Partilhar

Bolinhas na língua: o que pode ser

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. Atualizado: 30 julho 2019
Bolinhas na língua: o que pode ser

Você sente incômodo na hora de comer? Nota que tem bolinhas na língua e não sabe do que se trata? Pois não se preocupe, a presença destas lesões na língua não costuma ser um problema grave, no entanto, costumam ser bastante incômodas, por isso que é necessário tratá-las logo.

O aparecimento das bolinhas na língua pode estar relacionado com traumatismos, processos infecciosos ou com a alergia a alguns alimentos. Embora não causem complicações graves, é conveniente determinar do que se tratam e como curá-las. Se você quer saber mais sobre este tema, te convidamos para que continue lendo mais sobre este artigo de bolinhas na língua: o que pode ser e como tratar.

Bolinhas na língua: o que pode ser

A língua diz muito sobre a saúda de uma pessoa. Quando se encontra completamente saudável, apresenta uma cor rosada e só devem ser vistos pequenos nódulos ou papilas gustativas. A presença de caroços ou bolinhas na língua pode ocorrer por diversas causas que devemos conhecer para visitar um especialista caso seja necessário. Essas são as principais causas de bolinhas na língua:

  1. Alergias a alimentos: a primeira possível causa das bolinhas na língua é um possível processo alérgico alimentar. Nosso corpo é tão inteligente que se ingerimos algum alimento ao qual somos alérgicos, nosso sistema imunológico o expulsa e uma das formas pelas quais faz isso é criando uma reação adversa na pele ou outros tecidos, como a língua. A prevalência estimada das alergias alimentares é de 1% à 3% nos adultos e de 4% à 6% nas crianças, de acordo com a OMS[1].
  2. Consumo de frutas ácidas: a ingestão de frutas ácidas, como os abacaxis ou morangos, podem gerar o aparecimento de espinhas ou bolinhas na língua após sua erosão.
  3. Traumatismo na língua: da mesma forma, alguma ferida, queimadura ou mordida na língua pode condicionar o aparecimento destas lesões, que podem ir aumentando.
  4. Alimentos gordurosos: muitas vezes, a contínua ingestão de alimentos gordurosos traz consigo a obstrução dos poros da língua provocando o aparecimento de bolinhas ou caroços, por sua vez isto cria uma área onde bactérias podem crescer e se reproduzir facilmente.
  5. Herpes: a presença do vírus da herpes simples no corpo também pode ser uma causa dos caroços ou bolinhas na língua.
  6. Fungos: os fungos tendem a colonizar esta área devido à sua constante umidade. Isto acontece frequentemente com a Candida albicans, trazendo consigo a presença de bolinhas brancas na língua ou bolinhas brancas na língua. No seguinte artigo falamos em detalhes sobre os fungos na língua: como tratar e prevenir.
  7. Tabaco: o hábito de fumar pode, em alguns casos, dependendo do sistema imunológico da pessoa, irritar a língua, gerando a presença destas incômodas bolinhas.
  8. Má higiene: o mau hábito de higiene bucal cria o ambiente ideal para o crescimento bacteriano e, por sua vez, para a presença destas lesões na língua.
  9. Problemas estomacais: algumas vezes, os caroços na língua podem ser devidos a problemas estomacais. Geralmente, estes problemas podem causar azia ou acidez trazendo consigo calor em excesso na cavidade bucal e criando um ambiente ótimo para o crescimento de bactérias.
  10. Falta de vitaminas: a falta de algumas vitaminas, como a "B", pode causar o aparecimento de bolinhas na língua.
  11. Câncer de boca: existem casos nos quais as bolinhas na língua não desaparecem mesmo passadas duas semanas, o que poderia estar relacionado com a presença de câncer de boca.

Bolinhas na língua: sintomas

As causas mais comuns do aparecimento destas bolinhas na língua não representam um problema grave para a saúde, mas podem chegar a serem bastantes incômodas. Alguns dos sintomas associados às bolinhas na língua são:

  • Aftas ou feridas na língua aumentando a dor e o mal-estar nesta área.
  • Irritações após o contato dos dentes com a língua.
  • Perda do sabor de alguns alimentos.
  • Dor após ingerir alimentos picantes ou quentes.
  • Pode existir dor após escovar a língua.

