Partilhar

Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 22 julho 2020
Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?

Você já ouviu falar do canal lacrimal? Este canal faz parte do sistema da visão e é o encarregado pela drenagem das lágrimas através do osso nasal até a parte posterior do nariz.

Este canal também é chamado de nasolacrimal devido a sua relação com a região nasal. O canal lacrimal pode ser afetado por diversas causas, como a obstrução, traumatismos no rosto, alergia e infecções, que podem provocar a inflamação deste e a coceira nos olhos.

Neste artigo do ONsalus, você conhecerá tudo o que está relacionado com o canal lacrimal inchado e coçando - o que pode ser?

Também lhe pode interessar: Olhos secos: causas e tratamento

Alergias

A alergia ocular é uma das causas mais comuns de inflamação e coceira do canal lacrimal. Ocorre mais frequentemente durante a primavera, devido aos diferentes alérgenos que estão no ambiente, tais como:

  • Pólen.
  • Mofo.
  • Pó.
  • Pelos dos animais de estimação, além de suas salivas.
  • Medicamentos ou cosméticos.

As pessoas sensíveis a estes alérgenos podem desencadear uma reação alérgica causando a inflamação do canal lacrimal e coceira nos olhos, bem como apresentar os olhos vermelhos.

Tratamento

Nos casos onde as alergias causem inflamação e coceira no canal lacrimal, é bom que você conheça estes conselhos para evitar o aparecimento destes sintomas em determinadas épocas do ano:

  • Utilize óculos de proteção ou óculos de sol.
  • Observe os índices de umidade da sua casa, especialmente dentro dos banheiros e no sótão. Desta forma, poderá prevenir a presença do mofo.
  • Mantenha todas as áreas da sua casa limpas. Para diminuir a alergia ao pó você pode colocar umidificadores.
  • Se está fazendo uso de algum medicamento ou está usando algum produto cosmético para eliminar a reação alérgica, deve parar com o consumo ou uso deste por um tempo e consultar um médico.
  • Quando sofrer de uma alergia grave, é indicado consultar seu médico, o qual te indicará algum antialérgico para esta situação de acordo com os sintomas que apresentar.
Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser? - Alergias

Irritações

As irritações oculares ocorrem após os olhos entrarem em contato com algumas substâncias químicas, como por exemplo:

  • Cloro das piscinas.
  • Sabão.
  • Ar acondicionado.
  • Contaminação.

Estas substâncias geram a inflamação do canal lacrimal e coceira nos olhos, provocando os olhos vermelhos.

Tratamento

O tratamento das irritações oculares será baseado em evitar o contato com estas substâncias prejudiciais e, também, a aplicação de lágrimas artificiais na superfície dos olhos.

Se o desconforto não diminuir com a aplicação das gotas, você deve visitar um oftalmologista.

Ressecamento

O ressecamento ocular frequentemente causa inflamação do canal lacrimal. Normalmente ele vem acompanhado de coceira nos olhos devido à falta de hidratação nestes, causando o que se conhece como olho seco e que costuma se apresentar nos seguintes casos:

  • Pessoas de idade avançada.
  • Quando se fica muito tempo em ambientes secos (com ar condicionado).
  • Usar óculos por muito tempo.
  • Mudanças hormonais durante a menopausa.
  • Ficar muito tempo em frente à tela do computador.

Tratamento

O tratamento para os olhos secos se baseia em manter a conjuntiva ocular lubrificada através do uso frequente de lágrimas artificiais e deixando eles descansarem, assim você evitará que o canal lacrimal fique inflamado e que exista coceira nos olhos, assim como a vermelhidão nos olhos.

Se com isto você não melhorar, será preciso consultar seu oftalmologista de confiança.

Saiba mais sobre as causas e tratamentos de olhos secos nesse artigo.

Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser? - Ressecamento

Infecções

As infecções nos olhos surgem devido a presença de microrganismos, sejam vírus ou bactérias, no canal lacrimal, gerando os seguintes sintomas que acompanham a infecção:

  • Coceira nos olhos, causando os olhos vermelhos.
  • Ardência nos olhos.
  • Dor no olho.
  • Inflamação lagrimal.
  • Mucosa espessa (conhecida como remela).
  • Edema palpebral.
  • Sensibilidade à luz.

Tratamento

O oftalmologista iniciará o tratamento baseado em antibióticos, em gotas ou pomadas, que deve ser aplicado a cada 6 ou 8 horas e assim solucionar a infecção ocular que causa o canal lacrimal inflamado e coceira.

Fadiga visual

A visão pode ser afetada no dia a dia pela fadiga visual e o cansaço ocular causado por:

  • Ficar muitas horas em frente ao computador.
  • Dirigir por longas distâncias.
  • Ficar muito tempo exposto ao sol sem proteção.

