Partilhar

Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária

Por Leonardo Simon. Atualizado: 12 dezembro 2018
Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária

As dúvidas que rodeiam a saúde sexual são muitas, a vergonha ainda incomoda muitas pessoas e as impede de tirar suas dúvidas com o médico. Nos piores casos, isso faz com que condições que poderiam ser solucionadas de forma rápida acabem se complicando com o tempo.

O esperma é o líquido que é ejaculado ao chegar ao orgasmo e que serve como meio de transporte para que os espermatozoides possam chegar ao óvulo, apesar disso, ainda existem muitas dúvidas sobre suas características. Se você quer saber porque o sêmen tem cheiro de água sanitária e se esse evento é normal, no seguinte artigo do ONsalus te explicamos.

Também lhe pode interessar: Esperma com cheiro de peixe: causas

Composição do esperma

Ao contrário do que poderia chegar a se pensar, os espermatozoides, os gametas masculinos, não chegam a constituir nem 10% do sêmen. É o líquido seminal que representa os 90% restantes. Apesar disso, nem todos os homens têm os mesmos níveis, nem de espermatozoides nem de esperma, embora um valor entre 50 e 150 milhões de espermatozoides por mililitro de esperma seja considerado o normal.

Além dos espermatozoides, o esperma é formado por muitas outras células, como as epiteliais e os linfócitos. A seguir te explicamos qual é a composição do esperma e onde ele é formado:

  • Líquido da vesícula seminal: constitui cerca de 60% do total do sêmen, sendo a frutose e a água seus dois principais componentes. Além disso, também possui aminoácidos, potássio, fósforo e prostaglandinas A, B e E2.
  • Líquido prostático: constitui cerca de 30% do total do sêmen. Alguns dos principais componentes que incluem o líquido prostático são o ácido cítrico, fosfolipídios, carnitina e colesterol. Além disso, também há enzimas como a fibrinogenase, fibrolisina ou fosfatase e minerais como o zinco e o cálcio.
  • Líquido pré-ejaculatório: este é um líquido que as glândulas bulbouretrais secretam e que basicamente é formado por mucoproteínas. Embora possa ir junto ao esperma, a verdade é que é secretado antes da ejaculação, e sua função é a de lubrificar a uretra para permitir que o esperma saia com mais velocidade.

Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária

Antes de mais nada você deve saber que não tem que se preocupar se seu sêmen cheira a cloro ou água sanitária, na verdade, é algo completamente normal. A razão pela qual o sêmen cheira a água sanitária, cloro ou amônia se deve a um componente do sêmen que também é encontrado em outros produtos: a espermidina.

Seu nome, que obviamente vem de esperma, se deve ao fato de que a primeira vez que ele foi isolado, foi através do esperma humano. Este é um líquido incolor cujo odor é muito parecido ao da água sanitária, do cloro ou da amônia, o que explica o porque o esperma tem cheiro de água sanitária, dependendo de quais quantidades se encontre.

A verdade é que a espermidina cumpre muitas funções que, se estudadas mais aprofundadamente, podem chegar a oferecer muitas utilidades. Esta age sobre a estabilização do ADN e tem um papel na multiplicação das células, além disso, seu papel mais importante é para a sobrevivência celular. É por isso que já se iniciaram estudos para ver até que ponto poderia ser usada para atrasar o envelhecimento e prevenir a deterioração das células.

Mas não são apenas os seres humanos que produzem espermidina, na verdade, este é um produto que pode ser encontrado em muitos alimentos, como o queijo, as carnes processadas e algumas verduras e frutas. Por que você acha que alguns queijos curados cheiram a água sanitária ou a cloro? É devido à espermidina.

Como é o esperma normal

O fato de não se falar muito sobre o tema e de as pessoas terem vergonha de perguntar sobre ele faz com que a maioria dos homens não seja consciente de como é o esperma normal e as características que deve apresentar, assim como o que se considera anormal.

Por um lado, é necessário dizer que cada pessoa é diferente e que certas características podem variar, sem que isso signifique que seja um sinal de alerta. Mesmo assim, a seguir te explicamos como deve ser o esperma normal[1]:

  • Cor: pode variar desde esbranquiçada até o branco leve ou cinza muito claro.
  • Consistência: deve ter certa consistência gelatinosa, tornando-se logo muito mais líquido.
  • Quantidade: o mais normal é ejacular de 2 a 5 mililitros, embora possa ser maior ou menor de acordo com a pessoa.
  • Odor: costuma ter um odor parecido a da água sanitária ou do cloro e pode ser adocicado.
  • Sabor: a frutose lhe dá um sabor adocicado, embora dependendo da concentração da urina ou da dieta, possa ser mais amargo.

Sinais de alerta no sêmen

Como mencionado anteriormente no artigo, nem todos os homens têm as mesmas características em suas ejaculações, é por isso que é difícil falar sobre a anormalidade do sêmen. No entanto, realmente existem alguns sinais de alerta no esperma que nos indicam que algo em nosso organismo não está funcionando bem:

  • Cor: se o esperma sai de cor vermelha, rosada ou marrom significa que há sangue nele. Este sangramento no esperma pode ser devido a algum trauma ou infecções e, nos casos mais graves, pode até ser consequência de câncer. Caso o esperma seja esverdeado ou amarelado e tenha um odor muito forte, o mais provável é que se trate de alguma infecção ou doença sexualmente transmissível.
  • Quantidade: a quantidade de esperma ejaculado é um fator muito variável em cada homem, apesar disso, se logo começa a ejacular menos do que fazia normalmente, pode ser que se deva a uma baixa produção de hormônios ou a uma obstrução dos condutos seminais.
  • Ausência de sêmen: a falta de ejaculação, mesmo havendo orgasmo, é algo que medicamente é conhecido como ejaculação retrógrada. Isto significa que, ao ejacular o sêmen, este volta para a bexiga e posteriormente é eliminado pela urina. Entre as causas da ejaculação retrógrada, encontramos o uso de medicamentos para a próstata ou problemas neurológicos.

Como alterar o odor do esperma

O odor e o sabor do esperma dependem de diferentes fatores. Alguns não podem ser alterados, no entanto, outros sim, como é o caso de quem busca mudar o odor do esperma. Descubra como alterar o cheiro do sêmen:

  • A dieta: se demostrou que quanto mais verduras e frutas forem comidas, mais doce será o sabor do sêmen. Por outro lado, o consumo de gorduras, bebidas alcoólicas e alimentos muito salgados farão com que o odor e o sabor do esperma sejam muito menos agradáveis.
  • Água: quanto menos água bebemos, mais concentrado será o esperma - como consequência, seu odor e sabor serão mais intensos.
  • Relações sexuais: dependendo da quantidade de ejaculações, o sêmen será de uma forma ou de outra. Quanto mais ejaculações seguidas existirem, mais líquido, transparente e inodoro será o sêmen. Obviamente, também estará presente em menor quantidade.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Referências
  1. Poirot, C., & Cherruau, B.. (2005). Infertilidade masculina: Aspetos clínicos e investigações biológicas. Acta bioquímica clínica latinoamericana, 39(2), 225-241. Recuperado em 08 de noviembre de 2018, de http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0325-29572005000200010&lng=es&tlng=es.

Escrever comentário sobre Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Anderson Vargas
Líquido seminal com mau cheiro, o que pode ser?

Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária
Porque o sêmen tem cheiro de água sanitária

Voltar ao topo da página