menu
Partilhar

Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda

 
Por Redação ONSalus. 14 outubro 2021
Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda

Em nossa língua estão localizadas as papilas gustativas, uma espécie de receptor sensorial, que são encarregadas por nos trazer informações, entre outras coisas, sobre o gosto das coisas que colocamos em nossa boca. Dependendo de suas características e da área onde estejam localizadas são capazes de detectar certos gostos e estímulos, por isso podemos distinguir diferentes tipos de papilas gustativas.

As papilas filiformes são, assim como seu nome indica, um tipo que tem forma de fio, por isso que quando ficam inflamadas podem fazer com que sintamos a sensação de ter pelos na língua e na garganta. Esta condição, conhecida por síndrome da língua peluda, é intensificada pelo fato de que, por causa do acúmulo de bactérias, podem se tornar de uma cor escura que faz parecer que temos pelos na língua.

Se você quer saber sobre esta condição em detalhes, como o que a causa, quais sintomas manifesta e o tratamento que deve ser feito, recomendamos que continue lendo este artigo do ONsalus sobre a sensação de pelos na língua e garganta - síndrome da língua peluda.

Por que tenho a sensação de pelos na língua?

Apesar desta condição ser conhecida medicamente por síndrome da língua peluda, a verdade é que isso não quer dizer que existam pelos na língua, simplesmente se baseia na aparência visual e nas sensações que os pacientes costumam descrever. Diferente de uma língua saudável e normal, as pessoas com língua preta peluda veem como sua língua se torna de uma cor escura ou preta e a pessoa costuma sentir como se tivesse pelos nesta área.

Nesta região do corpo estão localizadas as papilas filiformes, um tipo de papilas gustativas em forma de filamentos que se estendem pela superfície da nossa língua e que nos permite sentir sensações como o tato ou a temperatura. Se a atividade bacteriana na língua dispara, estes filamentos podem se tornar de uma cor escura e ficarem inflamados, criando a sensação de ter pelos na língua e deixando sua superfície do mesmo aspecto visual que dos pelos.

Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda - Por que tenho a sensação de pelos na língua?

Causas para a sensação de pelos na língua

Em muitos casos não se pode estabelecer categoricamente qual é a causa exata que provoca a síndrome da língua peluda. Além disso, existe uma série de causas que, por si sós ou em conjunto, podem acabar provocando hipertrofia das papilas filiformes, desenvolvendo a síndrome da língua peluda. A seguir, te mostramos algumas das causas de maior destaque:

  • Comer muito açúcar.
  • Uso indiscriminado de enxaguantes bucais com peróxido.
  • Pessoas em tratamento com antibióticos.
  • Níveis baixos de vitamina A.
  • Fumar.
  • Má higiene bucal.
  • Pessoas imunodeprimidas.
  • Consumir álcool.
  • Respirar pela boca.
  • Consumir muito chá ou café.
  • Consumo de corticoides.
  • Aplicação de água oxigenada de forma tópica.
  • Pacientes com neuralgia do trigêmeo.
  • Pessoas há muito tempo fazendo dietas líquidas, pela falta de alimentos duros que "limpem" o acúmulo em excesso de resíduos na língua.
Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda - Causas para a sensação de pelos na língua

Sintomas da síndrome da língua peluda

Em muitos casos, a síndrome da língua peluda surge de forma assintomática, ou seja, o paciente, durante muito tempo, pode ter esta condição sem estar consciente do que esteja lhe ocorrendo. Além disso, em outros casos a pessoa afetada pode notar algum ou alguns dos seguintes sintomas:

  • Ardência
  • Coceira
  • Alterações no paladar
  • Halitose

Evidentemente, o principal sintoma desta condição é a sensação de ter pelos na língua por causa da hipertrofia das papilas da superfície da língua. No começo, isto pode causar apenas incômodos, mas com o passar do tempo, especialmente se acabar tendo uma infecção, o paciente pode sentir dor, inflamação e comichão na superfície. Caso não seja tratada corretamente, a infecção se torna quase inevitável, posto que o comprimento das papilas fará com que os alimentos fiquem acumulados, aumentando o risco de ser infectado.

Normalmente, quando a infecção é bacteriana, a superfície da língua se torna de cor preta, algo que costuma acabar provocando halitose. Além disso, dependendo de quão longas estejam as papilas, a pessoa podem sentir náuseas.

Tratamento da síndrome da língua peluda

Não podemos falar em um único tratamento para a síndrome da língua peluda. Para eliminar a sensação de ter pelos na língua será preciso fazer um tratamento específico dependendo de sua causa. Além disso, existem diversos aspectos inevitáveis para tratar a língua peluda:

  • Manter uma higiene bucal correta e completa.
  • Abster-se de consumir álcool.
  • Parar de consumir tabaco.

Se o pelo na língua apareceu como consequência de um tratamento com antibióticos, em geral, ela recuperará sua condição normal uma vez que termine o tratamento e o equilíbrio bacteriano da sua língua voltar.

Nos casos em que a origem da condição está em uma deficiência de vitamina A, o consumo de alimentos e de suplementos vitamínicos pode ajudar a melhorá-la.

Se a síndrome da língua peluda ainda está em um estado inicial, quando ainda é assintomática, uma boa limpeza bucal - utilizando uma escova para a superfície dorsal, costuma ser suficiente para evitar que partículas fiquem acumuladas e para que a condição regrida.

Tratamento da síndrome da língua peluda

Quando esta condição está se desenvolvendo e começa a manifestar os primeiros sintomas, seu tratamento costuma se basear em um método higiênico específico. Chegado neste ponto é primordial consultar um dentista para que te receite uma cura específica que, na maioria dos casos, se trate de:

  • Administração de antifúngicos, quando é causada pela candidíase oral
  • Escovar os dentes e a língua com uma escova impregnada com queratolíticos.
  • Soluções de ácido tricloroacético

Além disso, assim como comentamos anteriormente, é importante conhecer os fatores desencadeantes desta condição, a fim de preveni-los o máximo possível.

Agora que você já sabe o que é e possíveis tratamentos para a sensação de pelo na língua, recomendamos a leitura deste outro artigo sobre espinha na língua: causas e soluções.

Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda - Tratamento da síndrome da língua peluda

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda, recomendamos que entre na nossa categoria de Dentes e boca.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda
1 de 4
Sensação de pelos na língua e garganta - Síndrome da língua peluda

Voltar ao topo da página