Se não tomar as medidas adequadas para proteger sua visão e descansar o suficiente, você acabará tendo a fadiga visual, neste caso aparecerão os seguintes sintomas:

  • O primeiro que aparece é a inflamação do olho e os olhos vermelhos.
  • Além da inflamação ocular, também há coceira e ardência nos olhos.
  • Depois surgirá a dor de cabeça.
  • Pode sofrer até mesmo lacrimejamento e visão embaçada.

Tratamento

Se você apresenta fadiga visual, o ideal é que faça pausas regulares durante sua jornada de trabalho para descansar, assim como piscar constantemente.

Os raios ultravioletas também podem te afetar, por isso que é recomendável utilizar óculos de sol.

Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser? - Fadiga visual

Traumatismo

Quando uma pessoa sofre uma lesão ou traumatismo no rosto pode sofrer danos nos ossos ou ficar com cicatrizes próximas ao canal lacrimal, as quais podem interromper o percurso normal da lágrima, causando o aparecimento da inflamação lacrimal ou obstrução do canal lacrimal, acompanhada da inflamação e coceira nos olhos.

Tratamento

Nos casos de um traumatismo, será necessário fazer uma avaliação médica para verificar o tipo de lesão e sua gravidade.

Caso seja necessário, um tratamento cirúrgico pode ser sugerido, a fim de corrigir a lesão e restituir o funcionamento normal do canal lagrimal.

Canal lacrimal entupido

A obstrução do canal lacrimal impede a drenagem das lágrimas, o que faz com que o olho chore constantemente. O canal lacrimal entupido pode ser provocado pela presença de:

  • Lesões internas na região nasal.
  • Traumatismos.
  • Infecção ocular.
  • Secreção nasal abundante.

Tratamento

Neste caso, será iniciado um tratamento a partir do exame médico do oftalmologista. Em muitos casos, a solução é um tratamento cirúrgico para eliminar o desconforto que o bloqueio lacrimal gera.

Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser? - Canal lacrimal entupido

Desvio de septo

O desvio de septo pode ser congênito ou causado por um traumatismo na região nasal. Isto pode causar sintomas como:

  • Obstrução.
  • Inflamação nos olhos.
  • Coceira e lacrimejamento do olho.

Tratamento

O descongestionamento nasal é a primeira coisa que deve ser feita para controlar os sintomas causados pelo desvio de septo e o tratamento será recomendado pelo otorrinolaringologista.

Se não houverem os resultados esperados, será feita a septoplastia, que é o tratamento cirúrgico do desvio de septo. Este consiste na correção do desvio endireitando-o ao centro do nariz, desta forma, a causa que estava gerando a inflamação e obstrução do canal lacrimal será eliminada.

Tumor

A presença de aumentos de volume ou tumores na região nasal, como pólipos nasais ou hipertrofia do corneto inferior, podem afetar a drenagem do canal lacrimal, obstruindo-o, o que causa:

  • Inflamação ocular.
  • Coceira nos olhos.
  • Em alguns casos, dor nos olhos.

Tratamento

Diante da presença de um tumor ou aumento de volume na região nasal, você deve ir ao otorrinolaringologista e também no oftalmologista, pois eles avaliarão seu caso, farão o diagnóstico e confirmarão a presença dos mesmos na região nasal.

Eles também decidirão se é recomendável realizar o tratamento cirúrgico para sua eliminação.

Como prevenir a inflamação do canal lacrimal

Se você sofre com esta alteração e deseja prevenir a inflamação do canal lacrimal e a coceira, siga estas recomendações:

  • Mantenha uma iluminação adequada no seu local de trabalho.
  • Use óculos de sol homologados para prevenir os raios UV, desta forma, pode se isolar dos alérgenos ou agentes externos.
  • Trabalhe com períodos de descanso de 20 segundos se precisar ficar por longos períodos de tempo em frente ao computador.
  • Mantenha uma distância de 30 cm do computador, com isto pode prevenir o aparecimento da fadiga visual.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Olhos e visão.

Bibliografia
  • Galmarini, A. (2018). Antiglaucomatosos tópicos y obstrucción de la vía lagrimal. Arq Bras Oftalmol, 81(6), 490-493.
  • Soler Machin, J., Castillo Laguarta, J. M., De Gregorio Ariza, M. A., Medrano, J., & Cristóbal Bescós, J. A. (2003). Obstrucción de vía lagrimal tratada mediante Stent lacrimonasal. Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología, 78(6), 315-318.

Escrever comentário sobre Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?
1 de 5
Canal lacrimal inchado e coçando, o que pode ser?

Voltar ao topo da página