menu
Partilhar

Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações?

 
Por Redação ONSalus. 1 novembro 2021
Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações?

Você sentiu uma leve dor nos seios depois de ter relações sexuais e está se perguntando por que isso pode estar acontecendo? Pois bem, isto pode ser uma situação completamente normal devido às mudanças que o corpo feminino experimenta durante o processo de excitação. Nele, os seios costumam aumentar de tamanho e endurecer, o que pode gerar leves desconfortos depois do coito até que as mamas voltem a seu estado habitual. Contudo, se as dores não passarem com o tempo ou vêm acompanhadas de outros sintomas, é muito importante prestar atenção à elas e marcar uma consulta com o ginecologista, já que podem ser um indício de algum tipo de condição ou doença mais grave.

No seguinte artigo do ONsalus respondemos à pergunta do por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações e explicamos quando é necessário consultar um médico por causa das dores nos seios.

Também lhe pode interessar: Por que meus seios diminuíram?

Causas para seios doloridos após relações sexuais

Durante as relações íntimas e conforme a mulher vai ficando excitada, ocorrem uma série de mudanças físicas em diferentes partes do corpo feminino, inclusive nos seios e, em muitos casos, estas mudanças podem ser as causadoras por sentir uma leve dor nos seios após o coito, algo que é completamente normal e que não representa nenhum motivo de preocupação. A seguir, te mostramos como os seios podem mudar na hora do sexo, preste atenção!

Mudanças nos seios ao ter relações

  • Os mamilos se tornam mais rígidos e duros. Isto ocorre devido ao fato de que há um aumento no fluxo sanguíneo até a pele da região e, por fim, as pequenas fibras musculares dessa área se contraem e ficam endurecidas.
  • Os seios aumentam consideravelmente de tamanho, inclusive, algumas vezes podem aumentar até um tamanho do sutiã em relação ao normal. Isto é gerado quando os níveis dos hormônios de progesterona e prolactina estão elevados, o que provoca uma maior retenção de água nos seios e que, consequentemente, faz com que o tecido mamário aumente.
  • As aréolas podem escurecer um pouco quando a mulher fica excitada devido ao fato de que os vasos sanguíneos presentes na região se dilatam, permitindo assim que chegue neles uma maior quantidade de sangue e que sua coloração de costume mude um pouco.

Todas estas mudanças nos seios podem fazer com que a mulher sinta alguns desconfortos leves nas mamas, algo que é completamente normal devido ao fato de que o corpo está voltando a recuperar sua forma habitual.

Outros fatores que podem causar dor nos seios depois do sexo

Além das alterações hormonais, existem outros fatores durante o sexo que podem causar dores subsequentes nos seios femininos, e estes são:

  • Excesso de movimentos.
  • Golpes involuntários.
  • Uma estimulação dos seios muito brusca e intensa.
Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações? - Causas para seios doloridos após relações sexuais

Causas para dor nos seios não associada às relações sexuais

Portanto, para responder corretamente a pergunta do por que os seios estão doloridos após as relações sexuais, também é necessário ver as causas patológicas que podem estar por trás destes incômodos, especialmente se elas não passam com o tempo e não aparecem apenas durante ou depois do coito.

A seguir, mostramos quais condições podem provocar dor nos seios não associada às relações sexuais:

  • Ciclo menstrual: alguns dias antes de chegar a menstruação é possível que a mulher sinta dor nos seios e que eles estejam mais sensíveis e duros. Isto ocorre pela liberação de estrógenos, o que posteriormente se tornará a menstruação. Neste caso, a dor costuma ser cíclica, afetando a região superior e externa das mamas, diminuindo e desaparecendo conforme o ciclo avança.
  • Alterações hormonais: os desequilíbrios hormonais que ocorrem em etapas como a puberdade, a gravidez e a pré-menopausa podem explicar por que a sensação de seios doloridos.
  • Cistos nos seios: presença de pequenas bolas cheias de água nos seios de caráter benigno que aparecem por alterações hormonais ou por componentes genéticos.
  • Fibromas nas mamas: tumores benignos que aumentam de tamanho rapidamente e que podem provocar dor ou não ao tocá-los.
  • Mastite: é a inflamação da glândula mamária que é produzida frequentemente nas mulheres lactantes devido ao fato do leite não fluir corretamente e acabar ficando acumulado. Além da dor, provoca vermelhidão, sensação de ardência e, em alguns casos, febre.
  • Traumatismos ou golpes: na região que provoquem o aparecimento dos incômodos.
  • Câncer de mama: costuma ser assintomático no começo e pouquíssimas mulheres apresentam dores nos seios. No entanto, apresentar um nódulo ou notar mudanças significativas na forma, tamanho e textura do mamilo, além de secretar líquidos anormais pelo mamilo, pode ser um sinal de alerta.

Você pode ver mais informações consultando o artigo dor nos seios, o que pode ser?

Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações? - Causas para dor nos seios não associada às relações sexuais

A importância de fazer o autoexame dos seios

Agora que já sabe por que os seios ficam doloridos depois de ter relações sexuais, também é fundamental que esteja consciente da importância de fazer um autoexame das mamas regularmente para sua saúde. Com este exame caseiro, você poderá comprovar se há alguma mudança significativa em seu tecido mamário que precise ser avaliada por um médico. Trata-se de um método recomendado pelos médicos para que a mulher se familiarize com o aspecto dos seus seios e possa consultar um ginecologista imediatamente se notar qualquer protuberância ou nódulo nos mesmos.

Para que seja eficaz, é aconselhado fazer o autoexame dos seios assim que tenha passado o período menstrual ou uma semana após seu fim, já que é quando os seios estão menos sensíveis ao tato. Para fazer isso corretamente, é preciso fazer uma avaliação visual e manual, as quais constam de diferentes passos, te convidamos a ler o artigo passos para fazer o autoexame das mamas, para que saiba qual é o procedimento completo e possa repeti-lo em casa.

Quando consultar um médico por causa de seios doloridos

É fundamental permanecer atenta a quaisquer incômodos, mudanças ou alterações que ocorram nos seios e é preciso consultar um ginecologista de forma urgente diante de qualquer situação que citamos a seguir:

  • Se ao fazer um autoexame das mamas notou a presença de algum nódulo ou protuberância incomum nos seios, os quais não desaparecem quando terminada a menstruação.
  • A dor nos seios é prolongada ou muito intensa e não consegue aliviá-la.
  • Os incômodos não desaparecem uma vez passada a menstruação.
  • Notou mudanças na forma, tamanho, textura ou aspecto dos mamilos.
  • Os mamilos liberam um líquido anormal, pus ou sangue.
  • Se apresenta sintomas de mastite durante o período de amamentação materna.
Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações? - Quando consultar um médico por causa de seios doloridos

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações?
1 de 4
Por que meus seios ficam doloridos depois de ter relações?

Voltar ao topo da página