. Nestes casos, tanto o aumento do volume quanto a diminuição do esperma ejaculado, bem como a presença do mesmo, é um motivo de consulta médica e um aviso de que algo está ocorrendo no organismo.

O aumento de volume da ejaculação deve ser avaliado por um médico especialista. Neste artigo do ONsalus respondemos com detalhes a pergunta do por que ejaculo muita quantidade de esperma, em qual circunstância isso acontece e, inclusive, como tratar esta condição se for o seu caso.

Também lhe pode interessar: Esperma amarelado é normal?

A ejaculção masculina

A ejaculação masculina consiste na expulsão do sêmen através do pênis. É um reflexo mecânico e biológico, sendo que no homem a ejaculação coincide com o orgasmo. Em primeiro lugar, esta ocorre após uma excitação sexual, a qual desencadeia a expulsão do líquido seminal que contém os espermatozoides.

A quantidade de esperma ejaculado pode ser medida em laboratório através de uma pipeta e é medida em mililitros. O esperma ejaculado pelo homem possui de 2 a 4 ml, podendo variar de acordo com certas circunstâncias, como abstinência sexual, estresse, ansiedade, entre outras.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o volume normal da ejaculação é de 1,5 ml, aqueles que estão abaixo ou acima desta quantia apresentarão determinadas alterações que podem afetar sua fertilidade.

Por que ejaculo muito?

Quando o homem ejacula acima de 6,3 ml, a condição é chamada de hiperespermia, emboranão seja muito frequente. Quando ocorre o contrário, isto é, se a quantidade de sêmen ejaculado for inferior a 1,5 ml, a condição é chamada de hipospermia. A aspermia refere-se a quando o homem não pode expelir o sêmen durante a ejaculação.

Por que ejaculo muita quantidade de esperma?

As causas da hiperespermia não são claras, mas foram relacionadas com:

  • Processos infecciosos da próstata que causam inflamação da mesma.
  • Transtornos hormonais.
  • Aumento de tamanho das vesículas seminais.
  • Inflamação dos órgãos genitais.
  • Abstinência sexual.
  • Estresse.
  • Ansiedade.
  • Depressão.

O sintoma característico desta alteração é o aumento da quantidade de sêmen. Os homens com este problema têm mais dificuldade para engravidar a parceira, e nos casos em que a mulher consegue engravidar, tem o risco de sofrer um aborto espontâneo. Os homens podem apresentar aumento do desejo sexual.

Diagnóstico da hiperespermia

Para chegar a um diagnóstico, é primordial se consultar com um médico especialista na área da urologia. Conforme detectar o aumento do volume da ejaculação ou que sua cônjuge e você estão tentando há algum tempo engravidar e não estão conseguido, é importante ir a um especialista.

Através do exame físico o médico descartará a presença de lesões, quadros infecciosos ou solicitará exames complementares para avaliar o nível hormonal e descartar alterações que estejam desencadeando esta alteração.

Os estudos solicitados são:

  • Análise do sêmen: para isso, será solicitado que o paciente colete uma amostra de sêmen, que será processada em laboratório, onde se avaliará, através de uma contagem, o número de espermatozoides, sua mobilidade e o volume da amostra recolhida.
  • Exames hormonais: estes são obtidos com um exame de sangue, com ele serão verificados os níveis de testosterona e de outros hormônios masculinos.
  • Ecografia testicular: com esta é possível detectar se existe outro problema que esteja causando esta alteração.

Tratamento da hiperespermia

A hiperespermia não acontece com muita frequência, por isso não afeta a saúde do homem. Em muitos casos, não é necessário tratá-la, apesar disto, alguns casais podem apresentar dificuldades para engravidar. Se este é o seu caso, deve ir a um médico especialista para aumentar as chances de ter filhos. Os urologistas e especialistas em fertilidade são os profissionais especialistas no assunto, sendo capazes de indicar o tratamento para melhorar o volume da ejaculação.

Nos casos onde se apresentem problemas de fertilidade, o especialista nesta área te indicará o que fazer. Depois de obter o esperma, é possível injetá-lo diretamente no óvulo da cônjuge, o que é conhecido como fertilização in vitro ou é possível realizar uma injeção intracitoplasmática de espermatozoides. Desta forma, se obtém um embrião fertilizado, o qual pode ser colocado no útero de sua cônjuge para que possa se desenvolver e crescer. Todas estas técnicas contribuem para aumentar as chances de ter uma gravidez bem sucedida.

Deve-se levar em conta que o a quantidade de esperma expelido pelo homem durante a ejaculação varia de um homem para outro por diversos fatores. Se for o seu caso e estiver ejaculando muito sêmen, não hesite em consultar seu médico, ele te orientará a respeito.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por que ejaculo muita quantidade de esperma?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Por que ejaculo muita quantidade de esperma?

O que lhe pareceu o artigo?

Por que ejaculo muita quantidade de esperma?
Por que ejaculo muita quantidade de esperma?

Voltar ao topo da página