Partilhar

Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 28 fevereiro 2019
Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?

Sempre existiu uma dúvida em relação ao uso de medicamentos favoráveis ou não no caso de se sofrer de hipertensão arterial. Muitas pessoas garantem que os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) não devem ser administrados caso se sofra de pressão alta, estes incluem o ibuprofeno e o naprosyn.

Embora existam inúmeras pessoas que costumam ter paracetamol em seu kit de medicamentos, poucos são os que realmente conhecem seus efeitos e indicações médicas. Neste artigo do ONsalus te falaremos do paracetamol, da pressão alta e, além disso, responderemos à pergunta "quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?" Continue lendo e descubra.

Também lhe pode interessar: Posso tomar paracetamol e aspirina juntos?

Paracetamol: para que serve

O paracetamol é um medicamento que todas as pessoas têm no seu kit de medicamentos. Ele é um remédio que tem duas principais ações, analgésico, ou seja, acalmar a dor de leve ou moderada intensidade e antitérmico ou antipirético, ou seja, diminuir os níveis de temperatura corporal. O que o diferencia dos anti-inflamatórios sem esteroides é que não possui ação anti-inflamatória.

A dose ideal varia de 500 mg a cada 8 horas por dia até 1000 mg, sem superar a dose máxima de 3000 mg por dia. Isto vai depender da intensidade da dor que aflige o paciente. Desta forma, é possível dizer que o paracetamol é utilizado para:

  • Dor de cabeça.
  • Gripe.
  • Febre.
  • Dor reumática leve.
  • Lombalgia.
  • Torcicolo.
  • Ciatalgia.
  • Nevralgia.
  • Artrose.
  • Dor menstrual.

Raramente o paracetamol apresenta efeitos colaterais, exceto se ultrapassada a dose máxima diária. Nesses casos, pode apresentar:

  • Hepatotoxicidade, isto é, doença hepática devido a uma dose elevada do medicamento.
  • Erupção cutânea, ou lesões na pele.
  • Hipotensão arterial.

É importante levar em consideração que o uso de paracetamol é contraindicado caso a pessoa sofra de hipersensibilidade a este medicamento e, da mesma forma, é contraindicado para pacientes que sofram de qualquer doença no fígado, como insuficiência hepática ou hepatite viral.

Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?

As pessoas que sofrem de hipertensão arterial já têm algumas indicações médicas importantes para modificar o estilo de vida, como por exemplo, diminuir o consumo de sal na dieta, praticar exercícios diariamente, perder peso e evitar o consumo de cigarros a fim de estimular uma melhor saúde, mesmo tendo a condição da pressão alta.

Além disto, o médico tem a competência para indicar quais são os medicamentos apropriados para o uso diante da pressão alta.

Se você tem pressão alta e precisa de um medicamento para a dor ou febre, a melhor opção ou alternativa é o paracetamol não efervescente, um remédio de venda livre e que está disponível em diferentes formas.

Embora exista mais que uma formato de paracetamol, um efervescente e outra não efervescente, o ideal a ser utilizado em pacientes com hipertensão arterial ou pressão alta é o paracetamol não efervescente.

Um estudo realizado no Centro de Atendimento Primário na Catalunha e País Basco[1] concluiu tal informação após realizar um estudo com 46 pacientes divididos em 2 grupos, um de 21 participantes e outro de 25. O resultado mostrou uma diferença na pressão arterial sistólica de 3,99 mmHg mais alta no grupo que utilizou a forma do paracetamol efervescente. Portanto, a resposta à pergunta se você quem tem pressão alta pode tomar paracetamol é sim, você pode.

Medicamentos que aumentam a pressão arterial

São muitos os medicamentos com ou sem prescrição médica que podem aumentar a pressão arterial. Alguns exemplos de medicamentos que aumentam a pressão arterial são:

  • Analgésicos: o uso de medicamentos anti-inflamatórios traz consigo a retenção de líquidos e, por sua vez, gera problemas renais e com isso o aumento da pressão arterial. Estes medicamentos são: a indometacina, anti-inflamatórios não esteroides AINEs como o naproxeno e ibuprofeno, e piroxicam.
  • Antidepressivos: estes medicamentos que influenciam no estado de ânimo também estão relacionados com o aumento da pressão arterial, os medicamentos com os quais estes efeitos estão associados são: fluoxetina, venlafaxina, antidepressivos tricíclicos, como a imipramina, e inibidores da monoamina oxidase, como a fenelzina.
  • Anticoncepcionais: a administração de pílulas anticoncepcionais pode aumentar a pressão arterial devido à quantidade de hormônios estrogênicos que contêm, na verdade, há um aumento significativo da pressão arterial quanto maior a quantidade de estrógeno presente nas pílulas anticoncepcionais.
  • Cafeína: apesar deste tema ser controverso, estipula-se que consumir mais de 200 mg de cafeína causa um aumento da pressão arterial. Ainda se discute se este aumento é temporário ou duradouro.
  • Antigripais: alguns deles podem interferir com os medicamentos que são utilizados para tratar a pressão arterial como, por exemplo, os antigripais e descongestionantes com pseudoefedrina.
  • Suplementos com ervas: se você é hipertenso, deve indicar ao especialista quais outros medicamentos ou suplementos está tomando, existem alguns suplementos com ervas que interagem com os anti-hipertensivos e que dependem do aumento da pressão arterial como, por exemplo, a arnica, ginkgo, ginseng, erva-de-são-joão ou laranja amarga.
  • Estimulantes: alguns medicamentos estimulantes fazem com que o coração bata muito mais rápido aumentando consigo a pressão arterial. Isto ocorre com estimulantes como o metilfenidato.

Não deve haver dúvidas quanto ao uso do paracetamol em pacientes com pressão alta, indiscutivelmente a melhor forma de tratar qualquer condição é não se automedicar e ir ao especialista para tratar qualquer condição de saúde.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?, recomendamos que entre na nossa categoria de Medicação e testes médicos.

Referências
  1. Benítez-Camps M, Morros Padrós R, Pera-Pujadas H, Dalfó Baqué A, Bayó Llibre J, Rebagliato Nadal O, et al. Effect of effervescent paracetamol on blood pressure. J Hypertens 2018; 36: 1656-62. Acessado em 05 de fevereiro de 2019. Disponível em <https://www.redaccionmedica.com/secciones/medicina-familiar-y-comunitaria/el-paracetamol-efervescente-eleva-la-presion-arterial-1438>

Escrever comentário sobre Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?

O que lhe pareceu o artigo?

Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?
Quem tem pressão alta pode tomar paracetamol?

Voltar ao topo da página