Bolinhas na língua: tratamentos

Nenhuma pessoa está isenta de sofrer com a presença destas bolinhas na língua, contudo, as crianças são muito mais suscetíveis a tê-las. Para tratar as bolinhas na língua de forma adequada é importante:

  1. Não tocá-las nem tentar estourá-las, é provável que em seu interior contenham bactérias que ao serem rasgadas podem se estender a outras áreas da língua ou da cavidade oral.
  2. Evitar o consumo de bebidas gasosas e alcoólicas.
  3. Levar uma dieta saudável e equilibrada evitando o excesso de alimentos gordurosos e incluindo alimentos que fortaleçam o sistema imunológico.
  4. Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina B.
  5. Aumentar o consumo de água.

Estas lesões na língua costumam desaparecer por si sós uma vez passados alguns dias. Se não desaparecerem espontaneamente, um médico deverá avaliar o paciente e indicar o tratamento que será necessário. Provavelmente, o uso de antibiótico oral ou tópico ou medicamentos antimicóticos no caso da candidíase oral, tudo dependerá da causa diagnosticada pelo especialista.

Outras medidas benéficas que se pode utilizar para tratar as bolinhas na língua são:

  • Exatamente antes de dormir, mascar folhas de menta fresca.
  • Onde tiver as bolinhas, aplicar uma pasta previamente feita com peróxido de hidrogênio e bicarbonato de sódio.
  • Caso as bolinhas sejam dolorosas, recomenda-se aplicar leite de magnésia, ao menos 2 vezes ao dia, para acalmar este incômodo.
  • Para acalmar o desconforto e evitar um processo infeccioso, fazer gargarejos com água salgada e morna ao menos 3 vezes ao dia.

Uma boa saúde bucal é necessária para prevenir qualquer condição na língua, isto inclui:

  1. Escovar os dentes ao menos 3 vezes ao dia.
  2. Utilizar fio dental uma vez por dia.
  3. Visitar o dentista a cada seis meses.
  4. Evitar o consumo de alimentos ricos em açúcares.
  5. Tratar qualquer problema de saúde subjacente que tiver.
Bolinhas na língua: o que pode ser - Bolinhas na língua: tratamentos

Caroço embaixo da língua

Se você notou um caroço embaixo da língua é importante consultar um médico para averiguar do que se trata. Dentro das causas mais comuns, encontramos:

  • Cálculo da glândula salivar: embora seja uma doença pouco conhecida, formam-se caroços no interior da glândula salivar, causando dor e inchaço.
  • Infecções das glândulas salivares causadas por doenças crônicas, transtornos alimentares e desidratação.
  • Infecções virais como a caxumba, que é a inflamação da glândula parótida, a maior das glândulas salivares.
  • Síndrome de Sjögren: doença autoimune que ataca diretamente as glândulas salivares e pode vir acompanhada de outras doenças de base, como o lúpus eritematoso sistêmico.

Além das doenças das glândulas salivares, existem outras causas que podem estar relacionadas com a presença de caroços debaixo da língua, como:

  1. Feridas embaixo da língua: lesões ulcerativas produzidas por mordidas, estresse, mudanças hormonais, etc. Costumam ser bastante dolorosas e incômodas na hora de ingerir bebidas ou alimentos.
  2. Líquen plano oral: esta é uma doença autoimune que se caracteriza por apresentar caroços debaixo da língua. Geralmente está associada a reações alérgicas ou a reações do sistema imunológico.
  3. Leucoplasia oral: está associada ao hábito de fumar, ao excesso no consumo de álcool e à falta de vitaminas. Caracteriza-se por apresentar manchas esbranquiçadas, levemente encaroçadas na língua ou debaixo desta.

É claro que existem muitos fatores relacionados com a presença de bolinhas na língua e caroços debaixo dela, a maioria delas curáveis espontaneamente ou fáceis de curar.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Bolinhas na língua: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Dentes e boca.

Referências
  1. Organización Mundial de la Salud. (9 de junio de 2006 ). Alergias alimentarias. 9 de junio de 2006.

Escrever comentário sobre Bolinhas na língua: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?

Bolinhas na língua: o que pode ser
1 de 2
Bolinhas na língua: o que pode ser

Voltar ao topo da página