Partilhar

Esperma com cheiro forte: o que pode ser

Esperma com cheiro forte: o que pode ser

Existem muitas dúvidas que cercam o campo da saúde sexual e, seja por medo ou vergonha, são muitas as pessoas que não compartilham suas dúvidas com o médico, fazendo com que condições que em fase inicial poderiam ser facilmente tratadas, se tornem complicadas.

O sêmen é o líquido que o pênis expulsa ao ejacular, é o meio através do qual viajam os espermatozoides que devem fecundar o óvulo. No entanto, ele não transmite apenas a vida, também pode transmitir muitas doenças sexualmente transmissíveis, por isso devemos ficar atentos aos sinais que estas infecções podem nos mostrar.

Se você notou o seu esperma com cheiro forte e quer saber o que pode estar provocando esse sintoma, no seguinte artigo do ONsalus te explicaremos.

Composição do esperma

Em condições normais, cada ejaculação libera uma quantidade de sêmen entre 1 e 5 mililitros. Esta não é uma substância homogênea, mas sim composta por uma grande quantidade de elementos que são gerados em diferentes partes do corpo e que se unem no momento da ejaculação. A seguir te explicamos os componentes do sêmen:

  • É na vesícula seminal 60 a 70% do sêmen é criado. É aqui que se adiciona a frutose, um elemento que dá o aspecto viscoso e leitoso ao esperma, assim como um sabor um pouco adocicado. Dentro do sêmen, a frutose é a encarregada de mover e fazer sobreviver os espermatozoides uma vez que se tenha ejaculado.
  • A próstata contribui com 25 a 30% do sêmen com diferentes componentes como o zinco, o magnésio, o ácido cítrico, as enzimas ou o antígeno prostático específico (PSA), a proteína que faz com que, após a ejaculação, o sêmen se liquefaça para que os espermatozoides possam se mover com mais velocidade pelo colo do útero.
  • Finalmente, há uma parte entre 2 e 5% que completa o sêmen, em menor porcentagem, mas mais importante. Esta parte é gerada nos testículos e são os espermatozoides que são liberados na ejaculação. Dependendo do caso, esta quantidade pode variar entre 200 a 500 milhões.

Resumindo, a composição do esperma é a seguinte:

Na vesícula seminal é liberado 40-60% do volume total do sêmen, no qual encontramos os seguintes componentes:

  • Frutose.
  • Fósforo.
  • Prostaglandinas (E2, A, B)​.
  • Hormônios.
  • Aminoácidos.
  • Potássio.

Por sua vez, na próstata gera-se 15 a 30% do sêmen. Os componentes que são liberados nesta glândula são os seguintes:

  • Ácido cítrico.
  • Potássio.
  • Colesterol.
  • Carnitina.
  • Fosfolipídios.
  • Fosfatase alcalina.
  • Sódio.
  • Cálcio.
  • Zinco.

A porcentagem restante são os espermatozoides que são criados nos testículos.

Cheiro de esperma: características

Acabamos de ver que no sêmen encontramos uma grande quantidade de componentes e, precisamente, será a porcentagem de cada um que lhe dará um ou outro odor.

Normalmente, o sêmen tem um odor neutro, o que não significa que não tenha odor. Não obstante, o odor do sêmen pode ser muito variável, tanto por sua própria composição quanto dependendo da pessoa que o cheira. O que para alguns pode ser um odor muito excitante, para outros pode ser um odor muito forte.

Geralmente, o odor do sêmen costuma ser definido como o do cloro, algo que não devemos estranhar, posto que nele encontramos amoníaco, o que pode provocar este tipo de odor. Em alguns homens, este odor é mais forte que em outros, mas isto não deve ser motivo de preocupação. No seguinte artigo vamos te explicar quando devemos nos preocupar pelo odor do esperma e visitar o urologista.

Embora ainda faltem estudos que completem as informações que temos, a realidade é que é muito provável que a alimentação tenha uma grande influência no odor do sêmen. Por exemplo, homens que comem mais frutas terão mais frutose no esperma, o que fará com que seu odor seja mais adocicado. Também se relatou que o odor do sêmen de homens vegetarianos é mais suave que o daqueles que comem carne, assim como o esperma dos fumantes ou de homens que consomem cafeína é mais amargo que os que não.

Esperma com cheiro forte é normal?

Um esperma com cheiro forte pode ser normal já que, inclusive em um mesmo homem, o odor e intensidade do sêmen pode variar de um momento para o outro.

Esperma com cheiro forte: o que pode ser

Contudo, embora na maioria das vezes apenas se deva à alimentação ou hidratação da pessoa, existem outros aspectos relacionados com o esperma além do odor que podem alertar de que há algo que não está funcionando bem no organismo:

  • Se o esperma tem odor de peixe, é possível de que se trate de tricomoníase, uma doença sexualmente transmissível causada por um parasita que, entre outros sintomas, também pode causar coceira no pênis e secreções.
  • Se o esperma cheira muito mal, com um odor fétido, é provável que se trate de alguma doença sexualmente transmissível, como a gonorreia.
  • O sêmen rosado ou marrom é causado pela presença de sangue, seja devido a uma infecção quanto por alguma lesão interna. Também pode ser um sintoma de câncer.
  • O esperma gelatinoso ou muito espesso pode significar desidratação.
  • O sêmen amarelo pode ser causado tanto por alguma DST quanto pelo envelhecimento dos espermatozoides depois de algum tempo sem ejacular.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Esperma com cheiro forte: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Bibliografia
  • "Considerações gerais sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)" por Sheldon R. Morris, MD, MPH, Associate Professor of Medicine, University of California San Diego. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/infec%C3%A7%C3%B5es/doen%C3%A7as-sexualmente-transmiss%C3%ADveis-dsts/considera%C3%A7%C3%B5es-gerais-sobre-doen%C3%A7as-sexualmente-transmiss%C3%ADveis-dsts#v789852_pt

Escrever comentário sobre Esperma com cheiro forte: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Jorge Almeida
O que pode ser quando tem coagulação no sêmen ?

Esperma com cheiro forte: o que pode ser
Esperma com cheiro forte: o que pode ser

Voltar ao topo da página