Partilhar

Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 5 setembro 2019
Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las

Apareceram verrugas na sua virilha e você está preocupado(a) com o que se trata? Antes de tudo, você precisa saber que o aparecimento de verrugas na região da virilha são lesões na pele causadas pelo vírus do papiloma humano ou HPV, em qualquer um dos seus diferentes tipos, entre os quais destacam-se o tipo 6 e o 11. Normalmente, as verrugas na virilha também são conhecidas como verrugas genitais, verrugas venéreas ou condilomas acuminados.

Estas são consideradas um tipo frequente de infecção sexualmente transmissível, definidas como crescimentos anormais na pele ao redor do reto, pênis e vagina, e inclusive no interior desta última.

De alguma forma e de acordo com os fatores de risco, as mulheres são mais propensas de sofrer verrugas genitais. Se você quer saber mais sobre este tema, te convidamos para que continue lendo este artigo do ONsalus sobre verrugas na virilha: causas e como eliminá-las.

Também lhe pode interessar: Verruga filiforme: causas e tratamento

Verruga na virilha é sempre HPV?

O vírus do papiloma humano é o encarregado de causar as verrugas na virilha ou verrugas genitais. Todas as pessoas sexualmente ativas tem a chance de adquirir HPV em algum momento. Destacam-se, entre os 200 tipos do HPV, os tipos 6 e 11 como os desencadeantes das verrugas na região genital/virilha ou verrugas venéreas.

Dentro das infecções sexualmente transmissíveis, o HPV é a mais comum de todas, é transmissível através do contato sexual vaginal, oral ou anal. Neste caso, para que apareçam as verrugas na virilha, estas tendem a ser adquiridas por contato vaginal-anal devido ao contato próximo da pele durante as relações sexuais.

As verrugas na virilha tendem a ser mais comuns em mulheres que em homens. No sexo feminino, tendem a ser vistas na dobra da vulva, nas áreas próximas aos genitais, na entrada da vagina, e inclusive em seu interior, e no colo uterino.

Verrugas genitais: características

Em alguns casos, as verrugas são assintomáticas, ou seja, é possível que a pessoa nem saiba que tem o vírus do papiloma humano, outras vezes, as verrugas são tão pequenas que não são visíveis ao olho nu e, por último, existem as verrugas que aparecem em pequenos grupos em algum lugar específico.

No caso das verrugas que aparecem na região da virilha, estas podem ser facilmente vistas, tendem a se manifestar depois de uma fase de incubação entre o primeiro e o sexto mês com algumas características particulares:

  • Podem ser planas, volumosas ou pediculosas.
  • São rugosas.
  • Podem gerar coceira intensa.
  • Podem sangrar.
  • Podem aumentar de tamanho.
  • São úmidas.
  • São de color rosada/parda.

As verrugas na virilha precisarão de uma avaliação médica especializada para seu diagnóstico eficaz.

Como eliminar verrugas na virilha

Para eliminar verrugas na virilha, os especialistas médicos costumam recorrer a tratamentos como:

  1. Tratamento laser.
  2. Eletro cauterização ou utilização de corrente elétrica.
  3. Congelamento ou crioterapia.
  4. Cirurgia, dependendo da quantidade e do tamanho das verrugas.
  5. Tratamento tópico.

Se o corpo está imunologicamente saudável, é provável que os glóbulos brancos defendam o organismo do HPV e as verrugas genitais sejam eliminadas automaticamente. O Manual de Merck indica que a infecção por HPV desaparece em metade das pessoas depois de 8 meses e dura ao menos 2 anos em 10% dos casos[1].

Por outro lado, nenhum tratamento aplicado é eficaz em 100% dos casos, alguns costumam inclusive deixar cicatrizes.

Dos tratamentos aplicados diretamente sobre as verrugas na virilha, temos:

  1. Indutor de interferon ou imiquimode.
  2. Toxina de podofilina, podofilino o podofilotoxina.
  3. Ácido tricloroacético.
  4. Sinecatequinas.

Qualquer um deles deverá ser utilizado durante semanas ou até mesmo meses, na verdade, tendem a deixar como efeito colateral queimaduras na pele.

Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las - Como eliminar verrugas na virilha

Como prevenir as verrugas na virilha

Atualmente, existe uma forma eficaz de prevenir o aparecimento das verrugas na virilha e alguns de seus tipos: a aplicação da vacina contra o HPV. A vacina nonavalente age contra 9 tipos do vírus do HPV, a quadrivalente age contra 4 tipos de HPV e a bivalente contra 2 tipos do vírus.

Neste caso, as mais eficazes são a vacina nonavalente e quadrivalente, que agem contra os tipos 6 e 11 causadores das verrugas na virilha.

Esta deve ser aplicada em toda criança com mais de 11 anos de idade em 3 doses ou em jovens e homens de 13 a 21 anos que não tenham completado seu esquema de 3 doses. Também é aplicada em homens com mais de 26 anos com o sistema imunológico fragilizado ou que tenham relações sexuais com outros homens.

As verrugas na virilha tendem então, em sua maioria, a estar relacionadas com o vírus do papiloma humano, diante de algum indício de sua presença, não demore em ir ao especialista para tratá-las apropriadamente.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Referências
  1. Sheldon R. Morris. Verrugas genitales (infección por el virus del papiloma humano o infección por VPH). MD, MPH, University of California San Diego
Bibliografia
  • Carvajal Balaguera, J., Martín García-Almenta, M., Oliart Delgado de Torres, S., Camuñas Segovia, J., Peña Gamorra, L., & Gómez Maestro, P. (2006). Condiloma acuminado gigante inguinal y perineal: cuadro clínico, diagnóstico y tratamiento. MAPFRE med, 17(2), 144.
  • González Martínez, G., & Núñez Troconis, J. (2015). Tratamiento de las verrugas genitales: una actualización. Revista chilena de obstetricia y ginecología, 80(1), 76-83.
  • Allevato, M. A., & Donatti, L. B. (2005). Verrugas genitales. Act Terap Dermatol, 28, 302-312.

Escrever comentário sobre Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las

O que lhe pareceu o artigo?

Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las
1 de 2
Verrugas na virilha: causas e como eliminá-las

Voltar ao topo da página